Conhecimentos fundamentais que um cuidador deve ter

O que um cuidador de idosos precisa saber para trabalhar?

Um cuidador de idosos está em uma das profissões com maior acúmulo de responsabilidades do mercado. Definitivamente não é de hoje que os idosos precisam de cuidados, mas só recentemente as pessoas ficaram sem tempo.

A constante correria do dia a dia representa um desafio para muitas pessoas, principalmente para aquelas que querem proporcionar qualidade de vida para seus familiares.

E não é incomum que cada vez mais a qualidade de vida proporcionada pela tecnologia também aumente os anos de vida da população. Isto faz com que cada vez mais as pessoas precisam de alguém para olhar por seus pais ou avós.

Entretanto não é fácil encontrar pessoas realmente confiáveis, pois muitos desses cuidadores trabalham na ausência. Normalmente em que a pessoa estará trabalhando ou fora de casa.

Sendo assim, resolvi dar algumas dicas tanto para quem precisa escolher um profissional, como para quem tem a pretensão de trabalhar na área. Vamos conferir?

O que um cuidador de idosos precisa saber para trabalhar?

São várias as técnicas e possibilidades que podem capacitar alguma pessoa para esta profissão. Muitas delas podem ser consideradas como algo extra.

Entretanto, vou listar aqui somente as habilidades obrigatórias para você encontrar o destaque.

1 – Ter um certificado válido

Não é qualquer pessoa que simplesmente vai começar a trabalhar com idosos. Fazer um curso de cuidador de idosos é uma atitude básica para garantir um trabalho que seja confiável.

Entretanto, é fato dizer que vale a pena investigar a empresa para saber se há alguma validade no certificado apresentado ou não.

Existem muitos lugares que irão querer capturar o dinheiro de pessoas que estão procurando por uma capacitação em alguma área.

Um curso de enfermagem normalmente serve para abranger todos os principais pontos. Porém, costuma ser um pouco de exagero em vários casos.

2 – Conhecer primeiros socorros

Um dos temas que provavelmente deve ser coberto em um curso de cuidador de idosos é a capacidade de conhecer primeiros socorros.

A vida de pessoas idosas pode estar em condições mais frágeis do que pessoas jovens. Assim, existem riscos que podem ser evitados quando a pessoa entende como dar os primeiros cuidados.

Em alguns casos é importante até dizer que algumas atitudes podem facilmente salvar a vida da pessoa. 

Ter conhecimento desde fazer curativos até mesmo técnicas de ressuscitação é algo crucial. Então não dê bobeira!

Além disso, é bom que a pessoa saiba quem contactar na hora de um possível acidente.

3 – Saber checar sinais vitais

Constantemente a pessoa de idade pode ser acometida por algum problema metabólico ou mesmo infecção. Algumas já têm doenças complicadas, como por exemplo, a diabetes. Enquanto outras podem desenvolver nesta faixa etária.

Então o cuidador precisa necessariamente saber medir a temperatura da pessoa. Precisa entender como olhar o nível de açúcar e sem dúvida nenhuma ter condições de medir a pressão arterial.

Claro, tudo isto vai exigir um equipamento especial para uso, sendo que muitas vezes o próprio profissional traz consigo.

4 – Um cuidador de idosos precisa ter cuidados com higiene

A pessoa idosa pode estar completamente incapacitada para fazer seus hábitos de higiene pessoal. Muitas vezes exigindo que você esteja com ela no momento do banho, e até mesmo dando o banho.

Portanto é importante que não haja qualquer barreira mental quanto a isso, ou esta não é a profissão para esta pessoa.

Não são todos os casos que exigem este tipo de cuidado, mas não é difícil que esta evolução aconteça com o tempo.

5 – Ter cuidado com a alimentação

O cuidador será a pessoa responsável por alimentar o paciente, sendo que esta situação muitas vezes pode trazer empecilhos complicados.

Em vários casos a alimentação a ser entregue pode exigir cuidados especiais. Principalmente para quem tem alguma doença, como por exemplo a diabetes ou doença celíaca.

É comum que a pessoa peça para o cuidador um favor de entregar algum alimento proibido. E naquele laço de confiança, carinho e amizade alguns acabam cedendo.

Infelizmente este tipo de atitude pode até mesmo levar o paciente a óbito. E por isso precisa ser enxergado como proibido.

6 – Empatia

A habilidade da empatia é realmente necessária para este tipo de tarefa. Quem não tem amor pelo próximo nem considera o que a outra pessoa pode sentir, infelizmente está desqualificado para a função.

Os resultados são terríveis, tanto para o profissional quanto para o paciente, já que nenhum dos dois ficará feliz pela situação.

Normalmente o que acontece é que ambos estão com desgaste emocional que pode gerar conflitos e muito estresse. Algo realmente desaconselhável para quem está neste ramo.

7 – Cuidador de idosos tem que ter paciência

É necessário que o cuidador também seja extremamente paciente, principalmente com aquelas pessoas que já sofrem com doenças degenerativas.

O Alzheimer, por exemplo, pode fazer com que a pessoa acabe repetidas vezes fazendo a mesma pergunta. Já outros problemas, como o Parkinson vai dificultar o caminhar e a alimentação.

Alguns podem ter problema com este tipo de rotina, principalmente se por períodos longos. Então é preciso parar para repensar sobre a profissão.

Conclusão

Assim como não é fácil encontrar um profissional perfeito, também não é fácil se tornar o profissional ideal. Você conseguirá ter bons resultados apenas quando fizer um treinamento completo.

A busca por alguém que seja competente pode durar algumas semanas e até meses. Mas o profissional ideal é realmente uma coisa que não deve ser negociada.

Embora um cuidador de idosos possa ter seus defeitos, eles não devem ser algo que coloque em risco a segurança, bem estar e saúde do idoso.

Então tenha certeza de que você é o profissional correto (ou então de que está escolhendo o melhor). 

Espero que estas considerações tenham sido úteis para você alcançar melhores resultados. Quaisquer dúvidas estou à disposição para te ajudar, ok? 

Basta chamar aqui nos comentários ou então enviar uma mensagem pela página de contato que eu te respondo por email. Não existe algo que não mereça resposta, e estando ao meu alcance, faço questão de te ajudar.

Até nossa próxima dica!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *