Apartamentos para alugar: como alugar sem um fiador

Sempre que pensamos em aluguel, já nos vem à cabeça a figura do fiador, aquela pessoa a quem você tinha que pedir para se responsabilizar por uma dívida; caso contrário você não conseguiria alugar.

Mas essa situação mudou e hoje em dia é possível alugar um apartamento sem ter um fiador, podendo utilizar outras formas de contratos.

Continue lendo este artigo, vamos falar um pouco mais sobre como apartamentos para alugar podem ser locados sem ter um fiador, além de explorar outros tipos de seguros e quais os seus benefícios para todas as partes envolvidas.

  • Como é feito o contrato de aluguel sem um fiador?

  • Quais outras formas de contrato?

  • Caução

  • Seguro fiança

  • Título de capitalização

  • Fundo de investimento

  • Vantagens de alugar sem fiador

Como é feito o contrato de aluguel sem um fiador?

Houve uma mudança na Lei 8.245/91 que deu abertura para que os contratos de aluguel pudessem ser feitos de acordo com outras modalidades, além da exigência de um fiador. A legislação permite que o proprietário escolha entre as opções que asseguram o pagamento do aluguel em caso de uma inadimplência do locatário.

Caso o apartamento para alugar esteja em uma imobiliária, cabe ao inquilino escolher entre as garantias apresentadas pela empresa.

Quais outras formas de contrato?

Se você ficou feliz em saber que existe a possibilidade de alugar sem ter que procurar um fiador, saiba que é preciso agora conhecer e encontrar qual outra solução de garantia é melhor para você.

Caução

Esse é bem conhecido no mundo dos aluguéis. O seguro caução determina que o proprietário combine com o locatário um valor a ser depositado em uma conta, cujo objetivo é cobrir a falta de pagamento das mensalidades.

Se houver necessidade de utilizar esse valor, ao final do contrato o dinheiro é devolvido ao inquilino, com juros e correções. Essa é a forma mais utilizada no mercado.

Seguro fiança

Essa alternativa é considerada a mais segura, porque confere mais liberdade e flexibilidade para o proprietário e o locatário.

Ela funciona da seguinte forma: as duas partes escolhem uma seguradora e um pacote de garantia é contratado. Existem os que cobrem as mensalidades, débitos de IPTU, danos no imóvel, taxas de condomínio, entre outros.

Nessa modalidade não há devolução do dinheiro ao final do contrato, mas ao mesmo tempo dá uma tranquilidade maior ao inquilino, caso ele passe por uma crise financeira. O seguro deve ser renovado anualmente.

Título de capitalização

É uma opção bem interessantes, inclusive para substituir o seguro caução porque eles são bem parecidos. Mas o que torna o título de capitalização mais atraente é a possibilidade de ganhar prêmios em sorteios mensais ou anuais durante o período do contrato.

Outra vantagem é que as empresas de capitalização podem atrelar serviços aos títulos, como reparos de emergência na casa e o seguro contra danos.

A contratação desse tipo de serviço é simples e não é necessário comprar renda. A renovação ocorre de forma automática e se você não quiser, você recebe o dinheiro de volta com as correções monetárias.

Fundos de investimentos

Há pessoas que investem em fundos de renda fixa ou variável e, embora essa seja uma forma pouco comum de alugar um apartamento sem fiador, ela possui vários benefícios.

Esse tipo de garantia é feita por meio da cessão fiduciária, ou seja, em caso de inadimplência, o devedor transfere para o proprietário do apartamento a titularidade de recebíveis do fundo de investimento.

Essa posse temporária permanece até que a dívida seja totalmente quitada; nesse meio tempo qualquer rendimento do fundo será usado para abater os aluguéis atrasados.

Vantagens de alugar sem um fiador

Quando há apartamentos para alugar, o aluguel sem a presença de um fiador é ideal para todos os tipos de inquilinos; mas para algumas situações em especial, essa alternativa é mais vantajosa.

Como nos casos em que uma pessoa precisa muito locar um apartamento e não tem muito tempo para gastar com longos processos, porque a procura por um fiador pode tomar bastante tempo e esforço.

Pessoas que buscam por flexibilidade nos contratos de aluguel, estudantes, entre outros tipos de locatários, ter esses tipos de aluguel sem fiador lhes dá uma segurança maior.

Mas a escolha vai ser feita com base nas condições financeiras e aspectos práticos da vida de cada inquilino. Sem a necessidade de uma terceira pessoa envolvida no processo de aluguel, o caminho é mais rápido e proporciona um clima de segurança e tranquilidade para todas as partes do acordo de locação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *