Tendências de mercado e soluções de automação Industrial

A automação industrial é parte do conceito da quarta revolução industrial ou se preferir, indústria 4.0, é com ela que a indústria busca alcançar mais resultados em menos tempo e com menor esforço.

2021 é um ano que traz bastante esperança, afinal, fábricas ao redor de todo o planeta foram impactadas pela pandemia do Coronavírus, tendo que reduzir sua produção, o que reflete em estoques menores de produtos com alta demanda. 

Nem mesmo gigantes da tecnologia escaparam disso, a exemplo da Sony, que depende de chips da AMD para fabricar seu novo PlayStation.

A indústria de eletrônicos não é a única que está enfrentando problemas, e a depender da escala de produção, do porte e do segmento, a automação industrial pode mitigar e até eliminar boa parte dos impactos dessa nova crise. 

Com isso, os olhares de quem ainda não se entregou à indústria 4.0 se voltam para a automação industrial como uma possível solução. 

O que é automação industrial?

Aquela ideia de uma fábrica futurista com maior conectividade, já não remete ao futuro, é algo bem presente, mas também alvo de bastante descrença e preocupação. 

Não se trata de um exército de robôs controlando toda a produção de uma empresa, acabando com empregos, e em algum momento, se voltando contra a humanidade.

Ficção e Skynet a parte, a automação industrial faz parte da vida de milhares de pessoas, cada vez mais, e não dispensa o uso da supervisão humana. 

Sim, a ideia por trás dessa transformação é suprimir parte da operação dos trabalhadores, e com isso, reduzir custos ao mesmo tempo que aumenta a produtividade.

Na automação industrial:

  • Máquinas realizam boa parte ou todo o trabalho operacional;
  • As próprias máquinas verificam seu funcionamento e transmitem informações importantes ao gestor humano ou operador;
  • Medições e correções são realizadas automaticamente;
  • É dispensado o apertar de múltiplos botões, uso de alavancas e toda aquela correria no chão de fábrica, quando algo dá errado;
  • O desperdício de matéria-prima é consideravelmente menor;
  • O uso da mão de obra também é reduzido.

Com isso, a parte humana permanece, pois é preciso ter alguém cuidando da operação delas e controlando a produção, algo que é possível por meio das IHM (interface homem-máquina), telas que controlam todo o trabalho com apenas alguns toques.

Robôs? Sim, por favor

Os robôs são amigos e vieram para ficar. Temos de aprender a dividir nosso espaço com as máquinas e entender que elas não estão aqui para nos substituir. 

Sendo assim, as funções mais básicas e operacionais tendem a ser absorvidas por braços mecânicos e outros robôs, o que demanda maturidade e desenvolvimento por parte de trabalhadores e empresas.

Aqueles que já possuem conhecimentos estratégicos podem usar as novas tecnologias para impulsionar o próprio trabalho, trazendo mais resultados e produtividade para dentro dos negócios.

Tecnologia “invisível”

Quando pensamos em automação industrial, automaticamente lembramos das imagens reais e de ficção, onde robôs controlam fábricas inteiras e produzem em uma velocidade incrível. 

No entanto, não é só na robótica que a automação industrial é próspera.

A Wi2Be é uma empresa brasileira que trabalha exclusivamente com soluções “invisíveis”, focadas na transmissão de dados, tanto para comercialização quanto para locação.

São justamente essas soluções que tornam a automação industrial possível em muitas empresas Brasil afora.

Indústrias químicas, grandes farmacêuticas e petroquímicas usam sistemas, controles de temperatura, transmissores de pressão, vazão e muitos outros para controlar o trabalho e enviar informações-chave aos superiores humanos. 

É algo que passa despercebido por quem entra no ambiente onde o trabalho é realizado, mas está lá e automatiza várias funções.

Veja também, O QUE É O RADIO ENLACE DIGITAL?

Quais as vantagens da automação Industrial?

Entenda quais são as principais vantagens dessa inovação: 

  •     Mais produtividade;
  •     Maior assertividade;
  •     Muito mais economia;
  •     Reduz o tempo de produção;
  •     Pode operar 24h;
  •     Aumenta a qualidade do trabalho;
  •     Escalabilidade.

Modernizar sua indústria é fundamental. Seus concorrentes já estão estudando as possibilidades para os próximos anos, e muitos deles, provavelmente, já usam algum grau de automação industrial.

Logo, adaptar-se é uma questão de sobrevivência. Os impactos dessa transformação são bastante positivos, e alguns podem ser sentidos a curto prazo.

A economia, por exemplo, é uma das maiores vantagens, e é algo que chega a partir do momento em que a indústria não precisa contratar os melhores operadores de maquinário para trabalharem no chão de fábrica. 

É preciso ter apenas um supervisor e uma equipe reduzida (isso pode variar de acordo com suas necessidades).

O que esperar do mercado de automação industrial para os próximos anos?

Após entender mais sobre o tema, é possível manter em vista as mudanças e avanços que estão por vir, confira alguns abaixo:

Realidade aumentada

A realidade aumentada traz inúmeras possibilidades para a automação industrial. 

Hoje, controlamos tudo por intermédio de uma tela, onde recebemos os relatórios e informações importantes das máquinas. 

No entanto, com a aplicação de novas tecnologias, podemos conferir tudo por meio de um visor ou óculos, além de outros dispositivos. Basta haver a necessidade e a usabilidade para tal inovação.

Internet das Coisas e acesso remoto

A Internet das Coisas é algo que finalmente vem ganhando forma fora de grandes corporações, e faz total sentido ela estar ligada à automação industrial e ao acesso remoto. 

Com isso, é possível controlar vários dispositivos de uma só vez e até mesmo permitir que técnicos e operadores cuidem do trabalho à distância, em qualquer lugar do planeta, bastando apenas uma conexão segura à internet.

A Dakol, por exemplo, é uma das pioneiras em automação industrial com IoT (Internet of Things), entre muitos outros produtos e soluções que tornam mais produtiva e prática a rotina das indústrias.

Outra possibilidade para o futuro da automação industrial é o aumento do uso do Cloud Computing. 

A Nuvem permite escalar o trabalho sem precisar de uma enorme estrutura física para guardar os dados. 

Com isso, a indústria ganha em flexibilidade e economiza um bom dinheiro, que outrora seria destinado a aquisição de servidores poderosos e de espaço físico para guardá-los.

Robôs AMR

Hoje, ainda precisamos de pessoas para mover equipamentos e produtos para a indústria.

No entanto, com os robôs AMR, é possível transportar cargas, matéria-prima e outras máquinas em menos tempo e com maior segurança.

Isso é possível porque os robôs AMR mapeiam o ambiente e determinam o caminho mais rápido, prático e seguro para transportar algo, facilitando a tarefa e reduzindo os custos da mesma.

Quais empresas trabalham com automação Industrial?

Como já citado no texto essa tecnologia não é algo tão recente, por isso é possível encontrá-la em algumas empresas, entre elas:

  • Indústrias automobilísticas;
  • Indústria química;
  • Indústria de papel;
  • Indústria de mineração;
  • Petroquímicas;
  • Indústria de embalagens;
  • Indústria de ar-condicionado e refrigeração.

Portanto, para qualquer empreendedor que queira superar as barreiras e se manter sempre a par com os avanços, investir nesses recursos é um bom caminho para o sucesso.

 

Vantagens da tecnologia 4.0 para a indústria de fabricação de ar-condicionado

A tecnologia 4.0 chegou para ficar, e com a indústria de fabricação de ar-condicionado, não é diferente. 

Continuar lendo Vantagens da tecnologia 4.0 para a indústria de fabricação de ar-condicionado

Automação residencial: saiba quais são as melhores opções de home theater

Controlar aparelhos à distância pelo celular, assistir a filmes com qualidade de cinema na sua casa, contar com fechadura biométrica, ter iluminação por sensor e várias outras funcionalidades: tudo isso é automação residencial, ou seja, utilizar a tecnologia para facilitar a vida, criando aparelhos “inteligentes”.

Continuar lendo Automação residencial: saiba quais são as melhores opções de home theater

Conheça 4 estratégias para cauda longa

As estratégias para cauda longa tem como função vender grandes quantidades de produtos populares, além de pequenas quantidades de produtos ou serviços em mercados de nicho. Continuar lendo Conheça 4 estratégias para cauda longa

Gestão de supermercados, automações e logísticas

Os supermercados são muito importantes para a economia, afinal, são chamados de empreendimentos de atividades essenciais para a vida.

Continuar lendo Gestão de supermercados, automações e logísticas

PEOPLE ANALYTICS: O QUE É, DE ONDE VEM E COMO APLICAR?

É fato conhecido: empresas costumam trabalhar para os clientes. Ao longo de muitas décadas, a ênfase tem sido no conhecimento de suas características, tentando entender a fundo suas necessidades e seus desejos.  Continuar lendo PEOPLE ANALYTICS: O QUE É, DE ONDE VEM E COMO APLICAR?

Supermercado: investimento em soluções integradas com tecnologia

As pessoas responsáveis pelas compras de um supermercado sempre buscam ambientes com disposição de produtos organizados, que facilitam ações simples como identificação de preços nas prateleiras.

Continuar lendo Supermercado: investimento em soluções integradas com tecnologia