Imposto de Renda

Tire suas dúvidas para consultar o IR

Consultar o Imposto de Renda é uma tarefa e necessária, mas que muitas vezes é esquecida pelo contribuinte

O Imposto de Renda é uma tributação anual cobrada em todo Brasil, e, mesmo sendo comum na rotina dos brasileiros, ainda existem muitas dúvidas sobre quem precisa declarar, quais são os documentos e como consultar IR após todo o seu envio.

Esse é um imposto cobrado proporcionalmente aos ganhos anuais e patrimônio acumulado de pessoa física e jurídica, sendo obrigatório para diversos grupos e, mais do que enviar documentos, é importante consultar a sua declaração. 

Você sabe como fazer essa consulta? Saiba mais agora mesmo!

Por que consultar o IR?

A cada ano, diversos são os documentos e comprovações enviadas para a Receita Federal, que são conferidas para serem aceitas ou não. 

Nem sempre as informações são aceitas na primeira vez e podem ocorrer inconsistências que são capazes de levar o indivíduo para a tão temida malha fina.

Para evitar erros, perdas de datas e problemas com a Receita, é importante acompanhar e consultar a sua declaração, pois somente assim poderá ser possível descobrir erros, afinal, a Receita não vai te mandar um e-mail para relembrar de conferir seus dados!

Mais do que isso, somente ao conferir o andamento da declaração é possível imprimir a guia de pagamento, conferir parcelas em atraso e ver a situação da declaração de forma geral.

Como consultar o IR?

Consultar o IR é muito mais simples do que muitos imaginam e depois de reunir documentos e comprovações, certamente esse é um passo muito mais tranquilo do que o anterior.

É fundamental lembrar que, ainda que não tenha sido você a fazer a sua declaração e tenha sido por contadores, especialistas ou até mesmo amigos, é importante fazer sua consulta própria.

Para fazer a consulta do IR, é preciso que o contribuinte esteja cadastrado no e-CAC, o Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte, para ter um código de acesso. 

Portanto, esse é o primeiro passo para a consulta: crie o seu código ou atualize caso ele já tenha expirado ou você não se lembre dos dados.

Para criar esse código, é preciso inserir os números dos recibos de entrega das declarações do Imposto de Renda Pessoa Física apresentadas nos dois últimos exercícios, ou seja, é preciso ter esse documento em mãos.

Com o código de acesso, basta acessar o do Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte, e por lá será possível acessar o extrato e fazer a consulta da declaração do IR.

O significado de cada status

Para consultar o IR é preciso saber o que ele significa, e diferentes são os status que podem conter em seu extrato. São eles:

  • Em processamento: a Receita Federal já recebeu a declaração e ela está em análise. Caso exista pendência, o contribuinte será informado posteriormente e é preciso seguir acompanhando periodicamente;
  • Em fila de restituição: aqui o contribuinte tem direito à restituição, mas ela ainda não foi liberada. Por isso, fique de olho na liberação dos próximos lotes para receber o pagamento;
  • Processada: a declaração foi concluída pela Receita Federal e está correta no sistema;
  • Com pendências: esse status quer dizer que ficaram faltando informações ou documentos no envio, e é preciso verificar quais são elas para enviar e não correr riscos de perder datas;
  • Em análise: após o envio das pendências, a declaração de IR é processada e passa por novas análises e esse é o status dessa situação;
  • Retificada: esse caso ocorre quando o envio original foi substituído por declaração retificadora apresentada pelo contribuinte;
  • Cancelada: seja por solicitação do próprio contribuinte, seja pela Receita, a declaração foi cancelada e perde, assim, seu efeito legal do ano em questão;
  • Tratamento manual: em alguns casos, a declaração pode ter análises mais longas e criteriosas, e a Receita notificará o contribuinte mediante correspondência.

Você tem o costume de consultar seu IR e entender como está a sua declaração a cada ano? Aproveite que sabe mais sobre o tema, fique de olho na declaração de 2022 e não deixe passar datas e obrigações fiscais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *