Como construir sua própria quadra de Beach Tennis

Criado a partir da prática do frescobol, o Beach Tennis desenvolveu-se em Ravena, uma região à beira-mar situada ao norte da Itália. É, por isso, uma atividade essencialmente praiana.

Apesar disso, você não precisa morar em uma área litorânea ou se deslocar até a praia mais próxima para começar a praticar. 

Muitos parques em áreas urbanas já separam um espaço para os esportes praticados na areia. O problema é que eles costumam ser ocupados por praticantes de outras modalidades.

Dessa maneira, se você não sabe por onde começar, organizamos neste artigo uma espécie de guia prático para a construção de sua própria quadra de Beach Tennis.

Prepare o terreno e o sistema de drenagem

Embora importantes, os elementos móveis das quadras de Beach Tennis, como as linhas que delimitam o espaço de jogo, só devem ser considerados após a preparação do terreno e de seu sistema de drenagem.

Sabemos que a modalidade é disputada na areia, diferente do tênis convencional, que necessita de uma base mais sólida, produzida em materiais como grama, saibro, madeira e asfalto.

No caso das quadras de areia só há um material possível (salvo os diferentes tipos de areia), mas você ainda precisa pensar na profundidade do terreno, para que não se formem poças de água e para que possa ser instalado o sistema de drenagem.

À vista disso, a escavação da área deve ter de 50 a 60 centímetros de profundidade, ocupados por cerca de 25 centímetros de areia. Já a camada de drenagem deve ocupar de 30 a 40 centímetros.

Acerca da mencionada drenagem, vale observar que se trata do mesmo sistema usado no tradicional tênis de quadra, comumente chamado de “espinha de peixe”.

Ele funciona da seguinte maneira: no centro da quadra, na mesma direção das laterais, encontra-se um canal principal, responsável por absorver a água levada pelos canais secundários.

O sistema é nomeado dessa maneira porque os canais secundários são perpassados pelo principal, enquanto as costelas do peixe são conectadas às vertebras. Por fim, é a rede de drenagem que recebe a água direcionada pelo canal principal.

Todos os canais, ou ramais, recebem duas camadas de brita e uma manta geotêxtil, também usada na drenagem de plantas.

Já sobre as demarcações da quadra, é importante lembrar que as dimensões são determinadas pela modalidade.

Nas partidas simples, com um tenista de cada lado, são 16 metros de comprimento e 4,5 metros de largura. Nos jogos em dupla o comprimento permanece o mesmo, mas a largura é de 8 metros.

Escolha o tipo e a metragem da areia

Usualmente os tipos de areia são divididos pela espessura dos grãos, por isso não são recomendadas as usadas tanto no assentamento de tijolos como na preparação do concreto, já que são mais grossas.

Entre elas, as mais usadas nas quadras de Beach Tennis são a areia tratada e a areia de lavagem de rio com granulação média. 

A primeira é conhecida por diminuir a presença de bactérias e fungos, além de não exigir manutenção agressiva, enquanto a segunda precisa ser higienizada com mais frequência, preferencialmente com cloro.

Lembre-se! É importante questionar o fornecedor sobre os cuidados necessários para cada tipo de areia.

Sobre a metragem necessária, você já sabe que precisa preencher uma área maior do que 16 metros de comprimento e 8 metros de largura, além dos 25 centímetros de profundidade. Pense em deixar 2,0m de espaço para cada profundidade e 1,5m para cada lateral da quadra. Para tanto, são necessários mais ou menos 55 m³ de areia.

Por fim, é essencial que você faça uma busca e anote os preços de diferentes fornecedores, já que o valor desse material costuma ser calculado a partir de algumas variantes, são elas:

Espessura do material, fretes e taxas de entrega, região e até embalagem, uma vez que que a areia também pode ser comprada em sacos. 

Depois de planejar a estrutura, é hora de equipar o espaço

Antes de falarmos sobre equipamentos, vale lembrar de mais um elemento estrutural: os postes que sustentam a rede. Eles podem aparecer em metal, mas os mais indicados são produzidos em aço galvanizado, que são mais resistentes. Pode ser usado poste de madeira também.

Já entre os itens necessários para a montagem da quadra, talvez o mais adaptável seja o kit de linhas para delimitar o espaço, visto que essas linhas não são fixas, ou seja, podem ser reguladas de acordo com a modalidade (simples ou em dupla).

A rede é outro item que apresenta grande variação de valores e de fabricantes, ainda que suas dimensões usualmente sigam um padrão, com sobras para cada lado. 

As redes usadas na prática de Beach Tennis possuem, no geral, 9 metros de comprimento e 1 metro de largura, embora existam pequenas variações na largura. 

O que definitivamente não muda é a altura da rede no decorrer das partidas. Sua faixa superior não pode ultrapassar 1,70 metros do nível da quadra, como define a Federação Internacional de Tênis (ITF).

Pronto, agora você já sabe como construir sua própria quadra de Beach Tennis e não precisa esperar pelo final de semana na praia. Lembre-se: o planejamento é a etapa mais importante de qualquer projeto!

Você pode conferir mais conteúdos como este, além de mais informações sobre o Beach Tennis no site “https://www.beachtennisbra.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *