Por que modernizar a comunicação pode ser lucrativo para a sua escola?

A sua escola ainda se comunica com os pais por agenda de papel? Se sim, saiba que você está perdendo dinheiro.

Muitas instituições de ensino protelam o momento de modernizar a comunicação escolar por acreditarem que isso implicará em novos custos, mas a verdade é que se livrar do papel gera economia, e as possibilidades estratégicas que uma agenda digital completa traz podem ser bastante lucrativas.

Está parecendo difícil de acreditar? Vamos por partes então. Vou destrinchar com você cada uma das oportunidades de economia/lucro que a agenda digital traz para a escola!

Redução de recursos físicos

Você já parou para calcular bem na ponta do lápis tudo o que a sua escola gasta com recursos, tais como:

  • Agenda de papel;
  • Resmas de folha;
  • Toners de tinta;
  • Grampos;
  • Cola;
  • Impressora (aparelho e manutenção);
  • Entre outros.

Faça as contas. Sabe o valor que você encontrou? Com a agenda digital escolar esse custo é praticamente eliminado, pois a economia com recursos físicos proporcionada pela ferramenta chega a 99%!

Se até aqui você já achou a balança financeira positiva para a escola, espere só até ver as possibilidades estratégicas que existem para a captação de receita. Você verá que a tecnologia realmente é capaz de abrir um mundo de possibilidades.

Recuperação de inadimplentes

A inadimplência é a grande dor das escolas particulares. Não é raro que algumas cheguem ao ponto de fechar as portas por esse motivo. Se você enfrenta esse problema na sua instituição, saiba que a agenda digital pode te ajudar a “virar o jogo”.

As soluções mais completas possuem um recurso capaz de automatizar todo o fluxo de recebimentos e cobrança de inadimplentes da escola.

O combate ao problema começa antes de ele acontecer. Quando o boleto ainda não está vencido, o responsável financeiro já começa a receber lembretes no celular conforme a data para pagamento se aproxima.

A escola consegue saber quem recebeu e quem leu o lembrete, e até o horário que isso ocorreu. Essa é uma opção que na agenda digital não é possível desabilitar, ao contrário do que ocorre com o WhatsApp.

Quando a inadimplência de fato ocorre, esse recurso da agenda digital começa a disparar notificações aos inadimplentes, alertando-os que há um débito atrasado aguardando pagamento.

A ferramenta disponibiliza inclusive um boleto atualizado para a quitação, já com os juros e a multa inclusos. A escola não paga nenhuma taxa a mais por esse novo boleto.

A eficiência da estratégia é muito grande, e permite à escola ter uma saúde financeira que pode ser crucial para que ela consiga se manter em funcionamento.

Algumas instituições obtêm um resultado tão expressivo que conseguem até realizar novos investimentos na estrutura com o valor proveniente da recuperação de inadimplentes. É a tecnologia mais uma vez gerando “caixa positivo” para a escola.

Captação de alunos

Você sabia que até a captação de alunos é algo possível com a agenda digital? Se a solução for bem completa, ela permitirá que você estruture um fluxo de nutrição de marketing e que realize a própria matrícula totalmente dentro do aplicativo.

E você sabe que atração de alunos é lucro para a escola, não é?

Funciona assim: você cadastra na agenda digital todas aquelas pessoas que passam pela escola pedindo informações, e até mesmo as que fazem isso de forma online.

Depois, passa a nutrir esse público com uma trilha de conteúdos que visam conduzi-lo até o momento da matrícula. Caso a pessoa baixe o aplicativo, receberá essa nutrição no celular, caso não baixe, receberá no e-mail.

No final, ela poderá concluir a matrícula dentro do app, inclusive assinando o contrato digitalmente e pagando a taxa de matrícula.

A escola não terá praticamente nenhum custo come essa captação além do que já pagaria pelo uso da agenda normalmente.

Além de tudo, poderá investir menos nas campanhas de marketing tradicionais (rádio, televisão, outdoor, busdoor, etc.), que têm um alto custo e resultados que geralmente não podem ser mensurados com exatidão.

Ou seja, no fim a escola acaba lucrando de um lado e economizando de outro.

Retenção

Fidelizar um aluno é ainda mais vantagem para a escola do que atrair um novo, não acha? A quantidade de empenho envolvido nos dois processos é bastante desigual, e os gastos também.

Fora que nem sempre a quantidade de vagas abertas com a saída de estudantes é preenchida com os novos. Então perder alunos pode acarretar em prejuízo para a escola.

Sabe por que estamos falando sobre isso? Porque essa é mais uma das frentes que a agenda digital escolar ataca.

Como a ferramenta possibilita que a instituição mostre aos pais o dia a dia do aluno em detalhes – inclusive as atividades diferenciadas e minúcias que eles nunca ficariam sabendo – a fidelização ocorre de maneira natural, devido ao estreitamento das relações entre escola e responsáveis. Mas ainda há mais a ser explorado.

É possível “reforçar” essa fidelização por meio de trilhas de marketing voltadas exclusivamente aos pais e responsáveis dos alunos atuais.

A escola consegue programar para que eles recebam periodicamente conteúdos previamente selecionados, como melhorias que a escola tem feito, prêmios que recebeu, iniciativas recentes, etc.

Essas informações mostrarão aos pais que a instituição continua sendo a melhor opção para os filhos deles.

E sabe que outro recurso a agenda digital escolar possui para a fidelização de alunos? Inteligência Artificial!

A tecnologia atua por meio da funcionalidade “Mapa de Humor”, que faz uma varredura em todas as interações que ocorrem dentro da agenda e identifica estados de humor positivos e negativos, que podem gerar alertas para a escola.

Com isso, o gestor pode verificar quais pais estão insatisfeitos e até conferir a conversa que provocou o alerta.

Assim, poderá entrar em contato com esses responsáveis e atacar o problema na raiz, enquanto ainda é possível revertê-lo. Boa sacada, não acha?

Finalizando

Como você deve ter notado ao longo deste post, modernizar a comunicação escolar não é um custo, e sim um investimento lucrativo para a escola. Apegar-se ao papel e à velha forma de se fazer as coisas com o intuito de economizar é uma desculpa que não se sustenta mais.

Hoje em dia, só a economia proporcionada pela eliminação dos recursos físicos já cobre de longe o investimento em agenda digital escolar.

As possibilidades estratégicas da ferramenta vão além, pois não apenas “empatam” os gastos como também geram lucro.

Se você é gestor escolar e veio a este guia de investimento para ter algum “insight”, acho que encontrou o que procurava, não é? Então fica a dica: modernização da comunicação escolar = lucro.

Texto: Graziela Balardim, Conteudista de Marketing Digital da ClipEscola

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *