A importância de ter uma presença online em momentos de crise financeira

Quando um momento de crise financeira inicia, boa parte das empresas corre para fazer cortes de custo. 

Naturalmente, um dos primeiros setores a sofrer diminuições drásticas é a comunicação. 

Afinal, quem precisa fazer marketing quando ninguém está comprando? É aí que se enganam! A presença online e o marketing são essenciais nesse momento. 

Quer entender exatamente o motivo para continuar investindo em presença digital mesmo durante crises? 

Separamos as principais vantagens de trabalhar sua comunicação online nesse período ao longo deste artigo. Continue lendo!

Por que empresas precisam de presença online na crise?

Talvez, cortar sua comunicação digital seja uma das decisões que agravarão a crise para uma empresa. 

Estar na internet é essencial para qualquer negócio que deseja crescer e isso não deve mudar tão cedo. 

Por isso, separamos os cinco principais motivos para ter uma presença online em momentos de crise. Confira: 

1. Diminui o impacto nas vendas

Durante crises financeiras o mercado perde seu equilíbrio. Como resultado, quase todas as áreas são afetadas e o público fica receoso na hora da compra. 

Sem saber como tudo estará amanhã, a maior parte escolhe parar de comprar itens não essenciais. 

Contudo, uma boa presença online tem o potencial de diminuir esse impacto nas vendas.

Hoje em dia, a internet já faz parte da vida das pessoas e mesmo em momentos de crise elas não deixam de acessá-la. 

Pelo contrário, quando precisam diminuir os gastos e param de ir em restaurantes, cinemas e outros eventos de lazer com frequência surge uma nova atividade: entretenimento online.

Filmes, séries, notícias, receitas, tudo pode ser encontrado na internet. O Brasil já está em segundo lugar no ranking de países que estão mais conectados e isso ajuda muito sua empresa. 

Ao anunciar produtos e serviços usando esses meios você consegue atingir seu público mesmo que ele não saia de casa.

2. Mantém a reputação da marca

Algumas empresas simplesmente desaparecem durante crises financeiras. Outras cometem erros cruciais ao apoiar representantes e influenciadores com opiniões polêmicas e que podem afastar o público.

Continuar trabalhando para construir sua presença online é ainda mais importante nesse período.

Comunicar-se durante uma crise é algo bastante delicado. Qualquer erro pode gerar revolta de seu público mais fiel e até boicotes. 

Em um escândalo recente, uma influenciadora que fez uma festa em período de pandemia foi alvo de críticas e boicotes por parte dos seguidores.

Marcas relacionadas a ela correram para suspender os contratos com medo de que tivessem impacto na reputação.

Nesses períodos é ainda mais importante mostrar o ponto de vista da marca e ser coerente na comunicação. 

Caso contrário, a reputação da empresa pode sofrer e diminuir sua influência sobre o público. 

Esses são os negócios que perderão mais consumidores quando a situação começar a se normalizar.

3. Aproxima a marca dos consumidores

São tempos difíceis para todos, tanto consumidores quanto empresas. Alguns já tomaram a decisão de cessar toda a comunicação.

Não querem divulgar promoções grandes para não parecer que estão “falindo”. Também não desejam manter o preço normal e desestimular a compra. 

Por outro lado, essas mesmas marcas tendem a considerar a presença online como um desperdício de tempo e dinheiro nesse momento. O que elas não imaginam é que isso gera uma quebra entre consumidor e negócio.

Já ouviu falar na frase “Quem não é visto não é lembrado”? Isso é ainda mais aplicável em momentos de crise! 

Consumidores veem empresas como formadoras de opinião e líderes. Quando elas tomam atitudes para aliviar a crise ou simplesmente para compreender o cliente, e mostram empatia, o relacionamento fica mais próximo. 

Algumas empresas até passam a mostrar sua vulnerabilidade nesses períodos. É como se mostrassem que são “gente como a gente”, explicando que também possuem dificuldades. 

Esse é o momento para trabalhar com ainda mais relacionamento com o cliente e marketing social de qualidade. 

4. Cria chances de se reinventar

Momentos de crise financeira irritam por mais um motivo: forçam todos a sair da zona de conforto. 

Um negócio que estava crescendo de maneira equilibrada nos últimos cinco anos talvez se veja estagnado ou até perdendo mercado, por exemplo. 

Mesmo que pensemos em esperar a crise passar para retomar as vendas, nada recupera o tempo perdido. 

A realidade é que não adianta esperar a crise passar. Precisamos encontrar chances de nos reinventar hoje mesmo. 

E qual é a melhor maneira (e mais econômica) de fazer isso? Por meio da presença online de uma marca.

Durante um momento de dificuldade é natural que as operações da empresa desacelerem. Isso cria mais tempo para planejar e alinhar a comunicação na tentativa de reconquistar o mercado. 

5. Ajuda a observar e reagir rapidamente ao mercado

Quem ainda não possui uma presença online forte, tende a ter dificuldades de acompanhar mudanças de mercado. 

Atualmente, tudo começa no digital e mais tarde migra para o físico. Mas algumas empresas que insistem em manter suas comunicações na década passada, não percebem as tendências até que elas se tornem normais.

Para estabelecer essa presença não basta fazer publicações! É preciso saber ouvir clientes, seguidores e avaliar concorrentes. Talvez uma mudança drástica esteja chegando e você nem saiba ainda.

Percebeu como trabalhar sua presença online em uma crise é importantíssimo? Ainda dá tempo de investir nisso e começar a aproveitar as oportunidades do momento! 

Marketing digital, publicações nas redes sociais e até comunicação por e-mail, tornam-se mais relevantes que nunca nesse período.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do Blog Site Bem Feito, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre Marketing Digital e outros.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *