Como conquistar investidores para impulsionar uma ideia de startup

A cultura das startups surgiu na última década após os sucessos de diversas empresas de tecnologia, que mudaram o comportamento de pessoas no mundo todo. 

Os jovens passaram a prestar mais atenção a isso e entenderam que não precisam operar com o dinheiro próprio, e apresentar uma ideia é o melhor caminho para se transformar em um unicórnio no negócio.  

As startups de sucesso incentivam ideias pelo mundo todo. Se você ainda não está nessa, vou te dar uma dica valiosa: quando uma inspiração surgir em sua mente, passe ela para o papel imediatamente, pois ela pode valer milhões. 

Se for uma boa ideia brilhante, passe adiante e formate-a após o papel. Faça um plano de negócios fantástico, projeções financeiras e imagine como você pode atingir esse mercado de bilhões de dólares. 

Em seguida, inscreva-se para um pitch para sua startup. Explique seu plano aos investidores; muitos estão dispostos a investir em grandes ideias. É uma aposta para você, assim como é para eles.  

Tudo isso é simples e rápido né? Bom, então agora acorde do seu sonho! É hora de voltar a realidade, meu amigo. 

Uma pergunta comum na comunidade de startups é “como podemos obter financiamento?”. Algumas pessoas precisam de financiamento depois de comprovar um conceito, enquanto outras, sonham em financiar antes mesmo de executar qualquer coisa.

O momento ideal para levantar fundos é quando você encontra o produto/mercado adequado, o que significa que você tem alguns clientes e eles estão adorando o seu produto. 

Mesmo assim, as pessoas começam a buscar financiamento no nível da ideia. É difícil ou quase impossível para o empreendedor de primeira viagem. Aqui estão algumas maneiras de obter financiamento se sua startup ainda estiver na fase de ideia. 

Dica 1: Sucesso anterior de projetos semelhantes  

Se você criou uma startup no passado e enriqueceu seus investidores, suas chances de obter financiamento na fase da ideia são grandes. 

Acho que você não é esta pessoa, pois alguém que já passou por isso não precisa de nenhum conselho e, provavelmente, já arrecadou fundos necessários, além de conhecer este processo. 

Como você não é esta pessoa, pode falar sobre o sucesso desta pessoa. Se for do seu mercado, melhor ainda. 

Dica 2: Forte experiência de trabalho em sua área 

Os investidores prestarão muita atenção se você for um geek, nerd, especialista, PhD e tiver pilhas de publicações de pesquisa em seu nome. Você deve ter inovação em seu sangue e um histórico comprovado por fazer um ótimo trabalho em sua área. 

Mostre o que você já construiu, o que você já inovou na sua área de atuação. Explique com clareza as dores do seu mercado e a solução que você oferece por conhecer de perto o problema. Uma consultoria de marketing digital para startups pode te ajudar. 

Dica 3: Seu círculo social de amigos e família são excelentes para uma ideia 

Claro, seus entes queridos se preocupam mais com você. Você pode alcançar todos no seu círculo de amigos, explicar sua ideia, convencê-los de que você não perderá o dinheiro deles se tornarem-se seus investidores. 

Você pode aceitar dinheiro como dívida ou torná-los sócios, oferecendo algum patrimônio. 

Dica 4: Encontre um investidor corajoso  

Este é um passo interessante e funciona na realidade. Até os anos 2000, as pessoas ganharam muito dinheiro investindo em imóveis e negócios tradicionais. 

Agora, elas são atraídas depois de ouvir histórias sobre a aquisição do WhatsApp, onde os investidores ainda contam os zeros em US$19 bilhões, avaliação feita pelo Facebook. 

Se você procurar esse investidor corajoso e disposto, ele vai te ajudar, mas vai te cobrar proporcionalmente sobre a execução da ideia.  

Mas, cuidado e atenção com isso, pois se você fizer as pessoas de tolas, terá que retribuí-las de alguma forma no futuro, e isso a maioria das vezes vai em contrato. Obtenha investidores que entendam seu mercado ou que comprem sua ideia. 

Para isso, seja muito claro com a sua proposta de valor para não dar margem ao erro. Um vídeo explicativo animado pode te ajudar a mostrar este valor e arrecadar fundos para iniciar sua ideia. 

Sempre faça a si mesmo essas perguntas quando pensar em arrecadar dinheiro: 

Pergunta 1: Você está abrindo sua empresa para resolver os problemas do cliente ou arrecadar dinheiro? 

Pergunta 2: Quem é sua prioridade – o cliente ou seu investidor? Você conversou com cinquenta clientes? 

Pergunta 3: Você ofereceu uma solução, ou mesmo um produto mínimo viável (MVP)? 

Pergunta 4: Como você atrairá clientes para a sua plataforma? O que você já experimentou e provou para conquistar clientes? 

Pergunta 5: Como você tornará seu negócio lucrativo? 

Não presuma que você vai descobrir algo na hora. Planeje um crescimento ou monetização de 1.000 vezes. Tenha em mente os desafios que terá pelo caminho e não esconda isso de jeito nenhum, seja transparente com seu investidor. 

Por exemplo, não adianta você falar que tem a solução para conseguir pacientes para consultórios médicos se você não está inserido no mercado de marketing médico

Também não adianta você falar que conhece os imprevistos de um percurso se você nunca trilhou por ele. 

Conclusão

A melhor opção é você partir para um sprint da sua startup antes de buscar financiamento. Porém, como nem sempre isso é possível, busque por pessoas próximas antes de ir para algum pitch de investimentos, pois ali, querem negócios concretos. 

Se também não for possível, utilize todas as suas forças para enfatizar o tamanho da sua ideia e, caso você seja da área, fale sobre o seu conhecimento e experiência para seguir pelo caminho desafiador que está sugerindo. 

Texto escrito pela equipe da KOP Animado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *