Fatores que influenciam no valor de um imóvel

Confira alguns pormenores que devem ser analisados na hora de avaliar o real valor de um imóvel.

O mercado imobiliário pode ser uma área difícil de se investir se você estiver tentando comprar, manter ou vender uma propriedade sem o conhecimento necessário para avaliar o valor real de um imóvel.

De fato, muitas pessoas se perguntam como fazer esse tipo de avaliação, especialmente se você estiver querendo comprar uma casa em condomínio, por exemplo.

Você pode ter dificuldade em negociar uma oferta que o salvará de cometer o erro de comprar um imóvel superfaturado.

A análise do valor de uma propriedade o ajudará a desenvolver uma compreensão abrangente do imóvel a fim de que tome decisões mais bem informadas.

E como seria, então, uma forma de analisar adequadamente quanto vale aquele apartamento que você quer comprar?

Bom, é preciso, antes de qualquer coisa, entender que este tipo de análise vai muito além da simples comparação do valor do imóvel com o valor de propriedades similares.

Descobrir o preço real de uma edificação imobiliária também inclui a avaliação de vários outros fatores.

Entre eles, podemos citar a saúde ecológica da propriedade, o ambiente político do país, a taxa de desemprego, o desempenho da economia nacional e a tecnologia disponível no imóvel.

Pode parecer algo complicado de se fazer analisar tanta coisa, porém este processo é simples e com tempo e paciência é possível fazê-lo com bastante eficiência.

A seguir, confira alguns outros fatores que influenciam no valor de uma propriedade imobiliária.

Vizinhança

Dê uma volta pela vizinhança do imóvel que você deseja comprar ou vender para avaliar a qualidade da área onde a propriedade está localizada.

Essa avaliação o ajudará a determinar se o apartamento à venda no Morumbi que você quer está localizado em um bairro atraente.

Você também poderá determinar se a área tem as comodidades certas, se é segura e se os serviços de que você e a maioria das pessoas precisam estão acessíveis.

Quartos disponíveis

Casas em condomínio com mais quartos geralmente têm um preço mais alto. Como tal, você precisa verificar quantos quartos uma propriedade possui e verificar os códigos de construção locais para determinar se estes quartos contam como quartos.

Idade de construção

É necessário informar-se sobre quando a propriedade foi construída e/ou passou pela sua última reforma/restauração. Você também deve saber o que foi adicionado a ele. Esse fato influencia muito o valor do imóvel.

Proximidade de amenidades locais

A propriedade está localizada perto de uma rua movimentada? Tem acesso rápido a uma avenida importante da sua cidade? Quão perto está o imóvel de instalações públicas como, por exemplo, escolas, parques, transporte público e lojas?

Por último, é preciso também se questionar se a propriedade está localizada perto de locais indesejáveis como edifícios industriais ou aterros.

O número de quartos e banheiros

O número de banheiros e quartos influencia significativamente o valor de uma casa em condomínio ou apartamento à venda.

Casas de dois quartos, por exemplo, têm valor inferior a propriedades de três ou quatro quartos. Da mesma forma, casas com apenas um banheiro são vendidas por um valor inferior.

Todos os imóveis podem sofrer valorização?

O crescimento do capital é um dos principais motivos pelos quais as pessoas investem em imóveis residenciais.

Costuma-se dizer que, a longo prazo, a taxa média de crescimento anual para propriedades bem localizadas em cidades grandes como as capitais é de cerca de 7%, o que significaria que as propriedades deveriam dobrar de valor a cada 10 anos.

O problema é que investidores ingênuos acreditam nesse mito e compram qualquer propriedade velha e acham que seu valor dobrará em uma década – e talvez seja por isso que tantos investidores falham.

Mas, como acontece com qualquer bom mito, sempre há uma verdade parcial. Portanto, a verdade é: algumas propriedades dobram de valor a cada 7 a 10 anos, mas muitas (a maioria) não!

Atualmente, o Brasil ainda está trabalhando para superar os efeitos da crise da pandemia de covid-19 no mercado imobiliário.

Embora o setor já tenha se recuperado nos últimos meses, todas as previsões fracassadas do ano passado mostram como é difícil prever onde os preços dos imóveis estarão em três meses, quanto mais daqui a sete ou dez anos no futuro.

Estamos entrando em um período de baixa inflação com baixas taxas de juros e menor crescimento dos salários, então, para muitos economistas, é improvável que vejamos o mesmo nível de crescimento dos preços dos imóveis avançando como vimos nas últimas décadas.

No entanto, há alguns fatores que podem ser analisados se você realmente quiser saber se um imóvel específico sofrerá valorização ou não. De fato, existem fatores macro e micro que ajudam a determinar quanto tempo leva para os preços dos imóveis dobrarem.

Os fatores gerais são os nacionais e globais, como oferta e demanda, confiança do consumidor e das empresas, taxas de juros e acessibilidade, disponibilidade de financiamento, incentivos governamentais, o custo do aluguel e os mercados econômicos globais.

Nos níveis micro, é a economia de cada estado que pode afetar as taxas de crescimento dos preços dos imóveis.

Quando você analisa todas estas informações, é claramente possível concluir que comprar uma propriedade estrategicamente exige muito tempo, esforço, pesquisa e algo que a maioria dos investidores nunca atinge – perspectiva.

Em outras palavras, você pode ganhar muito conhecimento na Internet ou lendo livros ou revistas, mas o que você não pode ganhar é experiência.

Leva muitos anos para desenvolver a perspectiva de entender o que torna uma propriedade com grau de investimento, e só a experiência de comprar e vender casas que te ajudará nisso.

Siga-nos nas redes sociais e tenha acesso a mais informações sobre o mercado imobiliário!

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *