Dicas essenciais para montar um escritório gastando pouco

Ter o seu próprio escritório é um investimento muito interessante, principalmente para quem usa esse espaço como ambiente de trabalho.

Até quando essa área tem como foco um lugar para estudo ou serve como um refúgio para leitura, é preciso investir em conforto e qualidade.

Nessas horas, pode vir aquele pensamento de quanto será preciso gastar para conseguir conciliar tais características em um ambiente que seja ideal para você. Contudo, é, sim, possível ter um escritório gastando bem menos do que você imagina.

Optar pelo reaproveitamento de móveis antigos ou ainda comprar alguns deles em bazares são algumas das possibilidades que vão te ajudar nessa jornada em busca da economia. 

Objetivo do espaço

O primeiro fator no qual você deve pensar é o objetivo deste escritório. Se ele for um espaço de leitura, por exemplo, será preciso investir em uma estante para colocar os livros. Se o projeto é um local para você receber clientes, precisará de mais de uma cadeira disponível.

Esses detalhes precisam ser pensados previamente até para que você não tome sustos com gastos inesperados. Faça uma relação de todas as mobílias necessárias, como cadeiras, mesas, sofá, lâmpadas, luminária, estante, escrivaninha, etc, para só então ir às compras.

Formas de economizar

Feito isso, o próximo passo será adquirir os objetos necessários para deixar seu escritório do jeito que você deseja e necessita. A seguir, você vai encontrar algumas das possibilidades de gastar menos para montar seu cômodo.

Bazar e Topa-Tudo

Quem já comprou móveis usados sabe bem que, em bazares e nos chamados topa-tudo, você consegue encontrar objetos de segunda mão por um preço mais acessível do que se comprado nas lojas.

Faça uma vistoria cuidadosa para não levar móveis com muitos defeitos ou em estado muito ruim para casa. Em alguns casos, dá para melhorar o objeto com algum tipo de restauração, mas nem sempre isso é possível ou dá certo.

Por isso, é sempre bom pesquisar bastante em todos os possíveis lugares e fazer comparações de preço. Pechinchar também é superválido, ainda mais se você for comprar mais de uma mobília.

Restauração de móveis usados

Essa dica já foi dada anteriormente, mas também pode servir com o mobiliário que você já tem dentro de casa. Uma escrivaninha antiga pode ganhar uma repaginada com um pouco de tinta, e uma poltrona velha fica novinha quando ganha um estofamento recente.

Essa parte vai depender mais do que você pode reaproveitar e da sua criatividade em modificar esses objetos que você já possui ou deixar esse trabalho a cargo de um restaurador profissional. Em alguns casos, a restauração sai até mais em conta do que comprar um móvel novo.

Iluminação natural

Um espaço claro e arejado é sempre bem-vindo, mas já pensou que ele pode te ajudar a economizar? Em ambientes bem iluminados, que recebem a luz da manhã, principalmente, não é preciso de muita lâmpada acesa e muito menos de luminárias.

Por isso, deixe a mesa mais próxima à janela, caso tenha uma no ambiente, e mais próxima da claridade do Sol para diminuir os gastos com energia.

Decoração minimalista

Aqui, menos é mais. Isso significa ter o mínimo de itens na sua mesa — até porque você precisa de espaço e não de possíveis distrações — e gastar menos com objetos de decoração que não são urgentes, mas que podem, inclusive, ser acrescentados ao escritório aos poucos.

Prateleiras

Outra forma de economizar espaço e dinheiro é colocando prateleiras nas paredes. Isso faz com que você consiga se organizar melhor e, de quebra, deixar o escritório com uma cara mais sua. Quem tem coleção de livros, CDs ou porta-retratos, por exemplo, vai adorar.

Caixas organizadoras

Para quem tem muito papel arquivado e nem sempre pode descartá-los, uma opção bacana é o uso de caixas organizadoras. Dessa forma, você consegue deixar tudo arquivado de um modo bem mais arrumado.

Texto: Gear Seo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *