Sites responsivos: Vale a pena investir?

Todo mundo sabe que, hoje, não basta ter um site para se destacar em meio a tantas empresas.

Ter uma página na internet se tornou algo comum, principalmente, para quem vende produtos ou serviços.

Isso tudo vem acontecendo, justamente, pelo espaço que a internet tem conquistado no marketing, o que chamamos de Marketing Digital.

Cada dia mais o público faz suas buscas online, onde pode encontrar opções mais próximas e ainda ver relatos das experiências de outras pessoas.

Dessa forma, com tanta concorrência é comum surgir a dúvida: Como me destacar então no meio da multidão?

Embora não existam respostas prontas para essa pergunta, existem algumas maneiras de tentar fazer seu site se destacar.

Uma delas é, justamente, investir em um site responsivo, ou seja, que permita o acesso à página a partir de qualquer dispositivo.

O que é um site responsivo

Se você tem um site, com certeza, já ouviu falar nesse termo, mas pode não saber o que isso significa.

Um site responsivo é aquele que permite ao visitante ter acesso à página de qualquer dispositivo, seja celular, tablet, notebook ou computador.

Mas não basta conseguir acessar a página, também é preciso conseguir ler com perfeição todo conteúdo do site.

Uma página se comporta diferente em uma tela grande e em outra pequena, e é justamente a responsividade que permite que ela se adapte perfeitamente a qualquer resolução.

Porém, é preciso explicar que um site responsivo é diferente de um site mobile, apesar de parecer que são iguais.

Os sites mobile são aqueles criados apenas para atender os celulares, ou seja, é um outro site criado para smartphones.

Quando você acessa a página da empresa, automaticamente, é enviado para essa página mobile.

Já os sites responsivos são um mesmo sistema inteligente que tem a capacidade de se adaptar em qualquer tela.

Com isso, você tem acesso as mesmas informações, com um mesmo layout, apenas em uma versão menor.

As letras e imagens são reorganizadas para o tamanho da tela, assim o acesso fica mais fácil.

Não há perdas com a responsividade, todas as informações continuam presentes na página.

Vale a pena investir em um site responsivo?

Há anos atrás o uso da internet se restringia aos computadores e notebooks. Mas com a evolução da tecnologia vieram os smartphones, juntamente deles uma maior praticidade no acesso à internet.

Isso mudou toda a nossa maneira de comprar, fazer pesquisas e buscas. Alguns estudos já mostram que 96% das pessoas, que têm acesso à internet, usam apenas os celulares.

Existem estudos que mostram que os usuários passam apenas 5 segundos esperando pelo acesso a uma página.

Quando um site não tem responsividade, ou seja, não se adapta a resolução do celular, o usuário logo busca outra página.

A maioria das pessoas não insistem em um site que não lhe permite ter uma boa experiência, até porque existem outras opções mais simples.

É justamente nesse ponto que seu concorrente ganha de você, principalmente, se ele tem um site responsivo de qualidade.

Mesmo que seu material tenha uma qualidade superior, se o visitante não pode acessar sua página de um dispositivo móvel, logo prefere o concorrente.

O tipo de experiência oferecida por um site interfere diretamente nas vendas, quanto mais simples for esse processo maiores as chances de fechar negócio e conquistar novos clientes.

Então, pensar na experiência do seu possível cliente é primordial para conseguir garantir essa venda.

Além disso, também é indispensável para fidelizar esse visitante, pois quando a experiência não é positiva, esse visitante não volta.

O número de usuários que compram pelo celular também vem crescendo, no Brasil 56% das pessoas já realizam compras pelo smartphone com frequência.

Ao contrário disso, as compras pelos notebooks e computadores tem caído, em 2019 chega a 62% o total das compras online.

Ou seja, apostar em responsividade é sinal de se manter ativo no mercado online e alcançar uma nova clientela.

Os dados mostram que a tendência é aumentar cada vez mais o uso apenas dos smartphones.

Se manter desatualizado é determinar o fracasso da sua empresa no meio digital e a responsividade do seu site é uma parte muito importante dessa atualização.

Quanto custa ter um site responsivo

O preço cobrado por um site responsivo depende de alguns fatores, mas, normalmente, os valores não são muito maiores do que já seria cobrado por um site comum.

Um dos fatores que interferem no preço cobrado é se você já tem uma página online, pois a adaptação pode ser um pouco mais complicada.

Se você está começando agora e não tem site ainda, o preço pode ser menor, já que tudo será feito em um único sistema.

Ter um site mobile não interfere, pois nada desse conteúdo pode ser aproveitado, então não vale a pena investir nesse sistema.

Os sites mobile, normalmente, são mais baratos, mas esse é um investimento provisório e sem tanto retorno.

Mesmo que um site responsivo signifique um investimento um pouco maior, o retorno também é muito superior.

Em média o gasto com um site responsivo é 40% maior do que um site comum, mas os retornos podem ser um aumento de até 60% nas vendas.

Como ter um site responsivo

O ideal é sempre procurar por uma empresa especializada na criação de sites e páginas online.

Existem sites que podem ser feitos pelos próprios donos, mas esses são mais impessoais e destinados apenas a quem está começando.

Por isso, é mais interessante se programar financeiramente e investir em uma criação de sites profissionais, feita por empresas especializadas da área.

Usando serviços profissionais, a responsividade se torna parte de qualquer projeto, facilitando assim todo o processo.

Se você já tem um site também pode contratar um profissional para fazer essa conversão.

Esse é um processo um pouco mais complexo, mas o profissional saberá o jeito certo de realizar a mudança.

Então, para ter um site responsivo de qualidade, invista em profissionais sérios para o serviço.

Com planejamento, toda empresa, mesmo as menores, pode investir em um site responsivo de qualidade que vai trazer retornos significativos.

Esse retorno não é apenas nas vendas, mas também no reconhecimento e na credibilidade da marca.

Conteúdo produzido por Leandro Santos | Fundador da Naveg.in – Agência Especialista em Criação de Sites em WordPress

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *