Como comprar ações

Como comprar ações

Petende começar a comprar e vender ações na bolsa de valores para diversificar seus investimentos mas não sabe por onde começar? Este guia apresenta o básico que você precisa saber para começar a investir em ações diretamente da sua casa ou escritório.

investimento1 Como comprar açõesHome Broker

É o sistema de negociação eletrônica que permite aos clientes operar na BM&FBovespa (Bolsa de Valores de São Paulo), via internet. O Home Broker está conectado diretamente ao sistema de negociação da Bovespa chamado Mega Bolsa e permite o envio de ordens para comprar ou venda de ações e opções com rapidez e segurança pela corretora de escolha do cliente. (Veja o nosso comparativo das principais corretoras da Bovespa)

Além da praticidade e da agilidade nas negociações, o Home Broker oferece vantagens como consulta a informações financeiras e de custódia, envio de ordens programadas, notícias do mercado, estudos gráficos e cotações em tempo real. Alguns também permitem o acompanhamento de mercadorias e derivativos financeiros. Vale lembrar que apenas corretoras de valores regulamentadas pela CVM podem oferecer este tipo de ferramenta aos seus clientes.

Mesas de operações

É a ferramenta para operação em bolsa de valores, através de assessores especializados, para a realização das negociações no mercado financeiro. As mesas de operações permitem a negociação, por telefone, de ações, opções, termo, futuro, à vista e operações descobertas.

Pela mesa de operação é possível verificar ainda a abertura do mercado e consultar os índices futuro, dólar e commodities agrícola. Esta ferramenta possibilita tanto a negociação de ativos e títulos na Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo) quanto de mercadorias e contratos futuros na BM&F (Bolsa de Mercadorias & Futuros).

Mercado à vista:homebroker Como comprar ações
É a compra ou venda em pregão de determinada quantidade de ações para liquidação imediata. A liquidação física, ou seja, entrega dos títulos comprados ao seu comprador, é feita três dias úteis após a operação (D+3) junto com a liquidação financeira, pagamento ou recebimento dos recursos financeiros oriundos da compra ou venda dos papéis.

  • Normal

É a operação regular no mercado de compra e venda de ativos. Para a operação ser considerada normal, não pode ser feita em um mesmo pregão, por uma mesma corretora e por conta do mesmo investidor.

  • Day Trade

É uma operação no mercado à vista que permite a compra e venda de uma mesma ação, opção ou índice em um mesmo pregão, por uma mesma corretora e pelo mesmo investidor, obrigatoriamente. Este tipo de negociação se caracteriza como uma operação de arbitragem e sua liquidação financeira é realizada no terceiro dia útil após a realização do pregão (D+3), no caso de negociação com ações.

  • After market

É o mercado de negociação fora do horário de pregão regular. Este mercado funciona pelo Home Broker nos seguintes horários: Call de abertura às 17h30, e funcionamento de 17h45 às 19h (horário normal) ou de 18h45 às 19h30 (horário de verão).

Além do horário diferenciado, o after market conta com algumas características especiais como permissão de negociações apenas no mercado à vista, limite de ordem de R$ 100.000,00 por investidor e variação máxima de 2% sobre o preço do fechamento do horário normal da Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo).

……………………………………………………………………………………………………………………………

Tipos de ordem de compra e venda dos ativos:

  • Ordem de start

É uma ordem de compra de ações e opções enviada à bolsa, vinculada a um preço máximo. Quando a ordem start é solicitada, o papel em questão é comprado quando o preço no mercado atingir ou ultrapassar o preço pré-determinado pelo cliente (preço start). A ordem start tem prazo de validade de 30 dias e, após este período, o investidor deve voltar a registrá-la caso ela não tenha sido executada.

Exemplo: Se um investidor deseja comprar uma ação apenas após a confirmação do rompimento de uma resistência, ele poderá determinar o valor de disparo da ordem e o preço limite a ser pago pela ação. Suponha que uma ação esteja sendo negociada a R$ 20,00, sua resistência é R$ 21,50 e o investidor queira comprar a ação apenas se conseguir o negócio acima dessa resistência. Neste caso, poderá ser colocada uma ordem com o preço de start a R$ 21,51 e o preço limite a R$ 21,60.


  • Ordem de Stop

É uma ordem de venda de ações ou opções enviada à bolsa cujos critérios de validação são previamente estabelecidos pelo cliente. A ordem stop tem prazo de validade de 30 dias e, após este período, o investidor deve voltar a registrá-la caso ela não tenha sido executada.

A ordem do tipo stop pode ser usada como proteção para o investidor, já que a ordem de venda é enviada à Bovespa quando o preço da ação ficar abaixo do limite determinado pelo investidor.

Exemplo: Se um investidor comprar uma ação a R$ 2,00 e quiser limitar sua perda a 10%, ele pode determinar uma ordem stop limitada a R$ 1,80. Quando o preço do último negócio for igual ou menor a R$ 1,81 (preço stop), será disparada uma ordem de venda limitada a R$ 1,80 (preço limite).

Este mecanismo permite ainda que o preço de disparo seja diferente do preço limite de execução. O investidor pode estabelecer o preço de disparo da ordem em R$ 1,80 (preço stop), mas com execução limitada a R$ 1,70 (preço limite). Vale lembrar que mesmo que a ordem esteja limitada a uma venda de até R$ 1,70 o preço de execução poderá ser superior caso haja um comprador a preço melhor no momento da execução.


  • Ordem Stop Simultâneo

É uma ordem de venda enviada à bolsa cujo disparo é definido por dois parâmetros diferentes. Neste caso, a ordem pode “stopar” um prejuízo ou “stopar” um lucro, válida por 30 dias.

Exemplo: Um investidor que tenha comprado uma ação a R$ 20,00 pode limitar seu prejuízo a R$ 19,00 por ativo e seu lucro a R$ 22,00 por papel. Neste caso, ele colocará a ordem de stop simultâneo com estes dois preços limites para disparo da ordem. Ao ser atingido um dos dois parâmetros, a ordem segue apenas uma vez para a Bovespa. Ou seja, mesmo que o segundo parâmetro venha a ser atingido futuramente, este não será realizado, visto que a ordem já terá sido executada de acordo com o primeiro parâmetro.


  • Ordem Stop Móvel

É uma ordem que acompanha uma possível alta do mercado ajustando o preço limite para cima e o preço stop conforme determinação do cliente. Esta ordem, muito utilizada em mercados mais desenvolvidos, também é chamada de Trailling Stop (stop de pico).

Ao enviar a ordem stop móvel, o cliente deve preencher quatro campos de preço: stop, limite, início móvel (preço “gatilho”, sempre acima do mercado, que iniciará o processo de mobilidade dos preços stop e limite) e ajuste inicial (acréscimo sobre o valor dos preços limite e stop quando o início móvel for atingido)

Quer aprender a investir na bolsa? A forma mais rápida é através do Curso Online como Investir na Bolsa. Por apenas R$ 40,00, sem mensalidades, você aprende todo o básico necessário para começar a comprar e vender ações. Acesse já!

No envio da ordem pelo Home Broker, os valores stop e limite serão corrigidos pelo valor financeiro, e não por percentual (usados em outros mercado).

Exemplo: Um investidor envia uma ordem stop móvel para o papel PETR4, cuja cotação hipotética está em R$ 100,00. O preço stop será registrado em R$ 95,00 e o limite, em R$ 94,00. Caso o preço caia para R$ 95,00, o sistema enviará ordem a 94,00.

Caso o cliente deseja que o preço stop suba caso PETR4 tenha alta, por exemplo, atinja o valor de R$ 105,00, ele precisa definir que stop seja ajustado para R$ 98,00 (acréscimo de R$ 3,00). Neste caso o início móvel passará a ser R$ 105,00. O limite após ajuste também será acrescido de R$ 3,00, passando para R$ 97,00.

Vale ressaltar que, assim que o início do móvel for atingido, os valores stop e limite se ajustarão a cada variação (centavos) caso a alta da PETR4 persista. Ou seja, se após o início do móvel a PETR4 suba mais e atinja a cotação de R$ 107,53, o preço stop subirá na mesma proporção, indo para R$ 100,53 (R$ 98,00 + R$ 2,53). Neste caso, o o preço limite vai pra R$ 99,53 (R$ 97,00 + R$ 2,53). É importante lembrar que o preço stop nunca se move para baixo, ou seja, se PETR4 voltar a cair a ordem será enviada a R$ 99,53, assim que o preço atingir R$ 100,53.


  • Ordem limitada

É um tipo de ordem que, obrigatoriamente, terá um preço máximo de compra e um preço mínimo de venda. As ordens inseridas pelo Home Broker são sempre do tipo limitada, por exigência da Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo).

Lembramos que uma operação pode ser executada a um preço mais favorável, caso a contraparte tenha inserido uma ordem a um preço superior ao determinado como limite para a venda, ou a um preço inferior no caso da compra.


  • Ordem administrada

É um tipo de ordem que especifica somente a quantidade e as características dos ativos ou direitos a serem comprados ou vendidos, ficando a execução a critério daCorretora.


  • Ordem casada

É uma ordem vinculada à execução de uma outra ordem do mesmo cliente, ou seja, só será realizada caso a ordem casada também seja. Pode ter ou não limite de preço.


  • Ordem discricionária

É uma ordem feita por um administrador de carteira de títulos e valores mobiliários, ou por representante de mais de um cliente, que estabelece as condições em que a ordem deve ser executada. Após a execução, o administrador indicará os nomes dos clientes que deverão receber a quantidade de ativos diretos oriundos da operação e o respectivo preço.


  • Ordem de financiamento (Compra à vista e Venda Opção)

É um tipo constituída por uma ordem de compra de um ativo no mercado da Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo), e outra de venda de opção do mesmo ativo. As ordens podem ser executadas no mesmo ou em outro pregão.


  • Ordem a mercado

É uma ordem que especifica somente a quantidade e as características dos ativos e direitos a serem comprados ou vendidos. Deve ser executada a partir do momento em que for recebida pela corretora.


  • Ordem Monitorada

É um tipo de ordem em que o cliente, em tempo real, decide e determina à corretora as condições de execução.

……………………………………………………………………………………………………………………………

Atenção:

1 – Os preços dos ativos se alteram com o pagamento de proventos (dividendos, bonificações, splits e grupamentos) e podem provocar o disparo de uma ordem stop ou start. A responsabilidade pelo monitoramento da ordem é de exclusiva responsabilidade do investidor. O Guia de Investimento recomenda que o investidor acompanhe, diariamente, o comportamento do seu ativo para que uma ordem stop ou start não seja disparada em uma nova situação de mercado.

2 – Uma ordem stop só será disparada caso a posição de ações esteja disponível no momento do disparo. Uma ordem start só será disparada caso o investidor possua limite financeiro disponível para compra.

3 – O registro de uma ordem start ou stop limitada não garante sua execução. A execução das ordens depende das regras operacionais determinadas pela Bovespa.

Se este artigo te ajudou, ele também pode ajudar outras pessoas. Compartilhe no link abaixo icon smile Como comprar ações

  Ficha Técnica
  Curso: Aprenda a Investir na Bolsa de Valores
  Empresa: Cursos24Horas
  Valor: R$ 40,00
  Horas: 40 horas aula
  Certificado: Sim