Manutenção de eletrodomésticos para cozinha

Quando os eletrodomésticos começam a apresentar sinais de desgaste, falhas de funcionamento e demais problemas envolvendo a aplicação deste, significa que está na hora de chamar um técnico em manutenção.

A cozinha é o ambiente da casa onde se concentra a maior parte dos eletrodomésticos, como freezer, geladeira, fogão e microondas.

Sendo assim, em algum momento da vida útil de cada um desses equipamentos, o reparo será necessário.

Na internet, é comum que as pessoas pesquisem, por exemplo, sobre assistencia tecnica geladeira samsung, para encontrar a assistência mais próxima à sua casa, com o melhor custo-benefício.

Por conta disso, descubra a importância da manutenção de equipamentos eletrônicos para cozinha. Continue a leitura a partir do próximo tópico.

Tipos de manutenção

Antes de conferir a importância dos reparos, o ideal é conhecer os tipos de manutenção que podem ser aplicados no quesito das cozinhas.

Existem dois tipos de manutenção para equipamentos de cozinha: a corretiva e preventiva.

Como já diz o nome, a manutenção corretiva atua quando o equipamento deixa de funcionar ou começa a apresentar sinais, como falhas, dificuldade ao ligar, etc.

A manutenção preventiva, por sua vez, é a mais recomendada e deve ser feita com certa periodicidade.

Geralmente, este tipo de procedimento ocorre justamente para prevenir que ocorram problemas com o equipamento em questão.

Por exemplo, a manutenção de freezer deve ser preventiva, pois abriga alimentos perecíveis e, caso a máquina pare de funcionar, estes vão estragar, causando prejuízos ao dono.

Veja alguns dos principais problemas da manutenção corretiva:

  • Quebra total do aparelho;
  • Alimentos estragados;
  • Prejuízo com a compra de um novo eletro;
  • Gastos com manutenção urgente;
  • Aumento do consumo de energia.

Estes problemas são causados, especialmente, em maquinários de refrigeração, que necessitam de constante supervisão.

Para que isso seja evitado, confira as principais vantagens que manter a manutenção preventiva:

  • Equipamento em bom funcionamento;
  • Sem gastos adicionais;
  • Alimentos refrigerados;
  • Redução no consumo de energia;
  • Aumento da vida útil do eletro;
  • Gastos menores com reposição de peças.

Sendo assim, o melhor a se fazer é manter a manutenção preventiva sempre, do que recorrer ao conserto de geladeira, pois evita maiores prejuízos e gastos desnecessários.

Agora, veja a importância de manter o equipamento sempre com supervisão de um técnico em manutenção.

Durabilidade de cada equipamento

A manutenção é uma prática que aumenta a durabilidade de cada aparelho doméstico.

Afinal, ninguém quer gastar dinheiro para trocar todos os eletrodomésticos só por causa de uma falha de interna, no caso.

Portanto, saber o momento certo para reparar o produto é essencial para mantê-lo funcionando durante os próximos meses e, se possível, anos.

Assim como foi mencionado no último exemplo, em poucas palavras, é melhor prevenir do que remediar.

Qualidade e credibilidade

Neste caso, a importância cabe a cozinhas de restaurantes, lanchonetes e supermercados, onde é importantíssimo manter a veracidade em alguns equipamentos, como é o caso das balanças.

A calibração de balanças é uma prática fundamental para as empresas e deve ser feita com regularidade, assim como a manutenção preventiva.

Por causa da sua alta sensibilidade, a balança é responsável por determinar quantidades e preços dos produtos.

A ausência de calibração pode acarretar grandes prejuízos, tanto por parte de quem pesa como de quem recebe o produto.

Confira algumas das vantagens de manter a balança digital sempre calibrada:

  • Detecção de desgaste: todos os equipamentos envelhecem com o tempo, porém as oscilações nem sempre são eliminadas, no entanto, podem ser detectadas por meio da calibragem periódica;
  • Economia nos custos: equipamentos que contam com calibração periódica permitem a tomada de decisões mais assertivas, evitando desperdícios;
  • Conformidade: manter o produto calibrado permite a aprovação de clientes e auditorias externas e internas;
  • Melhora o lucro: o aumento do lucro se dá por conta da interpretação dos resultados obtidos por meio da calibração;
  • Resultados confiáveis: os equipamentos que contam com a calibragem adequada garantem medições confiáveis e compatíveis com os mesmos resultados apresentados em outros locais, tornando o processo certeiro e confiável.

Cabe destacar que o certificado de calibração deve relatar os resultados no momento em que o procedimento foi realizado.

Geralmente, a calibração é válida por durante 1 ano, tendo que renovar o procedimento após este período.

No entanto, ficar de olho nos resultados pode descobrir erros de pesagem, fazendo com que uma nova calibração seja feita.

Portanto, a manutenção deve ser feita com intervalos curtos de tempo, garantindo a qualidade e precisão de cada equipamento em uma cozinha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *