7 passos para montar uma agência de viagens online

O mercado de turismo, a partir das agências de viagens online, é sem dúvidas uma das principais fontes de renda dos brasileiros. Apesar de ter sido duramente afetado pela crise do novo Coronavírus, ainda é um mercado com bastante potencial e em processo permanente de crescimento. 

O Banco Central realizou um levantamento, que identificou que brasileiros gastaram S$ 18,263 bilhões em viagens ao exterior no ano de 2018. 

Se você está interessado em empreender neste ramo, confira 10 dicas importantes que todo empresário precisa saber antes de abrir uma agência de viagens. 

1º – Estude o mercado

Um estudo de mercado não precisa ser sofisticado ou demasiadamente complexo. Ele pode ser feito pelo próprio empresário que deseja abrir a sua agência.

O estudo de mercado permite que o empreendedor gere conhecimento, identifique oportunidades e reduza o risco ao tomar a decisão de empreender em um novo ramo.

2 – entenda o que é uma agência de viagens

As atividades realizadas por uma Agência de Viagens e Turismo consistem principalmente na prestação de serviços de apoio turístico, além de ofertar produtos como passagens aéreas e reserva de hotéis. 

Resumindo, ocorre da seguinte maneira:

1) O cliente pesquisa na internet os valores de passagens, hotéis e outros gastos que ele vai ter na viagem, inclusive os valores praticados pela agência. Assim, quando ele se direciona fisicamente para a agência, ele já sabe o que quer, bem como os valores praticados no mercado.

2) O agente de viagens avalia a necessidade do cliente, ajudando-o a filtrar informações da internet e tomar a melhor decisão.

3) O agente de viagens faz cotações em seus sistemas e formaliza um orçamento para o cliente.

5) Quando o cliente fecha o contrato, a agência continua dando toda assistência, inclusive no embarque do aeroporto.

3º – Se sua agência não for online, escolha bem onde ela será instalada

A partir da pesquisa de mercado, é possível pensar em configurações distintas de estrutura e localização.

Se o empreendedor optar em montar a agência fora do centro do município, é preciso observar a facilidade de acesso ao local da futura agência.

Mas observe que nem todas as agências possuem uma instalação física. Boa parte delas vendem apenas pela internet, também conhecidas como Agência de Viagens Online (Online Travel Agency – OTA). 

4º – Crie um bom site

As agências online são uma tendência. Estudos estimam que um em cada três usuários da internet visita sites de viagem, e essa tendência tem crescido ainda mais por conta da pandemia.

A vantagem desse modelo é que ele requer um baixo investimento pois pode ser estruturado na casa do empreendedor.

Além disso, se a agência criar um bom site para vender seus produtos, ela poderá processar pedidos 24 horas por dia, 7 dias por semana.

Entretanto, se você está localizado em uma cidade turística, pense seriamente em abrir também uma loja física bem localizada, além de ter um bom site, é claro.

Existem diversos plataformas para quem deseja abrir uma Agência Online. 

Um deles é o desenvolvido pela MOBLIX. Trata-se de um sistema white-label, moderno e de baixo custo, que a venda de diversos produtos, como passagens aéreas, hotéis e passagens rodoviárias.

5º – Formalize sua empresa

Para formalizar sua empresa e obter o CNPJ, é necessário seguir algumas etapas::

1) Consulta Comercial: o primeiro passo antes de abrir sua empresa deve ser a realização uma consulta prévia na prefeitura ou administração da sua cidade. A consulta é importante, pois permite identificar se o local escolhido para a abertura da agência de turismo é permitido para esse tipo de atividade.

2) Verifique se já existe alguma empresa registrada na junta comercial com o nome ou marca que você pretende utilizar para registrar sua empresa..

3) Registre o contrato social: antes dessa etapa, você pode fazer uma pesquisa utilizando o CPF dos seus sócios ou empresários no site da Receita Federal.

4) Solicite o CNPJ e a  Inscrição Estadual.

5) Faça o Cadastur: esse cadastro no programa do Ministério do Turismo, além de obrigatório, garante diversas vantagens e oportunidades de negócios aos seus cadastrados e é também uma importante fonte de consulta para o turista. 

6º Passo: escolha uma boa plataforma

Um dos passos mais decisivos para qualquer agências de viagens é a escolha de um bom sistema e de um bom site para vender os seus produtos.

A agência precisa ter um sistema integrado de gestão empresarial, que automatize sua gestão operacional, administrativa e financeira. 

Isso ocorre porque normalmente as agências de viagens atuam como “intermediária” de negócios. Desse modo, sua remuneração se dá basicamente pelo pagamento de comissão pelas diversas empresas, como as cias aéreas, hotéis, operadoras de turismo, dentre outras. 

Embora seja uma etapa fundamental, ela pode ser também um desafio. Isso porque se a agência optar por desenvolver um sistema próprio, ela terá que enfrentar um grande desafio e um alto custo.

Entretanto, existem  disponíveis no mercado diversas plataformas que atendem essa necessidade de emissão nas agências de viagens e turismo. 

Uma das mais conhecidas é a plataforma MOBLIX, que permite a venda de vários produtos pela internet, inclusive passagens aéreas emitidas com milhas (pontos do programa de fidelidade).

7º – Tenha vários canais de venda

Uma Agência de Viagens e Turismo deve utilizar a maior quantidade possível de canais para que seus produtos cheguem até o cliente. 

Já falamos aqui sobre a possibilidade de se ter uma loja física e uma loja virtual, com uma boa plataforma para vender os produtos.

Se a agência optar pelas duas opções, um conceito que ela precisa entender é o de omnichannel, que se baseia na convergência de todos os canais utilizados por uma empresa, tanto físico como virtual. 

Quando se fala em omnichannel, é fundamental que a agência de viagens tenha um aplicativo para celular. 

Nesse sentido, a  plataforma MOBLIX pode ser de ajuda, já que ela disponibiliza aplicativo mobile para iOS e Android.

Conclusão 

Trabalhar com turismo é algo fascinante.

É ter a oportunidade de ajudar pessoas a viverem momentos únicos em suas vidas. Por isso, é fundamental que a agência de viagens saiba não só vender produtos, mas principalmente oferecer experiências. Essa é a grande chave para atrair clientes e divulgar da melhor maneira sua empresa.

As vendas online são uma tendência. Os clientes usam a internet para pessoalmente pesquisarem sobre passeios, passagens e hospedagem. Isso faz com que eles tenham acesso a preços baixos e outras facilidades para programar sua viagem. 

Mesmo assim, muitas pessoas não possuem tempo ou até mesmo habilidade para pesquisas de viagens na internet. Isso faz com que as agências de viagens tenham um papel fundamental. 

Já que a maioria das pessoas faz compras pela internet, vale a pena ter um investimento de qualidade nesse canal, tendo um bom site e uma plataforma.

Para isso, temos algumas dicas:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *