4 investimentos que dão um bom retorno financeiro

O mercado de investimentos é muito versátil, com opções capazes de atrair desde os investidores com um perfil mais conservador, até os mais arrojados. Para isso, é possível encontrar dois diferentes tipos de categorias: a renda fixa e a renda variável.  Continuar lendo 4 investimentos que dão um bom retorno financeiro

Quais são os tipos de investimentos disponíveis no mercado?

O mercado de investimentos é muito amplo e, muitas vezes, complexo de entender. Por isso, é necessário realizar algumas pesquisas minuciosas antes de realizar as aplicações, bem como entender seu perfil de investidor. 

 

Analogamente, é possível dizer que as características dos investidores podem ser comparadas com tendas para eventos

 

Isso porque ambos baseiam-se em uma finalidade específica, sendo que a cobertura é proteção e o investimento é rentabilidade, mas são distintos entre si. 

 

Levando em consideração o foco principal desse texto, é válido destacar que os perfis são divididos em três categorias. São elas: 

 

  • Conservador: pessoa que busca por investimentos de nenhum ou baixo risco; 
  • Moderado: pessoa que aceita correr risco, desde que não comprometa a sua segurança;
  • Arrojado: pessoa capaz de assumir altos riscos, inclusive aqueles que possam causar perda de patrimônio. 

 

Além dos perfis, é importante citar a existência de diferentes tipos de investimentos, que serão descritos com detalhes nos próximos tópicos. Continue acompanhando esse artigo e saiba mais! 

Investimentos de renda fixa 

Uma pessoa que adquire uma mesa rústica de madeira não quer contar com um móvel bambo, que a qualquer momento pode romper e causar acidentes. 

 

Bem, os investimentos de renda fixa baseiam-se em uma linha de pensamento semelhante, visando à rentabilidade com o menor risco possível. 

 

Explicando de forma simples, ela consiste em aplicações com uma porcentagem exata ou aproximada do que será ganho. 

No primeiro, o valor já é pré-fixado, fazendo com que o investidor saiba seu rendimento mínimo. Enquanto isso, o segundo é pós-fixado, com o valor conhecido no resgate. 

 

Existem diversos tipos de investimentos de renda fixa. A mais popular e tradicional é a caderneta de poupança, mas ela está longe de ser a melhor opção para investir, visto que a rentabilidade costuma ser muito baixa. 

 

Na lista a seguir, serão destacados alguns modelos mais comuns e rentáveis: 

 

  • Tesouro Direto: classificado como a compra e a venda de títulos públicos;
  • CDB: título emitido por bancos para captar dinheiro por meio de pessoas físicas;
  • LCI: modelo comum entre as pessoas que desejam investir no mercado imobiliário; 
  • Títulos Públicos: servem para captar recursos para o financiamento da dívida pública; 
  • Fundo DI: ideal para o perfil conservado, ele permite obter rentabilidade igual a uma taxa de referência.

 

Além desses, os investimentos de renda fixa também podem ser LCA, LIG, LC, LF, debêntures, COE, etc, cada um oferecendo benefícios exclusivos e segurança de investimento, visto que os riscos costumam ser nulos ou extremamente baixos. 

Investimentos de renda variável

Sem dúvidas, uma pessoa que deseja adquirir um forno elétrico de embutir de última geração terá que desembolsar um valor mais alto. 

 

No mercado financeiro, quanto maior o investimento, maior pode ser a rentabilidade, mas em alguns casos, existem consequências para isso. 

 

No tópico anterior, vimos como funcionam os investimentos de renda fixa, que costumam ser os preferidos do perfil conservador. 

 

Já nesse tópico, vamos focar nos modelos que costumam ser muito procurados pelos que desejam se arriscar – nem que seja um pouquinho! Ou seja, para os moderados e os arrojados. 

 

Resumidamente, os investimentos de renda variável são aqueles em que o rendimento não pode ser calculado, classificando-se como imprevisíveis. 

 

Por exemplo, suponhamos que você adquiriu ações da Petrobrás. Você sabe quanto ela estará rendendo daqui um ano? Exatamente, não…

 

Com relação aos tipos de investimentos que compõem essa categoria, podemos destacar os fundos de ações, os fundos multimercados e os fundos imobiliários.

 

Além dos ETFs, os derivativos (como contratos de dólar), os commodities (matérias-primas essenciais de baixa industrialização, como ouro) e o COE. 

 

Gostou do nosso post sobre quais são os tipos de investimentos disponíveis no mercado? Então, não deixe de compartilhar com seus colegas e deixar o seu comentário!

Esse‌ ‌artigo‌ ‌foi‌ ‌escrito‌ ‌por‌ ‌Larissa Rhouse,‌ ‌Criadora‌ ‌de‌ ‌Conteúdo‌ ‌do‌ ‌‌Soluções‌ ‌Industriais‌.

Marketing de nicho: dicas e benefícios de atuar com públicos específicos

Quem trabalha com marketing ou até mesmo no desenvolvimento de uma estratégia de negócios sabe que é difícil acertar tudo em cheio.

Continuar lendo Marketing de nicho: dicas e benefícios de atuar com públicos específicos

Vale a pena investir no mercado de suplementos?

Quem já frequentou uma academia sabe qual é o assunto mais comentado por lá: “e aí, tá tomando o quê?”. Os suplementos caíram na preferência dos brasileiros, e várias pessoas gastam verdadeiras fortunas para adquiri-los.

Continuar lendo Vale a pena investir no mercado de suplementos?

Como a mercado da moda abraçou as máscaras de proteção como um novo item fashion

Desde que o surto do coronavírus se disseminou, a Organização Mundial da Saúde tem alertado sobre a importância do uso da máscara.

Continuar lendo Como a mercado da moda abraçou as máscaras de proteção como um novo item fashion

Empreendedorismo 2020: O que esperar?

Depois de uma recessão que o país viveu nos últimos tempos, a perspectiva para 2020 é de que o crescimento econômico retorne de forma gradual e sustentável. Por esse motivo, se você está pensando em empreender, a sua oportunidade é agora! 

Continuar lendo Empreendedorismo 2020: O que esperar?