Vale mais a pena investir em tráfego orgânico ou pago?

Uma das perguntas mais frequentes que surgem para aqueles que estão iniciando no universo do marketing digital é: qual é a melhor forma de conseguir aumentar a visibilidade da sua empresa?

A partir disso, algumas sugestões podem ser feitas: investir em anúncios, investir em marketing de conteúdo, fazer redes sociais, criar páginas de conversão e mais.

Muitos podem ficar perdidos ao verem a quantidade de opções disponíveis e devem estar se perguntando qual o melhor tipo de investimento.

Decidir entre alocar os recursos em uma estratégia paga ou orgânica é uma decisão difícil, principalmente para quem está começando.

Pensando nisso, elaboramos este post para te ajudar a identificar qual é o melhor tipo de investimento para você no momento!

Continue a leitura e saiba mais sobre tráfego orgânico x tráfego pago

  • Diferenças entre o tráfego orgânico e o tráfego pago
  • Exemplos de investimento em tráfego pago
  • Exemplos de investimento em tráfego orgânico
  • Afinal, vale mais a pena investir em qual?

Diferenças entre o tráfego orgânico e o tráfego pago

Importante deixar claro que, quando nos referimos ao tráfego, estamos falando sobre o número de visitantes que acessam o seu site diariamente.

O tráfego do seu site pode ser oriundo de duas fontes: de publicidades pagas e dos resultados orgânicos em sites de pesquisa, redes sociais e de outros sites. Veja as particularidades de cada um abaixo:

Tráfego pago

Começando por aquele com o qual as pessoas costumam estar mais habituadas e que reflete o marketing mais tradicional com mais familiaridade, lembrando os investimentos em outdoors, revistas, trade marketing e até mesmo em rádios ou televisão.

Nas ações envolvendo o tráfego pago você pagará pelo impulsionamento dos seus materiais em plataformas específicas – esses anúncios chegarão a uma rede de pessoas que representam o seu público-alvo.

No tráfego pago, para que o contato com novos públicos se mantenha vivo e uma audiência cada vez maior seja conquistada, é necessário que o investimento se mantenha estável e vá aumentando com o tempo.

A maior característica do tráfego pago é o fato dos resultados aparecerem em pouco tempo. É um investimento de curto prazo.

Tráfego orgânico

O tráfego orgânico pode ser conquistado com um investimento bem menor se comparado com o tráfego pago, porém possui o revés dos resultados demorarem mais tempo para começar a aparecer.

Aqui, a conquista pelo público será feita através dos conteúdos e de maneira natural.

Existem diversos tipos de estratégia para aumentar o tráfego orgânico, mas todas possuem uma característica bem sólida em comum: a qualidade do conteúdo deve ser prioridade.

Seu público chegará até a sua empresa por meio de outros canais que utilizam no dia a dia, como os motores de busca (Google, Bing, Yahoo!), redes sociais e por meio de indicações.

Então, caso você deseje investir em tráfego orgânico, é importante que tenha uma equipe especializada na produção de conteúdos ou que, caso você mesmo seja o responsável, separe um tempo para se dedicar à produção e a melhoria dos materiais que serão desenvolvidos.

Se você dispor dos recursos, mas não souber como fazer, saiba que uma agência de inbound marketing pode ser uma poderosa aliada na obtenção de novos clientes através da internet.

Desenvolver uma estratégia de tráfego orgânico é trabalhar com inbound marketing, que é o que conhecemos como marketing de atração. Os esforços serão para valorizar a imagem da sua marca no universo online. 

Exemplos de investimento em tráfego pago

Quer conhecer algumas das ações mais comuns quando o assunto é mídia paga? Separamos aqui algumas dicas para você se espelhar. Pegue a sua caneta e faça as anotações necessárias.

Google Ads

O Google Ads antigo Google Adwords, é a maior plataforma de anúncios na internet e te dá a opção de atingir diferentes tipos de dispositivos.

Uma das maiores facilidades que o Ads te dá é a capacidade de segmentar de maneira cirúrgica o público que você deseja atingir com seus anúncios. 

A ferramenta também permite que você faça testes para aprender com o seu público e você pode alterar seus materiais em tempo real.

Facebook Ads e Instagram Ads

As maiores redes sociais do planeta possuem uma ferramenta para que você trabalhe com anúncios em suas plataformas. Quer um lugar melhor para atingir o seu público do que o seu espaço de socialização virtual?

As opções de personalização das campanhas são bastante avançadas e, pelo fato de serem nas redes sociais, permitem um engajamento bastante alto.

YouTube Ads

Hoje, o YouTube é responsável por um número considerável de buscas na internet, ficando atrás apenas do próprio buscador da Google. O conteúdo em vídeo é muito mais atrativo para o público atual e permite que você crie anúncios extremamente chamativos.

Exemplos de investimento em tráfego orgânico

Agora que você já viu no que vale a pena investir se a sua opção for o tráfego pago, é hora de dar uma olhada nas opções existentes para quem deseja se aprofundar em uma estratégia de crescimento orgânico. Vamos lá!

SEO

Uma agência de SEO pode realizar uma consultoria e fazer as alterações necessárias para que o seu site comece a ranquear entre os primeiros resultados do Google.

O SEO é um conjunto de técnicas que fará com que o seu site atenda aos requisitos dos motores de busca e responda com maior facilidade a intenção de busca dos usuários. 

Sempre que o seu público pesquisar por um assunto relacionado a sua empresa, é com o seu site que eles irão se deparar.

Marketing de Conteúdo

Quer se tornar uma referência para o seu público? Através de uma estratégia de marketing de conteúdo, sua empresa irá se tornar uma líder de opinião no setor e produzirá um volume cada vez maior de conteúdos.

Esses conteúdos irão engajar e fazer com que a visibilidade dos serviços aumente na mesma proporção. O marketing de conteúdo educa o público e os prepara para percorrer toda a jornada de compras.

Guest Posts

Trocar conteúdo com outros sites pode ajudar o seu site a ranquear com mais facilidade nos motores de busca e faz com que outros públicos conheçam o site da sua empresa.

Entre em contato com os responsáveis pelos conteúdos dos sites das empresas que fazem parte do mesmo segmento que a sua e fortaleça a sua marca.

Afinal, vale mais a pena investir em qual?

Você deve ter notado que não há uma resposta direta para isso, certo? A melhor resposta para essa pergunta é: os dois valem a pena. O que determinará por qual dos dois você começará é o seu orçamento!

Ambas as estratégias se complementam e trarão ótimos resultados para a sua empresa. Considere as suas prioridades: visibilidade instantânea ou a longo prazo e contínua? A partir dessa pergunta você já saberá como começar a investir seus recursos.

Caso seja necessário, conte com a ajuda de especialistas em marketing digital para elaborar uma estratégia que atenda às necessidades da sua empresa!

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog da agência marketing e Google Ads Tupiniquim, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *