Indicadores de desempenho empresariais: 10 métricas fundamentais para incorporar à sua gestão

Indicadores de desempenho empresariais, você usa em seu dia a dia de trabalho? Acompanhar o desempenho das suas estratégias de negócio é algo fundamental para assegurar o sucesso da sua empresa.

Com o uso de determinadas métricas, fica mais fácil identificar problemas e propor soluções mais eficazes para potencializar a performance do seu modelo de negócio.

Trouxemos neste artigo 10 indicadores de desempenho empresariais que você não pode deixar de implementar na sua gestão:

  1. Índice de produtividade;
  2. Faturamento;
  3. Retorno sobre Investimento (ROI);
  4. Giro de estoque;
  5. Taxa de turnover;
  6. Market share;
  7. First Contact Resolution;
  8. Customer Effort Score;
  9. Net Promoter Score (NPS);
  10. Lifetime Value.

 

Ao longo da leitura, você vai descobrir como calcular cada métrica e entender porque é importante monitorá-las e gerir cada uma delas, de forma a ter total conhecimento do desempenho do seu negócio.

Aliás, você sabe como fazer a gestão de indicadores? Então, sugerimos que dê uma olhada neste vídeo e rememore essa prática: https://www.youtube.com/watch?v=gHoBM8uGIlc 

10 indicadores de desempenho empresariais que você precisa acompanhar

Os indicadores de desempenho empresariais são ferramentas que fornecem dados concretos sobre o resultado dos esforços da empresa para alcançar metas e objetivos previamente estabelecidos.

Por meio dos indicadores, promove-se uma gestão mais qualificada e não baseada em meros “achismos”. Confira abaixo 10 métricas indispensáveis para a sua gestão empresarial.

1 – Índice de produtividade

Produzir muito não significa, necessariamente, ser produtivo. Na verdade, o indicador de produtividade empresarial mostra a relação entre o que a empresa é capaz de produzir e os recursos utilizados para isso.

 

Assim, uma empresa que produz 10 peças por hora, por exemplo, é mais produtiva do que aquela que produz a mesma quantidade de peças com o dobro de tempo.

2 – Faturamento

O faturamento é a soma de toda a receita que a empresa conseguiu gerar durante um período específico.

Este indicador financeiro pode ser simples de ser achado, no entanto, é fundamental conhecê-lo, pois pode ser usado para a comparação do faturamento de sua empresa com outras concorrentes do mesmo ramo ou entre unidades de negócio.

Veja mais alguns indicadores financeiros: https://www.youtube.com/watch?v=zaWrC2L4D1Q 

3 – Retorno sobre Investimento (ROI)

O ROI é um indicador financeiro que mostra a capacidade da empresa em recuperar o dinheiro investido em algum projeto ou na concepção do próprio modelo de negócio. A fórmula mais usada para o ROI é a seguinte:

(Ganho obtido – Investimento) / Investimento

Assim, se você investiu R$ 100.000 em um projeto e teve um retorno de R$ 120.000, teríamos:

(120 – 100) / 100

20/100 = 0,20, isto é, 20%

4 – Giro de estoque

O giro de estoque se refere ao tempo médio que determinado produto leva para “girar” no estoque. Com esse indicador, tem-se mais controle sobre as mercadorias de maior e menor saída.

5 – Taxa de turnover

Esse é um importante indicador de recursos humanos e aponta a rotatividade de funcionários. O cálculo da taxa de turnover é feito com a seguinte fórmula:

Turnover = ([admissões mensais + desligamentos mensais] ÷ 2) ÷ total de funcionários.

6 – Market share

O market share é um importante indicador de competitividade. Ele quantifica a parcela do mercado que a empresa detém. Para calcular, basta dividir o total de vendas da sua empresa pelo total de vendas do mercado durante um mesmo período.

7 – First Contact Resolution

Esse é um indicador de atendimento e aponta quantos chamados sua empresa conseguiu solucionar logo no primeiro contato. O cálculo é feito dividindo o total de solicitações resolvidas de primeira pelo total de solicitações recebidas.

8 – Customer Effort Score

Também é importante monitorar o nível de esforço que os clientes precisam fazer para terem suas solicitações atendidas pelo suporte da empresa. Este é outro importante modelo de indicador de satisfação do cliente.

O cálculo do índice de Customer Effort Score (CES) é feito a partir de uma pesquisa em que o cliente avalia, de 1 a 5, o nível de esforço que ele precisou fazer para ser atendido.

9 – Net Promoter Score (NPS)

Um dos indicadores de desempenho empresariais mais utilizados, o NPS mede o nível de satisfação dos seus clientes. Primeiro, você deve fazer uma pesquisa solicitando que os seus clientes respondam o seguinte questionamento:

De 0 a 10, o quão propenso você está a indicar nossos produtos e serviços para um amigo ou familiar?

De acordo com as notas obtidas, você deverá separar os respondentes da seguinte forma:

  • Detratores: notas de 0 a 6;
  • Neutros: notas 7 e 8;
  • Promotores: notas 9 e 10.

 

Calcule a porcentagem de Promotores e Detratores, subtraia o percentual de Detratores do de Promotores e pronto. O ideal é que o resultado esteja sempre acima de 60%.

10 – Lifetime Value

O lifetime value mensura o valor do ciclo de vida do cliente. Esse indicador mostra, em média, quanto de dinheiro cada cliente gera durante todo o tempo em que ele mantém um relacionamento ativo com a empresa.

LTV = ticket médio x frequência de compras x tempo média de relacionamento.

Veja mais alguns exemplo de indicadores de desempenho (KPIs) que você pode usar em seu negócio: https://www.youtube.com/watch?v=P2y0lkR-cRA&t 

Esses são os 10 principais indicadores de desempenho empresariais para você usar na sua empresa. Incorpore essas métricas à sua gestão e tenha maior controle sobre a performance do seu modelo de negócio.

 

Este post foi escrito pela equipe da Siteware, uma empresa que une pessoas, operação e estratégia em um único software de gestão empresarial, para que as empresas melhorem seus resultados, sua comunicação e sua governança.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *