Marketing digital: o salvador dos negócios após a pandemia?

Todo momento de crise é uma oportunidade para se repensar o caminho que estamos seguindo. E com a pandemia da Covid-19 não foi muito diferente.

Nós, enquanto humanidade, passamos por um momento bastante delicado em que tivemos – e ainda estamos tendo – que repensar toda a nossa vida e, principalmente, nossas relações. Repetitivo falar que nossas relações de consumo também foram repensadas.

De uma hora para outra, empresas e consumidores, todos nós tivemos que nos adaptar. A internet foi o principal canal que encontramos para continuar fazendo a roda girar. 

É bem verdade afirmar que muitas mudanças que aconteceriam em um outro ritmo chegasse mais rápido, e não era para menos. 

As conjunturas exigiram e quem não se adequasse o mais rápido possível, corria o sério risco de desaparecer.

Observamos muita coisa mudar. Vimos o que daria certo e o que não, vimos as adaptações, os caminhos possíveis e, principalmente, a reação do consumidor. 

Não houve tempo para testes, mas durante o processo foi possível perceber os novos comportamentos dos compradores, assim como suas dúvidas e anseios e tirar boas lições disso. 

Mas como será o depois? Como se darão as atividades comerciais no “no novo normal?”

Apesar de ainda estarmos vivendo em meio à pandemia, já conseguimos, pelo menos, pensar em como será o futuro. Muito se fala no “novo normal”, mas ainda não é possível dizer com clareza do que se trata. 

Por outro lado, de tudo isso, pelo menos de uma coisa temos certeza: não se menosprezará mais o poder da internet e, como consequência, o poder do Marketing Digital.

Sim! Porque se a internet é o novo campo de atuação, o Marketing Digital é o que vai fazer os negócios se sobressaírem ou não, se sustentarem ou não, e até mesmo decidir quem vai continuar em jogo ou não.

Por isso, mais do que nunca, ele precisa ser levado a sério, ser feito por quem entende e ser encarado como um investimento e não um custo.

Quando dizemos que deve ser levado a sério é justamente porque muitas empresas escolhem pelo mais barato, mas mal sabem que ele pode sair caro. É a sua empresa que estará em jogo, a presença dela na internet deve ser administrada por quem entende.

Prefira sempre profissionais qualificados ou uma agência de marketing, que saberá quais caminhos tomar para que você de fato tenha retorno no investimento.

A partir desse momento, o valor investido no marketing digital tem que deixar de ser visto como um custo e passar a ser encarado como um investimento que é o que de fato ele é e sempre foi. Mas agora, ainda mais! 

Para saber se o investimento está valendo a pena, é necessário ficar de olho nas métricas estipuladas para seu negócio e observar o ROI (Retorno Sobre o Investimento). 

Em outras palavras, é ver, em números, se o valor investido está realmente retornando em lucro para sua empresa. De nada adianta investir cegamente e não saber se está valendo a pena.

Em caso do retorno não estar de acordo com o que foi investido, o melhor a se fazer é avaliar bem as estratégias e mudá-las.

O lado bom do marketing digital é que ele é versátil. Possui muitos caminhos, muitas possibilidades de atuação, então se o resultado não está aparecendo, é hora de readaptar.

Como tudo ainda é muito recente e novo para a maioria das empresas, é normal que a maioria necessite de um tempo de adaptação, até mesmo para entender o que dá ou não certo. 

O que não pode acontecer é falhar com o monitoramento, dessa forma, é mais fácil reagir quando as coisas não estiverem indo bem.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Mais Empresas, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *