Fez muitas entrevistas de emprego e não conseguiu nenhuma oferta?

“Eu participo de muitas entrevistas de emprego, mas ninguém me oferece uma boa oferta ou sequer me retornam”. 

Essas palavras te lembram algo? Se sim, saiba que essas e outras frases são muito comuns ditas por candidatos frustrados que buscam recolocação no mercado de trabalho, mas não conseguem nada além de frustração.

Por isso, no post de hoje nós diremos a você os principais motivos pelos quais os recrutadores não escolhem um candidato e daremos algumas dicas de como você pode contornar essa situação, se destacar nas entrevistas de emprego e assim conseguir a vaga dos seus sonhos!

Afinal, o mercado está cada vez mais dinâmico e nós precisamos estar preparados para o futuro do trabalho

Olhando para dentro de você

O primeiro passo certamente é ter autoconfiança e enxergar a si mesmo de uma forma mais positiva. Ninguém chega a lugar nenhum com pensamentos negativos.

Se sentir confiante vai muito além do sentimento, é também ter a certeza de que o seu currículo está impecável, que o seu perfil no LinkedIn está devidamente atualizado a respeito da sua trajetória profissional e com pontos que despertem o interesse de recrutadores.

O que acontece, então?

Já ficou claro que você se sobressaiu perante aos outros candidatos, afinal, você foi chamado para a entrevista de emprego e teve a oportunidade de conversar frente a frente com a pessoa que se interessou pelo seu currículo

Porém, participar de inúmeras entrevistas de emprego e não ser chamado realmente é muito desanimador

Entendendo os motivos

Existem inúmeros motivos pelos quais você não esteja avançando nos processos de seleção. Abaixo citaremos os mais comuns e como você pode contorná-los.

1) Você não tem o perfil da vaga

O motivo mais simples e comum para que um candidato não se sobressaia em uma entrevista de emprego é o fato de não ter o perfil exato que o recrutador está buscando. Mas aí você se pergunta: então por que ele me chamou?

Vendo pelo currículo o recrutador pode se interessar pelas suas experiências, conhecimentos… esses são os quesitos principais. 

Entretanto, durante a entrevista de emprego, o recrutador pode ver que você não seria um profissional que se adaptaria facilmente a cultura da empresa, ou não conseguiria lidar muito bem com a rotina diária desejada.

E por mais que seja chato ir em uma entrevista e não conseguir o emprego, você precisa entender que esses requisitos só se podem ver pessoalmente mesmo. 

Contornando isso

Se você deseja evitar essas situações chatas, antes de ir à entrevista de emprego, faça uma pesquisa completa sobre a empresa em questão: olhe o site, as redes sociais, leia os comentários e avaliações, e se possível, tente puxar assunto com algum funcionário para “arrancar” informações valiosas. 

Quanto mais coisas você souber, mais preparado e confiante você ficará para fazer a entrevista ou até mesmo para decidir que é melhor nem ir.

2) Você deixou de lado o que era importante

Você com certeza já saiu de uma entrevista de emprego se sentindo muito confiante, pois falou inúmeras coisas ao entrevistador. Pois é, isso é bom sim, mas nem sempre “falar muito” significa que você falou coisas importantes e relevantes.

Contornando isso

Não responda as perguntas de uma forma superficial ou muito geral, tente personalizar as respostas, use fatos do dia a dia, fale de dados relevantes e leve exemplos específicos que demonstrem a sua capacidade acerca de tal coisa. 

Uma dica muito valiosa é dizer ao entrevistador que, se ele quiser, você pode contar a respeito de um fato ou experiência com mais detalhes, basta ele dizer o que quer saber com mais profundidade. 

Não se esqueça também de ensaiar as entrevistas de emprego em casa com os amigos ou familiares para treinar a sua capacidade de resposta rápida e relevante.      

3) Você não demonstrou interesse

O seu currículo pode ser excelente, você pode ter as melhores referências e experiências, mas se você não demonstrar paixão pelo que faz, ter um currículo incrível não o ajudará em nada.

Hoje em dia podemos encontrar inúmeros recrutadores ou empregadores que relatam terem encontrado candidatos realmente bons, mas que não possuíam paixão, brilho nos olhos ao falar sobre sua carreira, entusiasmo, etc. 

E com certeza se você estivesse no lugar desse recrutador, também escolheria o candidato que demonstrasse mais vontade e amor pelo que faz

Contornando isso

Não vá a entrevistas de emprego das quais a vaga nem é muito de seu interesse. Se você só for porque “não tem nada de melhor para fazer”, isso vai ficar nítido. 

Agora se você estiver em uma situação tranquila, seja mais seletivo e se inscreva para as vagas que realmente você amaria ser escolhido.

Se a sua situação for um tanto quanto desesperadora, tente não demonstrar que está ali porque precisa urgentemente de um emprego, o empregador vai saber que você precisa daquilo, mas o que mais vai atraí-lo é a sua demonstração de força de vontade, entusiasmo e determinação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *