Como driblar a inadimplência escolar e manter um fluxo de caixa positivo

A inadimplência escolar é a maior dor das escolas particulares. Algumas chegam ao ponto de fechar as portas por esse motivo. 

A questão é bastante delicada, até porque para efetuar a cobrança, os gestores precisam ficar atentos a diversas questões legais

Como encarar, então, esse desafio e conseguir manter o caixa da escola positivo todo mês? Há estratégias que realmente fazem a diferença nessa questão. 

No post de hoje você conhecerá as mais eficazes. Vamos lá?

Cobrança automatizada de inadimplência escolar

Um dos motivos que geram a inadimplência é o esquecimento. 

Com a correria do dia a dia e contas vencendo em datas diferentes, alguns pais um pouco menos organizados podem acabar esquecendo de realizar o pagamento, e depois pensar que já pagaram. Acontece. Nem sempre é uma desculpa.

Uma forma de eliminar esse problema é realizando cobranças automatizadas por aplicativo de comunicação escolar. Ele fica instalado nos celulares dos responsáveis, que estão nas mãos deles praticamente o tempo todo. 

Quando uma mensalidade estiver próxima do vencimento, o responsável financeiro já começará a receber lembretes informando-o que o boleto já está disponível para pagamento. 

Não há como ele não ver as notificações no celular. A escola conseguirá até saber em qual dia e horário essa visualização aconteceu.

Caso ainda assim a mensalidade não seja quitada até o vencimento, o aplicativo começará a enviar notificações de cobrança, e já disponibilizará o boleto atualizado para pagamento, com juros e multa acrescidos no valor. 

O pagamento pode ser efetuado dentro do próprio App, em questão de segundos, sem qualquer necessidade de deslocamento. Bem prático, não?

Descontos aos bons pagadores

Uma outra estratégia que dá bons resultados é a oferta descontos na mensalidade para quem pagá-la em dia. Você pode estabelecer algo entre 5% e 20%, por exemplo. 

Nesse ponto, é preciso ser bem rígido e não abrir exceções. Se o devedor deixar passar a data e tentar reaver o desconto, é importante que a escola não ceda, pois do contrário a estratégia de combate à inadimplência escolar perderá totalmente o propósito.

Se o desconto estiver vinculado a todos os pagamentos, e atrasando um deles, o pai do aluno perder o desconto em todas as mensalidades do ano, a estratégia será ainda mais eficaz. 

Esse responsável, em uma eventual situação de priorização de contas, dificilmente escolherá atrasar a mensalidade escolar, pois saberá que assim perderá o desconto nas mensalidades do ano inteiro.

A tática pode ser realizada em conjunto com a do primeiro tópico, quando os pais receberem o lembrete de vencimento da mensalidade.

A mensagem, por exemplo, pode informar algo do tipo: “Seu boleto já está disponível para pagamento. Realize o pagamento até o dia xx/xx e não perca o seu desconto!”.

Pagamento da anuidade inteira em parcelas do cartão 

Aqui vai outra estratégia matadora para você se livrar da inadimplência escolar: pagamento de toda a anuidade parcelada no cartão no ato da matrícula

Você pode oferecer um bom desconto para quem escolher essa opção. 

É vantagem para os dois lados: para os pais que ganham o desconto e para a escola que fica com os pagamentos do ano inteiro já programados automaticamente no cartão do responsável. 

Se a sua instituição possuir agenda digital com assistente de recebimentos, pode fazer a matrícula dentro do próprio aplicativo e realizar o parcelamento da anuidade por lá. 

Assim, no ato da matrícula, os pais já conseguirão comparar as opções que têm e ver a vantagem financeira do parcelamento da anuidade no cartão.

Premiação pela constância do pagamento em dia 

Outra forma de incentivar que as mensalidades sejam pagas em dia é ofertando uma premiação a quem não atrasar uma única parcela o ano inteiro. 

O prêmio pode ser desde o abono da taxa de matrícula do ano seguinte até algo maior, por exemplo uma viagem. 

O importante é que o responsável sinta que terá uma grande vantagem se pagar em dia, e perceba que não pode deixar passar essa oportunidade.

SPC

Esgotadas todas as possibilidades, uma forma de fazer com que o inadimplente priorize o pagamento da mensalidade atrasada é inscrevendo-o no Serviço de Proteção ao Crédito (SPC). 

Esse é um direito da escola, mas como afetará negativamente a relação entre a instituição e os pais devedores, o ideal é que outros caminhos sejam percorridos primeiro.

Um dos caminhos anteriores, por exemplo, é o que citamos no primeiro tópico: a cobrança automatizada pelo celular. 

Não havendo a quitação, tente contatar a lista de inadimplentes pelo mesmo canal e propor a renegociação da dívida. 

Apenas quando todas as alternativas estiverem esgotadas, recorra ao SPC. Você já terá então provas de tentativas infrutíferas de solucionar o problema de outra forma, pois esses dados estarão armazenados na agenda digital escolar.

Finalizando

Aqui você encontrou dicas para driblar a inadimplência que trazem resultados realmente efetivos para as escolas. 

Há soluções que ajudam as instituições de ensino a estruturarem as ideias que você viu aqui. 

O assistente de recebimentos da agenda digital escolar, por exemplo, é o mais eficaz nesse sentido, e pode te ajudar com muitas das táticas citadas, especialmente a primeira.

Agora que você já tem as armas, parta para a guerra contra a inadimplência escolar! 

Aplique tanto as ações preventivas quanto as reativas que você conheceu aqui e garanta assim um fluxo de caixa positivo para a sua escola.

Texto: Graziela Balardim, Conteudista de Marketing Digital da ClipEscola.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *