Como a transformação digital impacta no departamento jurídico

Você já parou para pensar em como a transformação digital impacta no departamento jurídico? É inegável que a tecnologia desempenha um papel importante nas nossas vidas. No modo de trabalho não poderia ser diferente.

Somos sempre impactados pela forma de que as novas tecnologias se desenvolvem e trazem inovação às nossas vidas. Até mesmo os setores mais tradicionais não deixam de ser afetados, até mesmo o universo do direito. 

Não podemos negar a revolução tecnológica que nos cerca. Além de facilitarem a nossa vida, elas se tornam cada vez mais essenciais. Porém, a transformação digital vai além disso. E é sobre isso que iremos falar hoje. 

Afinal, o que é transformação digital? 

A transformação digital vai além de apenas escolher ferramentas digitais ou automatizar processos. Ela trata de modificar o comportamento das pessoas, uma ruptura em um modo de viver até então consolidado.

O mundo está mais acelerado e as informações chegam mais rápido na palma de nossas mãos. São tantas formas de nos comunicarmos, que isso gera um grande impacto social. 

É muito fácil nos conectarmos com as pessoas por meio da tecnologia. O uso dela durante a pandemia de COVID-19 nos mostrou como ela é essencial para gerenciar os negócios atuais.

Portanto, a transformação digital impacta nos resultados, na gestão de tempo e otimiza os resultados. O papel dela deve ser central nas estratégias das organizações. 

Como a transformação digital impacta no profissional 

Essa transformação requer, principalmente, uma mudança de mindset do profissional. Afinal, o direito é um setor bastante tradicional e resistente às mudanças.

A zona de conforto trazida pelo jeito tradicional de fazer as coisas pode gerar ineficiência para atingir um novo público economicamente ativo. A migração do consumo de bens e serviços no ambiente digital requer que haja esta sintonia dos serviços jurídicos. 

Como se preparar para estes novos cenários? 

Com a popularização do uso de inteligência artificial, dispositivos em nuvem e serviços on-line como assinaturas digitais, protestos de sentença, bots etc., temos cada vez mais facilidades disponíveis para a nossa rotina. 

A confiabilidade destes recursos ainda pode ser questionada por alguns grupos, tendo em vista a crescente preocupação com a proteção de dados. Por isso, é necessário ter preparo para lidar com a tecnologia. 

Assegurar a proteção dos dados é uma forma de gerar credibilidade com o seu público e estar dentro da lei. Entretanto, o preparo não se limita só a isso, pois é necessário desenvolver uma série de habilidades para lidar com as transformações. 

Com um papel mais consultivo e mais estratégico, o departamento jurídico deve estar preparado para atuar em multitarefas, trabalhando a sua comunicação de forma estratégica. 

É necessário, também, ter algumas habilidades como: 

  • Flexibilidade para lidar com os novos cenários; 
  • Dinamicidade para as constantes mudanças;
  • Visão empreendedora; 
  • Empatia e humanização; 
  • Constante aprendizado e compartilhamento de conhecimentos. 

Essas são algumas das habilidades mais importantes para conseguir uma melhor adaptabilidade aos novos cenários. A análise e desenvolvimento de habilidades devem ser constantes.

Possibilidades de atuação dos departamentos jurídicos na transformação digital

Visto que a transformação digital também implica em grandes mudanças, o departamento jurídico tem diversos papéis a cumprir, atuando de forma estratégica e como parceiro de negócios de outras áreas. 

A LGPD é um grande exemplo da necessidade de colaboração entre o jurídico e o TI. A tecnologia deve sempre respeitar as leis vigentes, portanto, a ação conjunta é indispensável para a maior eficiência. 

Outras possibilidades de atuação estão no lançamento de produtos e serviços inovadores, garantindo que eles não possuem embargos e analisando a legislação para que o produto a atenda. 

Quando o assunto é licenças, é claro o papel fundamental desenvolvido pela equipe jurídica. Muitas empresas não atendem ao uso correto das licenças de softwares, o que pode gerar diversos problemas para ela. 

A questão trabalhista também é importante diante destas transformações, garantindo que todos os direitos estejam sendo cumpridos e oferecendo assessoria aos departamentos competentes. 

Percebe-se as grandes possibilidades de atuação do departamento jurídico em diversos âmbitos nas organizações. Utilizando das tecnologias é possível atuar de forma mais ágil, prática e eficiente para assegurar que a empresa esteja apta para encarar o futuro que a transformação digital nos proporciona. Você está pronto para ser um advogado 4.0

Este material foi desenvolvido pela Advise, no nosso blog você sempre encontra as melhores novidades do setor. Otimize a gestão do seu departamento jurídico com um software completo, conheça o HUB.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *