Como criar uma apresentação de Startup em 10 slides

Se você está se perguntando como fazer uma apresentação corporativa de alto impacto saiba que você não está sozinho. Este é o maior desafio de qualquer profissional ou empreendedor na hora de apresentar a empresa, seja para clientes ou investidores. 

Caso você não tenha um orçamento de vídeo explicativo animado para aplicar, que é a melhor opção criativa para apresentar sua empresa, a sugestão é que faça sua apresentação de forma tradicional, mas faça. Em PDF ou Power Point, tanto faz. Apenas não deixe de fazer. 

Por isso, no post de hoje, vamos dar um guia para você seguir na hora de criar os slides e apresentar sua empresa. O que os slides precisam falar. 

Lembrando que é super importante uma comunicação clara e objetiva, por isso, o recomendado é que não passe de 12 slides para não confundir seu público e dar informações desnecessárias. 

Bora lá? 

Slide 1: O slide de título

Não precisa de muita explicação – é sua página introdutória que deve incluir o nome da sua empresa, qualquer slogan que você possa ter e também um logotipo (se estiver pronto). 

Você pode usar de maneira minimalista com fundo neutro ou uma imagem de fundo relacionada a proposta com uma opacidade baixa, em ambos os casos trata-se de boas opções. Apenas não polua o primeiro slide, ou você pode perder todo o resto da atenção do público. 

Não é a primeira impressão que fica? Então. É preciso bater o olho e lembrar da marca, veja um exemplo desta agência de marketing médico

Slide 2: A dor e o problema que sua empresa está disposta a resolver

Dedique seu segundo slide para mergulhar no ponto problemático que sua empresa resolve. Você pode usar fatos para tornar as coisas convincentes. Mas, não há nada que supere uma boa história. 

Além disso, certifique-se de deixar seu design falar. Por exemplo, um neurocirurgião no RJ não tem que falar sobre quem ele é primeiro, e sim o que ele resolve. Assim, a leitura do agente receptor fica clara. 

Slide 3: De fato, a solução da sua empresa ou startup 

Agora que você apresentou o problema, dê a solução. Esta é a parte em que sua história chega ao final feliz. E qual é o final feliz? Sua ideia de negócio.  

Novamente, certifique-se de que seu slide de oferta de solução não seja confuso. Foque no principal problema e não dê margem a problemas secundários. 

Slide 4: Seu plano de preços

Ok, então os investidores sabem que você tem uma ótima ideia que apresentou em um formato de história ainda maior. Eles estão impressionados. Qual é o próximo? Sua estrutura de preços. 

Continue e diga quem são seus clientes, quais serão suas fontes de receita e quanto você espera que os clientes paguem por seu produto/serviço? 

Mas, em vez de escrever tudo, apresente seus planos de preços em um gráfico simples de entender (nada de gráficos que não dá pra ler hein, seja claro). 

Slide 5: Informações de operações comerciais

Agora é a hora de dar ao seu público uma visão interna das porcas e parafusos operacionais do seu negócio. 

Onde ficará a sede da sua empresa? Como será a equipe e a operação? Qual equipamento você precisa? Responda a tudo isso neste slide. 

Apenas certifique-se de oferecer todas essas informações em um gráfico ou diagrama.

Não há nada de errado em ter uma operação online, ou mesmo pedir auxílio aos investidores, por exemplo. Apenas seja honesto em toda a operação que imagina. 

Slide 6: Seu plano de marketing

Em seguida, diga ao seu público como você planeja comercializar seu negócio. 

Não, “TV e anúncios” não é a resposta certa. Em vez disso, compartilhe seu plano de marketing, incluindo os canais que usará e como planeja fazê-lo. 

Mais uma vez seja claro e não traga excesso de informações. Seja detalhista, sim! Mas naquilo que você sabe sobre a operação. Você pode muito bem, inclusive, dizer que a operação contará com uma agência de marketing para startups, por exemplo. 

Slide 7: Visão geral do mercado e da concorrência 

Quem ou o que te ameaça? Não fuja desta pergunta, pois os investidores querem saber com clareza. Análise a concorrência, mas não a detone, pois você não conhece os bastidores dos seus concorrentes. 

Difamar ou falar mal dos concorrentes é o início do fim para quem investe. Qual o seu valor perante eles faz diferença a seu favor e explique o que torna o seu negócio vencedor. 

Compartilhe essas informações em um gráfico de comparação ou descreva os principais indicadores usando marcadores. 

Slide 8: Projeções Financeiras

É hora de tirar a bola de cristal que mostra o futuro!

Responda o seguinte neste slide: quais projeções financeiras você tem para os próximos 3 e 5 anos? Em seguida, explique como você atingiu os números primários ou a ideia de como vai conseguir. 

Não tente iludir um investidor com estas informações, pois eles fazem contas em segundos e podem te destruir com simples perguntas e respostas. 

Slide 9: Sua equipe

Neste jogo, quais os principais jogadores que o ajudarão a construir seu negócio. Que tipo de pessoa, profissional e perfil você precisa para fazer isso dar certo. Quanto vale cada uma destas pessoas. 

Não seja incoerente a ponto de dizer que vai faturar muito e que, para pagar, precisa de profissionais baratos e perfis vazios. Valorize sua equipe em todos os sentidos e não tente economizar. 

Slide 10: Slide de conclusão

Este é seu último slide. É melhor encerrar sua apresentação com seus dados de contato e um senso de urgência. Mas por que a urgência? Porque você quer dizer ao seu público que agora é o momento certo para sua empresa entrar no mercado. 

Conclusão: 

Tenha mensagens claras e objetivas e siga por uma linha de raciocínio com a metodologia 10, 20, 30, para manter a atenção do seu público até o final. Não tente enganar nem iludir o investidor, que sabe mais do que você sobre os números e negociações. Enfatize sua ideia, sua equipe, seu plano sem falar mal do mercado ou de concorrentes. Boa sorte!   

Texto escrito pela equipe da KOP Animado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *