Temas WordPress: como escolher o ideal para o seu site.

A escolha de um tema para desenvolvimento de sites em WordPress pode parecer simples, mas é uma decisão estratégica muito importante. Evitará limitações no projeto, além de garantir melhor performance e atualizações futuras.

Muitas empresas escolhem os temas baseadas apenas no layout. Isso pode ser um erro e custar caro no futuro.

Antes de falar sobre os passos para garantir que sua escolha seja correta, vamos tratar uma questão fundamental no planejamento do projeto.

É melhor desenvolver um tema para o seu site em WordPress ou comprar um pronto e customizar?

Na maioria dos casos, recomendamos a customização de um tema pronto. Temas desenvolvidos sob demanda devem ser desenvolvidos por agências ou profissionais especializados e demandam um escopo detalhado do cliente que está contratando o serviço.

Caso o escopo esteja incompleto e surjam novas páginas ou funcionalidades, certamente haverá uma cobrança adicional no valor previsto inicialmente, pois serão necessárias horas adicionais.

Trabalhar com temas prontos dará mais flexibilidade ao projeto e reduzirá tanto o custo quanto o tempo de programação.

Planejamento do projeto

Primeiramente, recomendo que pense na quantidade de páginas que o site terá, por exemplo:

  1. Home (página inicial),
  2. Sobre a empresa,
  3. Serviços,
  4. Blog,
  5. Contato.

Se está em dúvida como começar, navegue por sites de concorrentes e tente imaginar o conteúdo da sua empresa nessa estrutura e o que poderia ser melhor estruturado. Acesse também sites de empresas de outros segmentos e veja páginas e elementos que poderiam se encaixar em seu projeto.

Organize um arquivo com os textos, páginas e referências que anotou. Este material será importante tanto para escolha, quanto para precificação do projeto, caso precise contratar alguém.

Tendo isso definido, você terá uma boa noção das funcionalidades que serão necessárias para o seu projeto.

Hora de começar a pesquisa pelo tema ideal para criar seu site em WordPress.

Começando a pesquisa pelo tema WordPress

Existem diversos sites que vendem Temas para WordPress. Eu recomendo o site Theme Forest, pois acredito ser um dos maiores e mais confiáveis.

Neste site encontrará uma grande variedade de opções, além de plugins e diversos outros recursos.

No menu principal do site, você encontrará uma categoria “WordPress”. Perceba que já existem diversos segmentos.

Encontre a que mais se adequa a sua empresa.

Por padrão, os resultados exibidos serão filtrados como “best match”, que seriam os melhores resultados para sua busca.

Recomendo que troque para “best sellers”, que são os mais vendidos. Abaixo explicarei os motivos de escolher um tema entre os mais vendidos.

1. Se estes são os temas mais vendidos, algum motivo deve ter. Certo?

Os temas mais vendidos costumam possuir mais recursos, uma quantidade maior de modelos prontos, atualizações mais constantes e maior compatibilidade com plugins, gerando menos erros no site.

2. Se o autor do tema está vendendo muitas licenças, está ganhando dinheiro com isso. E ele pretende continuar assim.

Muitos desenvolvedores e empresas dedicam-se exclusivamente a criar temas e plugins e vender online. Para que ele tenha sucesso, é preciso prestar um bom suporte e ter um tema compatível com as versões mais recentes do WordPress.

Visualize os temas que tiver interesse.

Invista um tempo navegando nos temas, clicando em “preview”. Veja modelos disponíveis, já que a maioria oferece diversos modelos prontos.

Pense como seu conteúdo e seu projeto poderiam se encaixar nessa estrutura que está navegando. Selecione 3 ou 4 temas que mais te agradaram.

Em seguida, é a hora de avaliar se estes selecionados valem a pena ou não comprar.

Acesse a página do Tema para verificar algumas informações

Como dito anteriormente, o número de vendas é um fator importante de ser analisado. Veja também a quantidade de comentários.

Eu costumo entrar nos comentários e ver o que está sendo dito sobre determinado tema e qual o tempo médio de resposta do autor aos comentários.

Geralmente, um bom tempo de resposta é de 1 a 2 dias, mostrando que há uma equipe de suporte trabalhando para tirar dúvidas e resolver possíveis problemas, que inevitavelmente irão ocorrer.

Por fim, as avaliações. Veja que neste exemplo, quase 6.000 compradores avaliaram, com uma média 4.75 de 5. A chance deste tema ser uma boa escolha é alta. Principalmente se levarmos em conta que nem todos os consumidores satisfeitos avaliam positivamente, mas quase todos os insatisfeitos fazem avaliações negativas.

Veja a descrição e recursos do Tema WordPress

Last Update (última atualização)

Se a última atualização for recente, certamente estará compatível com as versões mais recentes do WordPress e da maioria dos plugins.

Compatible Browsers (Navegadores compatíveis)

Minimamente você vai querer um tema compatível com Google Chrome, Safari, Edge e Firefox. Neste quesito quanto mais, melhor.

Compatible with (Compatível)

Este item mostra a compatibilidade com plugins. Geralmente você verá plugins mais populares, como Woocommerce, caso você esteja desenvolvendo um e-commerce, ou o Visual Composer, que é um editor visual de páginas.

Isso não significa que é incompatível com todos os outros.

Caso você tenha ideia de usar um plugin que não apareça na listagem, envie a sua dúvida nos comentários. isso já te dará uma ideia do suporte que irão te oferecer futuramente.

Columns (Colunas)

Quando planejou seu projeto algumas áreas devem ter ficado organizadas em colunas. Escolher um tema compatível será importante. No print acima o tema suporta “4+”, então se você possuir áreas divididas em 4 ou 5 colunas, conseguirá desenvolver o projeto sem muita customização.

Documentation (Documentação)

A documentação do tema te ajudará a realizar ajustes e configurar de acordo com o seu projeto, sem gastar muito tempo. Prefira temas que possuem uma boa documentação – “well documented”.

Conclusão

A compra de um tema WordPress para desenvolvimento do seu site pode ser uma ótima opção para ter um site mais profissional, dentro de um budget mais baixo.

Seguindo os passos que informamos neste post, você poderá escolher um tema com mais segurança, garantir mais recurso, melhor funcionamento do site e menos problemas futuros.

Este artigo foi escrito por Bruno Lamattina, Diretor da interatividade na Agência Lamattina Digital, especializada em criação e manutenção de sites em PHP e WordPress, com mais de 500 projetos concluídos nos últimos 6 anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *