Mercado Fitness: Como acompanhar o seu crescimento?

O crescimento do mercado fitness no Brasil tem sido impressionante. Na contramão da crise econômica e da recessão no país, o setor que envolve academias, suplementos alimentares, entre outros produtos e serviços, cresce rapidamente.

Estima-se, por exemplo, que em 2018 o número de academias em território nacional tenha passado dos 30 mil.

O crescimento do mercado fitness no país é resultado não apenas de estratégias comerciais e econômicas muito bem-sucedidas, como também é consequência de uma cultura cada vez mais estruturada no Brasil: a do cuidado com a saúde, corpo e com a mente.

A preocupação das pessoas com a própria saúde e com a beleza física fizeram surgir muitas oportunidades de negócio do país. Não falamos, contudo, apenas das academias.

O segmento dos suplementos alimentares, por exemplo, tem se destacado em paralelo como um dos segmentos de maior lucro nos últimos dois anos.

Portanto, apesar do cenário de crise econômica, a busca por um estilo de vida mais saudável demonstra um panorama positivo no segmento fitness. Mas de que forma é possível investir na área para obter lucros?

Crescendo junto com o mercado

Segundo a Sports Domain Lab, em 2018 o Brasil ficou atrás apenas dos Estados Unidos da América em termos de números de academias no país. Portanto, apesar de existirem mercados menores dentro do segmento, as academias ainda permanecem em ascensão.

Nesse sentido, seja você dono de um estabelecimento do gênero ou um empresário que pensa em abrir a própria academia, é preciso pensar em alguns pontos.

O crescimento do mercado fitness é inegável, mas para crescer junto com ele, é preciso estar atento às tendências para o futuro.

Ofereça treinos personalizados

Cada pessoa possui necessidades específicas, por isso é necessário ter um treino específico para o seu corpo e para suas necessidades.

O treino do colega de trabalho não pode ser o mesmo que o seu, visto que vocês dois têm objetivos e organismos diferentes.

Uma tendência que vem se afirmando cada vez mais, é a elaboração de treinos personalizados para cada cliente.

Se você já possui uma academia, certamente deve investir em dar condições aos seus professores para criarem treinos específicos para cada frequentador do seu estabelecimento.

Ofereça a avaliação prévia ao início das atividades físicas. Não basta apenas perguntar os objetivos do cliente ou seu peso e altura. Avalie a taxa de gordura e, se possível, exames de sangue para verificar se há problemas com nutrientes.

Faça, ainda, o teste da bioimpedância, para ter resultados mais precisos e para ter um controle dos objetivos alcançados futuramente.

Invista em tecnologia

O crescimento do mercado fitness no Brasil no último ano foi de 22%. Muito disso se deve ao investimento feito em tecnologia.

Quem está querendo começar a lucrar com esse mercado pode pensar na criação de aplicativos para mobile. Quem é personal trainer, por exemplo, pode desenvolver o próprio app, onde poderá divulgar dicas, vídeos e textos sobre exercícios e sobre alimentação.

Os apps também estão sendo usados para dar mais liberdade aos clientes de academia.

Com eles, os clientes podem acompanhar seu plano de treino, podem mandar mensagens ao professor e podem até mesmo efetuar o pagamento da mensalidade por ali.

Fique atento às novidades

O empresário que quer acompanhar o crescimento do mercado fitness não pode ficar desatento às novidades do segmento.

Com frequência surgem na internet novos tipos de exercícios, de dietas e de modalidades de treino, muitas vezes divulgadas por celebridades. Podem surgir aí oportunidades de investimento.

Como já mencionado, as academias em si não são o único foco do mercado. Cada vez mais as pessoas optam por treinarem sozinhas por meio de aplicativos.

Na verdade, há muita gente que, pelas atribulações do cotidiano, prefere treinar em casa, devido à falta de tempo ou de dinheiro.

Isso pode ser notado também na alimentação. A falta de tempo muitas vezes impede uma alimentação com todos os nutrientes necessários.

É aí que o mercado também se mostra fértil e promissor, visto que, como mencionamos, o ramo dos suplementos alimentares não para de crescer.

De acordo com uma pesquisa divulgada pela Associação Brasileira da Indústria de Alimentos para Fins Especiais e Congêneres (ABIAD), mais da metade das casas brasileiras, rondando entre os 54%, consomem algum tipo de suplemento alimentar.

Destes, 24% são para a finalidade de emagrecimento.

Estamos, portanto, diante de um panorama animador. O mercado fitness está mais aquecido do que nunca.

Basta ver a quantidade de páginas e de perfis voltados ao tema nas redes sociais, envolvendo-se em um tema que nunca sairá de moda e que está cada vez mais lucrativo: a saúde e a beleza do corpo.

Se você pretende abrir um empreendimento, há muitas franquias que podem ser vantajosas para você. Aliás, confira nosso artigo sobre Como revolucionar a sua academia?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *