3 Ferramentas que te auxiliarão no planejamento de um novo negócio

Há alguns anos, o processo de planejamento de um novo negócio era bastante doloroso. A maioria dos consultores defendia que o novo empreendedor deveria fazer um vasto estudo do mercado e um planejamento pesado do empreendimento antes de se aventurar.

Hoje os tempos são outros. A capacidade do empreendedor de mitigar riscos a partir de pequenos testes de validação de mercado e sua capacidade de execução são atributos muito mais valorizados.

Não me entenda mal, o planejamento continua sendo muito importante. O que mudou é a forma com a qual o empreendedor deve lidar com este planejamento.

Vamos pensar um pouco no modus operandi antigo para o mundo atual. Um plano de negócios completo, com estudo de mercado pesado demorava muito tempo para ser feito. Algo em torno de 3 a 6 meses.

Hoje, se levarmos este tempo para colocar uma ideia no papel, posso dizer com elevado grau de certeza que, no fim do processo, estaremos defasados tecnologicamente e, possivelmente, estrategicamente – com o aparecimento de substitutos e concorrentes.

O empreendedor precisa assumir um planejamento mais “mãos na massa”, no qual ele vai levantando hipóteses e validando ou descartando ao longo do processo. Sempre tentando planejar a próxima fase com maior certeza e as fases mais longínquas de forma apenas estratégica.

Até porque, possíveis investidores não terão tempo de ler um relatório de 200 páginas sobre uma ideia de negócio. Eles querem saber quais respostas do mercado o empreendedor já conseguiu, como:

Para tornar o seu planejamento de um novo negócio em algo mais rápido e dinâmico, é interessante que você não gaste tempo montando as próprias ferramentas e se concentre apenas no mais interessante: o seu futuro novo negócio.

Abaixo, eu listei algumas ferramentas que poderão ser suas melhores amigas ao planejar novos negócios.

Planilha de Plano de Negócios

A planilha de plano de negócios foi criada com o intuito de simplificar o plano de negócios. Um dos primeiros exercícios da planilha é a criação de um canvas de modelo de negócios, uma visão simplificada do que seria o funcionamento do negócio.

Essa atividade é uma espécie de “validador estratégico” de um novo negócio. Se o empreendedor não tiver uma ideia clara do modelo de negócios, através do canvas, ele não está pronto para seguir com o planejamento do negócio.

Isso significa que, se ele está batendo cabeça para colocar o modelo de negócio no papel, ele deve voltar a buscar respostas no mercado antes de seguir, através de pequenos testes e pesquisas.

A partir de um modelo de negócio confiável, testado e validado, o restante do plano de negócio (plano estratégico, plano de marketing, equipe e plano financeiro) será muito mais leve de fazer.

Não podemos precisar quão mais leve será, mas já tive relatos de consultores que conseguiram reduzir projetos de 2 meses em 2 semanas utilizando uma planilha de plano de negócios.

Planilha de Estudo de Viabilidade Econômica

Para simplificar ainda mais o processo de planejamento de um novo projeto, vale iniciar com o uso de uma planilha de estudo de viabilidade econômica.

Esse é outro ponto interessante dos planejamentos antigos. A parte financeira era feita por último. Ou seja, o empreendedor perdia de 3 a 6 meses fazendo os estudos necessários, para chegar no final e ainda ter a possibilidade do projeto não ser financeiramente viável.

Não é recomendável que o estudo de viabilidade seja feito sem um certo grau de certeza sobre o modelo de negócio. No estudo, o empreendedor precisará projetar possíveis receitas e despesas. Como fazê-lo sem saber como isso funcionará no novo empreendimento?

De qualquer forma, a antecipação do estudo de viabilidade econômica pode poupar muito tempo, visto que ela é a mãe de todas as viabilidades. Auferindo a não-viabilidade no início do projeto, o empreendedor não precisará fazer estudos de viabilidade mercadológica e estratégica.

Apresentação de Pitch para Novos Negócios

Por fim, mas não menos importante, estava faltando um template de powerpoint para apresentar a ideia de negócio para possíveis investidores.

Um pitch, proveniente do elevator pitch – técnica para apresentar uma ideia de negócio rapidamente como se você encontrasse um possível investidor na subida de um elevador -, te forçará a colocar no PPT apenas o mais relevante.

A qualidade da sua apresentação pode desempenhar um papel extremamente relevante no levantamento de capital. Portanto, se você confia no seu business plan, não hesite em investir nessa etapa.

Bônus: Modelo de Relatório de Plano de Negócios

Para você que chegou até aqui e, além das ferramentas que apresentamos nesse artigo, precisa entregar o seu plano de negócio em mãos ou mandar por e-mail para algumas pessoas, experimente também um modelo de relatório de plano de negócios em .doc.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *