8 dicas de marketing digital para atrair clientes para o seu e-commerce

Se sua empresa é uma loja on-line que vende produtos ou serviços, você pode estar interessado em conselhos úteis sobre como alcançar mais clientes usando as estratégias de comércio eletrônico.

Uma estratégia é um resumo de como sua loja planeja atingir seus objetivos e melhorar sua posição no mercado. Existem diferentes tipos, dependendo dos seus objetivos.

Nesse caso, focaremos em como alcançar mais clientes para o seu negócio.

Antes de tudo, verifique se sua loja on-line é acessível a partir de qualquer dispositivo (desktop, smartphones, etc) e legível, com design e informações claras.

Para isso, sua loja de comércio eletrônico precisa ter um design responsivo da web e um tema otimizado para dispositivos móveis, afinal, os clientes esperam sites compatíveis. 

Caso você ainda não tenha um site responsivo, os serviços da WebTrends podem ser ideias para a sua empresa.

As empresas com um site otimizado para celular farão mais vendas do que aquelas que não possuem um. As estatísticas de 2017 mostram que o uso de dispositivos móveis é igual ou superior ao uso de computadores.

Página inicial da loja da web, páginas de produtos e as categorias das mercadorias são os locais mais visitados em uma loja online. 

Como eles são projetados e como devem ser entendidos da melhor maneira possível? Essas perguntas podem ser respondidas pelas estratégias de design do UX .

O que mais pode ser feito para tornar sua loja online mais lucrativa?

A seguir, apresentamos 8 dicas de marketing digital para aumentar os lucros do seu estabelecimento online. Acompanhe a leitura!

1. Aumentar a usabilidade da pesquisa de comércio eletrônico

Sua plataforma de comércio eletrônico registra ou analisa o que os clientes estão procurando? Se o seu sistema de loja on-line é capaz de rastrear isso, você provavelmente está tendo um recurso eficaz de navegação e pesquisa.

Organize sua loja virtual para esses dois grupos principais de clientes em potencial: visitantes que sabem o que querem comprar e visitantes que desejam apenas navegar.

Os clientes que sabem exatamente o que estão procurando, pretendem encontrar as informações corretas o mais rápido possível. 

Projetar uma experiência de pesquisa de alto desempenho é um recurso importante para seus usuários, porque se eles não encontrarem o que estão procurando, eles o comprarão em outra loja.

A segunda categoria são os clientes em potencial que desejam apenas navegar na loja online e comparar itens. 

Eles usarão os menus de navegação e passarão para as categorias e páginas de produtos. Você deve organizá-las em seções intuitivas e fáceis de usar.

O seu site possui funções de pesquisa e navegação bem projetadas? Eles precisam ser orientados ao usuário para ser eficazes e ajudar a melhorar a experiência geral que os clientes estão tendo em sites de comércio eletrônico.

Para aumentar as conversões em uma loja de comércio eletrônico, você pode melhorar a usabilidade da pesquisa nos seguintes campos:

  • Design e comportamento do campo de pesquisa;
  • Seleção de escopo de pesquisa;
  • Como o preenchimento automático deve ser projetado;
  • Layout e recursos de resultados;
  • Filtrando e classificando os resultados da pesquisa nos resultados.

2. Personalize a página inicial

A personalização é uma técnica que registra o que os clientes visualizaram ou visitaram em sua última sessão em seu site, e faz novas sugestões de compra em cada visita seguinte, com base na experiência passada na loja.

Pode ser uma personalização com base no comportamento anterior, como compras anteriores, ou com base em dados em tempo real, como um local ou horário. 

A Amazon é pioneira na experiência de compra centrada no usuário, por exemplo.

A página inicial deles ajuda as pessoas a encontrarem facilmente o produto certo no bloco personalizado na primeira seção, quando você faz login na tag “relacionados aos itens visualizados”.

3. Foco em conteúdo consistente e exclusivo

Por quê? O marketing de conteúdo ainda é uma das estratégias de marketing mais eficazes que você pode aplicar hoje. 

O mundo da publicidade está mudando constantemente, os consumidores estão tentando evitar os anúncios de várias maneiras.

Com a estratégia de conteúdo implementada da maneira certa nos seus negócios de comércio eletrônico, você pode agregar mais valor aos seus clientes. 

Para fazer isso, você precisa entender primeiro seus clientes e como seu produto os ajudaria e resolveria seus problemas.

O principal é focar sua produção de conteúdo para a solução dos problemas dos visitantes e em qual valor você pode fornecer a eles. 

Não se esqueça de entender primeiro seu público-alvo, quais são seus interesses, seus dados demográficos etc.

Quando concluído, o próximo passo é fazer um plano para suas postagens. Publique artigos relevantes e valiosos com opções boas e fáceis de compartilhar. 

As melhores dicas para um bom conteúdo são incluir:

  • Listas: elas são mais legíveis a partir dos parágrafos;
  • Artigos: dicas de “como fazer” estão relacionadas aos problemas do leitor;
  • Publicações em tópicos: relevantes para algo moderno e popular;
  • Entre outros.

Faça testes com os artigos, avalie quão bem os diferentes tipos de conteúdo funcionam, o que gera mais tráfego para sua loja online e quais deles se converteram em vendas.

4. Otimize a funcionalidade do carrinho de compras

Para impedir que os clientes abandonem seus carrinhos de compras, verifique se a funcionalidade do carrinho de compras é perfeita e fácil de navegar. 

A maneira de entender os pontos fracos é fazer testes com frequência. Teste diferentes opções em uma página para reduzir o abandono do carrinho de compras. 

Durante o processo de otimização, você deve prestar atenção à receita e não nas conversões, pois esse é o principal objetivo comercial.

Limpe a página de checkout e remova as distrações e/ou possíveis locais para sair. Isso evitará qualquer confusão durante o processo de pagamento. 

Muitos estudos de conversão mostraram que, quanto menos cliques durante o checkout, maior será a sua taxa de conversão. 

5. Crie listas de e-mail

Se o seu negócio on-line não estiver usando o e-mail marketing como um canal de comunicação, você estará perdendo grandes vendas. 

Use formulários de inscrição, forneça algo em troca de um endereço de e-mail, como um código de desconto ou até um pequeno presente.

Certifique-se de conquistar a confiança do cliente e nunca enviar e-mails sem o consentimento do usuário, caso contrário, você corre o risco de acabar na pasta spam e ninguém quer arruinar sua marca assim.

Inclua campos de inscrição no final das postagens do seu blog ou nos guias de compra. Se os visitantes gostarem do conteúdo que você forneceu, ficarão felizes em manter contato e obter informações sobre notícias, descontos e promoções, e deixarão seus e-mails. 

Não se esqueça de incluir uma opção onde o cliente é capaz de entrar na sua lista como parte do processo de compra.

Uma lista de emails nunca pode estar “cheia” ou pronta, mas assim que seus primeiros clientes começarem a aceitar a newsletter, você poderá usar os emails deles para:

  • Promover produtos novos ou futuros;
  • Oferecer promoções ou descontos;
  • Enviar publicações de blog relevantes e úteis;
  • Solicitar feedbacks;
  • Criar campanhas especiais para boletins informativos e códigos de desconto.

6. Melhore sua estratégia de mídia social

A estratégia de mídia social que sua equipe de marketing prepara deve estar conectada à sua estratégia de conteúdo. 

A criação de conteúdo do seu site de comércio eletrônico deve ser publicada e compartilhada nas mídias sociais, pois isso garante um público maior e mais visibilidade.

Redes sociais visuais, como o Instagram e o Pinterest, geralmente são melhores para lojas online que vendem produtos. 

No entanto, não subestimam o Twitter e o Facebook, pois mais de 75% de todos os usuários da Internet também estão lá.

Não existe uma solução única, mas aqui está uma lista básica de diretrizes gerais que você pode verificar para ver se o conteúdo segue a fim de criar a melhor experiência para o cliente:

  • Publique diariamente e de forma consistente;
  • Use ferramentas que garantam que suas postagens estejam no caminho certo;
  • Sempre use imagens ao postar, mesmo no Twitter;
  • Não envie spam;
  • Não use mídias sociais apenas para promoções; 
  • Envolva-se com seus clientes;
  • Use análises para acompanhar o envolvimento do seu público.

Além do mais, é essencial testar várias estratégias de marketing de mídia social antes de escolher a correta para o seu negócio.

7. Crie páginas de destino

Com o desenvolvimento de páginas de destino personalizadas com uma copy exclusiva, sua loja on-line aumenta a chance de atrair mais clientes que desejam comprar seus produtos.

Crie páginas de destino específicas para os diferentes grupos do seu público-alvo. Descreva suas personas de comprador e use análises para determinar os segmentos demográficos gerais em que você está atendendo.

Como criar páginas de destino de alta conversão que geram vendas, inscrições ou assinaturas? A seguir, seguem algumas sugestões:

Uma página de destino deve ter apenas um único objetivo e apenas um botão CTA (chamada à ação). 

Isso não significa que você não pode ter vários botões, mas todos devem levar à mesma meta de conversão. As taxas de conversão diminuem se a atenção do comprador não estiver focada o suficiente;

Crie designs claros e fáceis de usar para todas as suas páginas de destino. Os únicos elementos clicáveis ​​devem orientar o visitante para a meta desejada. 

É uma boa ideia ocultar a barra de navegação na parte superior, ícones ou elementos de mídia social que podem distrair os visitantes.

8. Crie estratégias de publicidade


Os anúncios de loja de comércio eletrônico ajudam a melhorar sua visibilidade online e aumentar as vendas. Antes de iniciar uma campanha publicitária, você deve responder a três perguntas:

Quantos visitantes o site da sua empresa necessita para uma conversão bem-sucedida? Quanto é o orçamento que você pode alocar com segurança e por quanto tempo? Qual é a melhor saída de publicidade para seus produtos?

Essas respostas ajudarão você a fazer alguns cálculos e previsões e restringirão suas opções de publicidade. 

A maioria das pessoas escolhe começar com o Facebook Ads ou o Google Ads – as plataformas de publicidade mais populares.

Qualquer que seja a sua escolha, a parte mais importante é analisar e rastrear o tráfego do seu site. O Google Analytics, por exemplo, mostra de onde vêm os visitantes e o que eles estão fazendo no seu site.

Métodos de redirecionamento para alcançar visitantes e clientes em potencial também é uma jogada inteligente para aumentar o efeito dos anúncios. 

O pixel do Facebook é uma ferramenta que pode manter um registro de todos os visitantes no seu site e ajudar a criar campanhas direcionadas.

Em seguida, você pode configurar as preferências com base em onde seus visitantes passaram o tempo no site – página do produto, blog, depoimentos, etc. 

A coleta de informações leva tempo e paciência, mas a expansão do seu público permite uma análise detalhada que oferece melhores resultados.

Conclusão

As estratégias digitais para as lojas de comércio eletrônico listadas acima são uma pequena parte das oportunidades que sua empresa pode usar para alcançar mais clientes online. 

Cada ponto deste artigo mostra ideias que podem ser desenvolvidas para trabalhar com vendas.

Analise sua página da web, teste alguns dos padrões que descrevemos e dê um feedback sobre o que funciona bem para o seu negócio e o que você precisa melhorar.

Você sempre pode entrar em contato com a WebTrends e agendar uma ligação com um de nossos especialistas em marketing para análises detalhadas e criações de ações em vendas.


Conteúdo produzido pela agência de marketing digital WebTrends.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *