O que é People Analytics?

O mercado atual está sendo dominado por dados, e é a partir deles que conseguimos tomar decisões mais eficazes. Mas, por que entender o que é People Analytics pode te ajudar?

Entender a metodologia é conseguir reunir informações do comportamento dos colaboradores para transformar a gestão de pessoas de uma empresa.

A gestão de pessoas é uma tarefa que demanda muito conhecimento do RH acerca de seus colaboradores. Entender como gerir o capital humano — valor principal da empresa — é uma das tarefas mais complexas, por isso, o RH se dispõem de metodologias e softwares para auxiliarem a mensurar as características comportamentais e habilidades técnicas. 

Em pequenas, médias e grande empresas, a tecnologia tem tido um papel muito importante, pois auxilia na automatização das análises e processos.

Com a automatização, o RH torna-se cada vez mais ágil e confiável para determinar ações e tomar decisões estratégicas para o crescimento da empresa, sendo este um dos benefícios ao adotar a metodologia do People Analytics.

Mas como surgiu essa metodologia? Abaixo explicaremos um pouco mais, boa leitura!

Como surgiu o People Analytics?

Antigamente, todas as informações sobre os colaboradores, currículos e dados eram mantidos em papel, deixando o trabalho do RH e do gestor bem mais difícil e moroso. Por essas informações serem encontradas somente em papéis e fichas, muitas vezes se perdiam nas pilhas que se acumulavam. 

Com a chegada e implementação da tecnologia nas empresas, dados começaram a chegar de forma mais rápida e organizada. Mas mesmo assim, analisar e relacionar esses dados demanda um grande conhecimento e para que isso ocorra de forma mais ágil, os profissionais de RH optam por ferramentas de apoio.

O People Analytics ajuda na análise das pessoas e os dados relacionados a elas, assim como o próprio nome diz. 

Porque adotar o People Analytics?

O People Analytics pode ser aplicada em diversas situações, sempre com o objetivo de aprimorar a coleta de dados e gerar melhoria na gestão, independente do tipo e tamanho do negócio.

Muitas vantagens como, o aumento de engajamento dos profissionais com a empresa, dados mais precisos, motivação das equipes, treinamentos mais eficazes são obtidos ao implementar o People Analytics na organização.

O papel do RH, em um mundo tomado por tecnologia, é procurar novas soluções para que a empresa passe por mudanças positivas e que tragam resultados benéficos para todos, seja para a redução de gastos como para o desenvolvimento dos colaboradores. Ou seja, atuar e tomar decisões baseadas na intuição já não é mais uma opção. 

Quais as vantagens de adotar a metodologia?

Ao iniciar uma trajetória na qual se utiliza do People Analytics para ter uma análise dos dados comportamentais de seus colaboradores em mãos, projetos e planos aumentaram seus resultados e conseguiram comprovar, por meio de dados, a vantagem de terem sido implementados. 

Existem diversas outras vantagens, podemos citar, por exemplo, a capacidade de atrair candidatos que tem o perfil comportamental compatível com o cargo e com a cultura organizacional.

Ou seja, o RH consegue identificar, por meio do mapeamento comportamental, se os candidatos têm as competências necessárias para o cargo para o qual está contratando.

Com dados comportamentais e técnicos em mãos, o RH conseguirá reduzir os custos com contratações erradas. Além disso, contratando o perfil certo para a vaga certa, o turnover reduzirá.   

É possível também identificar mudanças nos indicadores situacionais que mostram como o colaborador está se sentindo no momento atual. Sendo assim, os gestores podem acompanhar motivos de baixa produtividade, necessidade de desenvolvimento, engajamento e motivação. 

Lembrando que, ao gerir o capital humano de uma empresa, é preciso acompanhar de perto o bem-estar dos funcionários da empresa, para que produzam e se sintam bem diante das demandas que a empresa cobra deles. 

Como aplicar na minha empresa?

Após compreender as vantagens do People Analytics e por que adotá-lo, é preciso seguir um passo a passo para iniciar o processo de implementação. Abaixo daremos algumas dicas de como iniciar esse processo: 

  1. Antes de tudo, é preciso recolher dados completos sobre a empresa, ou seja, métricas e indicadores que são importantes;
  2. Entenda o que precisa ser modificado ou aprimorado, ou seja, aqueles projetos que precisam de maior atenção. A partir disso, faça um acompanhamento para monitorar os resultados. Tenha atenção na hora de selecionar quais serão monitorados, separe aqueles que são de maior prioridade;
  3. É necessário saber, quando definir quais serão monitorados, quais dados serão recolhidos e analisados. Sem o conhecimento do que deverá ser coletado, não será possível obter resultados. Reuna líderes e colaboradores que possam auxiliar o RH a definir quais dados devem ser analisados;
  4. O trabalho de analisar os resultados obtidos pode ser bem complexo, principalmente quando é a primeira vez do RH utilizando a metodologia do People Analytics. Por isso, muitas empresas optam por adquirir sistemas que possam auxiliar o RH nesses processos. Sendo assim, é interessante pesquisar no mercado, sistemas disponíveis que possam automatizar os processos. Não se esqueça de fazer uma pesquisa bem aprofundada sobre os prós e contras, custos e benefícios; 
  5. Repasse o planejamento a sua diretoria e comunique aos funcionários e gestores sobre a implementação do projeto. Realizar uma boa gestão envolve também ter uma boa comunicação interna, ou seja, envolver os colaboradores em grande parte das mudanças e planejamentos da empresa; 
  6. Lembrando que antes de repassar a informação do novo projeto, é necessário criar um planejamento/cronograma. Por ser uma mudança que envolverá toda a empresa, é preciso ir devagar, ou seja, começar pelo básico para que a adaptação de todos seja melhor. Será possível realizar testes e analisar os pontos positivos e os que podem ser melhorados; 
  7. Por último, monitore e faça a análise de resultados. Em hipótese alguma esqueça de acompanhar o progresso do projeto. Identifique os pontos que deram certo e quais podem ser aprimorados. Assim, o RH poderá ver como a adoção do people analytics, auxiliou na coleta de dados precisos para a tomada de decisões estratégicas para a gestão de pessoas da empresa. 

Agora que você sabe o que é people analytics, seus benefícios e como aplicar dentro da sua empresa, você pode dar o próximo passo, comece agora a planejar a implementação dessa metodologia e transforme a gestão de pessoas da sua empresa.

Desenvolva colaboradores, contrate a pessoa certa para a vaga certa, reduza o turnover e muito mais. 

Pesquise e aprimore seu conhecimento com mais conteúdos. Entenda agora como funciona na prática do RH o People Analytics e os algoritmos que o envolvem. 

Este conteúdo foi desenvolvido originalmente por Renata Araújo, analista de marketing da Sólides, empresa que oferece plataforma completa de Gestão de Talentos com People Analytics e Gestão Comportamental. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *