SEO para pequenas empresas: quais técnicas são mais adequadas para o seu negócio

Quando se trata de SEO, em particular as pequenas empresas, podem realmente dominar a pesquisa local, simplesmente usando a estratégia certa e as técnicas de otimização de mecanismos de pesquisa ideais.

Infelizmente, no entanto, a maioria das pequenas empresas falha. E você sabe o por quê?

 

Descubra neste artigo quais técnicas de SEO são mais adequadas para o seu negócio!

Quais benefícios as pequenas empresas podem obter com o SEO?

Os 5 benefícios que o SEO é capaz de trazer, em nossa opinião, são:

  • Aumentar o tráfego para seu site;
  • Ajudar a facilitar a localização de clientes em potencial;
  • Gerar autoridade e confiabilidade;
  • Diferenciar-se da concorrência, oferecendo conteúdo adaptado às necessidades do destino;
  • Tornar menos evidentes os resultados negativos.

Este último, ajuda a evitar que resultados desfavoráveis prejudiquem a reputação das marcas na SERP, substituindo-as por outras mais atuais e relevantes.

Técnicas SEO para pequenos negócios

Abaixo, apresentamos 5 técnicas para que você possa aplicar no site do seu negócio e obter sucesso nos resultados de pesquisa. Acompanhe a leitura!

Técnica 1: Palavras-chave

Você precisa usar palavras-chave em quantidade suficiente nos seus conteúdos. Lembre-se de adicioná-las a todas as seções do seu site: em títulos, conteúdo, URLs e imagens.

Pense nas palavras-chave como termos de pesquisa. Estude-as em profundidade e depois use-as adequadamente, porque é o elemento que traz seus leitores para você.

A tag de título e os cabeçalhos da página são os dois locais mais importantes para inserir palavras-chave.

Técnica 2: Atualize o conteúdo com frequência

Seu conteúdo deve ser atualizado. Lembre-se de atualizar o site regularmente, isso é essencial para aumentar o tráfego.

Os melhores sites para usuários (e consequentemente para mecanismos de pesquisa) estão cheios de informações úteis sobre um serviço, produto, tópico ou assunto em particular.

Uma maneira de garantir que o site tenha novo conteúdo com frequência é integrar um blog. 

O blog é uma ótima maneira de alcançar clientes, criar mais oportunidades de relacionamento e dar ao site uma voz mais humana e pessoal.

Técnica 3: Estrutura do site

Acima de tudo, a criação de uma estrutura de site apropriada é a base central da otimização geral dos mecanismos de pesquisa e das técnicas de SEO local.

Assim, modele a estrutura correta para cada seção do site, começando na página inicial e nas páginas relacionadas aos seus produtos ou serviços no site da sua empresa.

Observe, no entanto, que a estrutura do seu site deve ser considerada em estreita colaboração com a principal pesquisa de palavras-chave de destino.

Ou seja, é preciso trabalhar na estrutura do site, tendo em mente as palavras-chave e frases-chave mais relevantes que seus clientes em potencial.

Técnica 4: Trabalhe o SEO local

As empresas menores têm menos visibilidade e, portanto, devem sempre encontrar novas maneiras de superar o desafio competitivo do mercado.

Hoje, a internet é uma grande vantagem para todos, e deve ser explorada da maneira mais apropriada.

Estar na web certamente dá muita visibilidade ao seu negócio, principalmente porque todo usuário espera encontrar serviços e atividades na rede. Ou seja, ter presença online tornou-se fundamental.

Até empresas B2B, que operam localmente, precisam de SEO para aplicar as estratégias certas e tornarem-se visíveis no Google Meu Negócio, por exemplo.

Essa ferramenta permite que você seja notado na área em que um usuário está realizando suas pesquisas e mantenha informações atualizadas sobre sua marca.

Para ter o Google Meu Negócio, atualmente uma das plataformas mais relevantes no SEO Local, você precisa ter um local físico para receber seus clientes.

Técnica 5: Palavras-chave de cauda longa

As estratégias de SEO são baseadas na pesquisa das palavras-chave que os usuários usam no Google.

Porém, se antes nosso foco era as palavras-chave únicas, hoje é melhor focar em grupos de palavras-chave com base em um tema específico.

Por que usar palavras-chave de cauda longa, apesar de ter uma frequência mais baixa? 

A resposta é simples: são palavras menos difíceis de colocar e têm uma taxa de conversão mais alta.

Isso ocorre porque, sendo mais específicos, eles são procurados por usuários que têm ideias claras e procuram por algo mais específico, isto é, exatamente a palavra-chave da busca. Portanto, eles são clientes realmente interessados ​​em comprar.

Conclusão

As atividades de posicionamento SEO são indispensáveis para obter os primeiros lugares nos motores de busca. Todas as empresas querem crescer e, para isso, é necessário usar soluções digitais.

Portanto, se o objetivo é ser competitivo no mercado, ganhar visibilidade e espaço para sua marca, interceptar e reter clientes, você não pode deixar de estar presente no Google.

O SEO para pequenas empresas, é uma operação ainda mais complexa e delicada do que o SEO para grandes empresas que operam no mercado nacional.

Você terá que competir em um mercado muito mais restrito e com uma “gama de manobras” muito mais limitada.

As dicas de SEO para pequenas empresas são apenas um ponto de partida. Continue atualizado e implemente novas soluções para obter vantagens sobre os seus concorrentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *