Metaverso: como se relaciona com a educação?

Você já deve ter ouvido falar do metaverso, certo? Ou então observou como algumas empresas estão em uma corrida interna para ver quem conseguirá desenvolver o primeiro ambiente completamente digital.

Mas e se eu te contar que a definição e utilidades do metaverso vão muito além do ambiente digital? Mesmo essa sendo a sua principal e mais conhecida função, o metaverso tem muito a agregar a outras áreas também, por exemplo na educação.

Mas se você está confuso, pode ficar despreocupado! Para exemplificar melhor, ao decorrer do texto vamos contar para você como essa tecnologia pode ser usada nos ambientes escolares para auxiliar na educação infantil.

Só que antes de mais nada, temos que passar pela explicação e definição do metaverso em si. Vamos lá pra leitura?

O que é metaverso?

O metaverso está sendo visto como a maior revolução tecnológica da história relacionada à forma como interagimos online. A ideia é a criação de um universo virtual em três dimensões. 

Nele, as pessoas poderão interagir com a internet não só olhando para a tela, mas sim “dentro” dela, ou seja, será possível se inserir em um mundo virtual – que, inclusive, é algo que vem crescendo cada vez mais em todas as esferas de vivência.

Dessa forma, é possível dizer que nesse novo mundo, os usuários criarão seu avatar e por meio dele, irão se conectar e se comunicar com seus amigos e também com seu ambiente de trabalho como um todo.

Os grandes criadores e desenvolvedores de plataformas e jogos digitais, já estão na disputa para concretizar o metaverso. Não é atoa que o nome do Facebook foi alterado para ”Meta”, demonstrando como a marca estar a frente de todos nesse novo mundo. 

Sob o mesmo ponto de vista, como a proposta é reproduzir a sensação de realidade, as interações que acontecem dentro das salas de aula poderiam ser transferidas para o ambiente do metaverso. 

Essa é a principal questão nas discussões acerca das vantagens e desvantagens dessa tecnologia para o ambiente escolar.

Como o metaverso se relaciona com a educação?

Para a educação, o metaverso chega como uma expansão de possibilidades para as experiências no interior das escolas. Afinal, a tecnologia permitirá que os alunos visitem o mundo todo em tempo real, proporcionando uma vivência imersiva em espaços históricos.

De forma semelhante, as experiências de imersão do metaverso já vem acontecendo há algum tempo no mundo dos games. Jogos de sucesso já possuem universos virtuais interativos, mas estão procurando se expandir para os ideais e objetivos do metaverso. 

Para isso acontecer, o jogo Fortnite, por exemplo, já realizou grandes shows e eventos de marcas dentro de seu universo digital, que são assistidos por milhões de pessoas. No ano de 2021 aconteceram shows de artistas como Ariana Grande e Post Malone.

Sobretudo, o metaverso ainda é uma tecnologia que está se desenvolvendo. Ou seja, essas experiências, que podemos considerar uma espécie de gamificação da vida real, podem demorar alguns anos até serem totalmente desenvolvidas e implementadas. 

Entretanto, valem a pena as discussões e planejamentos para estarmos prontos, e quando o momento chegar, as escolas poderão abrir as portas para o metaverso, ou seja, para uma tendência que está cada vez mais forte.

O que podemos esperar da educação ligada ao metaverso?

Embora ainda existam muitos desafios e muito tempo a percorrer, a junção entre tecnologia e educação é capaz de proporcionar inúmeros benefícios para os alunos, uma vez que esses têm novas oportunidades no processo de aprendizagem. 

Essa é a grande expectativa do mundo acadêmico acerca da utilização do metaverso na educação. E vale lembrar que as edtechs, que tem como objetivo oferecer soluções eficientes para o uso da tecnologia na educação, têm crescido gradativamente com bilhões em investimentos por todo o mundo. 

Sendo assim, a cada dia estamos nos preparando para introduzir essa tecnologia aos alunos e professores. Mas se ainda não consegue imaginar algo tão diferente e tecnológico em uma sala de aula, é só conferir os 3 tópicos que separamos a seguir.

Evidência o potencial pedagógico

Com a utilização de novas tecnologias e ferramentas, o potencial e habilidade de cada professor pode ser evidenciado para criar um bom ambiente de ensino, e claro que com o metaverso não seria diferente. 

Dessa forma, com a nova tecnologia, o professor pode aproveitar todas as oportunidades para tornar as aulas mais interativas, interessantes e também melhorar as habilidades sociais da sala como um todo.

Aproveita os avanços tecnológicos

Hoje mais do que nunca nós entendemos que cada avanço tecnológico que acontece no mundo pode ser importante e mudar as nossas vidas, e não de uma forma negativa. 

Isso porque, com a pandemia que aconteceu no mundo nos últimos anos, foi possível ver como a tecnologia foi de grande ajuda. Dessa forma, o metaverso é mais uma inovação que vem para ajudar os professores e principalmente os alunos

Por mais que não deixe a matéria mais fácil, com certeza ficará mais divertida de aprender!    

Novas formas de aprendizado

Similarmente, a pandemia que vivemos também mostrou uma necessidade de encontrar novas formas de ensino. E naquela época, quando as aulas remotas começaram, a capacidade pedagógica da web já ficou em evidência.

Assim, percebeu-se que é possível desenvolver outras formas de aprendizado com as plataformas digitais, indo além da sala de aula. Com isso, utilizando alguns elementos importantes, por exemplo:

  • Computadores;
  • Realidade aumentada;
  • Tecnologias diferentes;
  • Entre outros.

Desse modo, podemos considerar o metaverso um segundo passo dessa mudança. Com a tecnologia que o ambiente digital proporciona, o conteúdo de ensino poderá ser colocado em uma plataforma de realidade virtual para que alunos acessem de qualquer lugar.

Conclusão

Ficou claro que o metaverso promete tornar as experiências escolares ainda melhores, não é mesmo? Sendo assim, é importante educar digitalmente as crianças e adolescentes desde cedo sobre o tema, para prepará-las para o futuro!

Nossa dica são os cursos de programação, que aproveitam todo o interesse das crianças por vídeo-games e também a facilidades dos pequenos de mexer no computador para ensiná-los sobre o mundo e o futuro tecnológico!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *