Afinal, o que muda na jornada de compra da geração Z?

Falar da geração Z é abrir espaço para o debate e a reflexão sobre o mundo moderno e as interferências da inovação tecnológica no comportamento de compras online do consumidor.

A urgência com que a geração Z se posiciona alterou o formato de vendas online e trouxe à tona a necessidade de rever conceitos para adequar e atender às exigências e expectativas de um público volúvel e dinâmico.

O objetivo deste post é explicar qual é o comportamento de compra online da geração Z e como se adequar a esses novos consumidores com ferramentas e atendimento direcionado e sem rodeios!

Qual o comportamento de compra online da geração Z?

A geração Z — composta por jovens nascidos entre 1995 e 2010 — é descolada, desapegada, gosta de visitar as lojas físicas para testar os produtos, mas realiza as compras no ambiente virtual.

Mesmo com acesso a computadores, ela gosta mesmo é dos dispositivos móveis. Os inseparáveis smartphones, para essa geração têm funções múltiplas e uma delas é de dar acesso aos aplicativos de diversas lojas de vendas online.

Os hábitos são bem diferentes das gerações passadas, quando a tecnologia e as redes sociais ainda eram uma realidade distante e o consumidor se deslocava até as lojas para adquirir seus produtos.

No cenário atual isso é diferente, com uma tecnologia móvel nas mãos, onde quer que esteja, um consumidor Z poderá efetuar uma compra com apenas alguns cliques. Ele está presente nas redes sociais e interage frequentemente com outros consumidores ligados nas tendências e novidades.

Outro aspecto interessante é que o público Z não se deslumbra facilmente com um produto e deseja algo sempre personalizado, intuitivo e surpreendente. Considerando que a velocidade com que as novidades chegam ao mercado está ainda mais acelerada, é uma geração que quer tudo sempre o mais rápido.

Dos alimentos aos jogos eletrônicos e equipamentos tecnológicos, esses jovens estão dispostos a pagar por produtos que ofereçam benefícios e experiências de compra diferenciadas e pesquisam até encontrar o que procuram.

Caso algo não seja como esperado, não hesitam em optar pelo abandono do carrinho e partir em busca de quem ofereça melhor atendimento, melhores oportunidades e uma experiência que realmente agregue valor.

Como se adequar a essa nova geração?

Levando em consideração o nível de urgência e exigência, é um público difícil de agradar e satisfazer, mas ele deixa rastros por onde passa e é possível formular uma compreensão sobre as preferências e opiniões por meio de análise das mensagens dos posts e comentários.

Introduzir o conceito omnichannel e disponibilizar acesso por diversos tipos de plataformas é uma boa forma de alcançar os consumidores da geração Z. Não ter limitação de tempo e recursos para realizar testes e compras, certamente, vai chamar e reter a atenção.

Se você deseja mesmo abarcar esse público, considere implantar a versão mobile da sua loja online. A geração Z está disposta a abrir mão de outros recursos, mas o smartphone é seu fiel escudeiro. Disponibilizar o acesso também por esse canal é abrir um leque de vantagens sobre a concorrência.

Como essa geração escolhe o que consumir?

Como é a geração do tato e do experimento, mesmo com uma personalidade ansiosa e cheia de vontades, ela age com cautela antes da decisão de compras. Observa e, sempre que possível, vai às lojas físicas para conhecer as funcionalidades de perto e constatar a eficiência.

Como se preocupam com a sustentabilidade e em fazer do mundo um lugar melhor para se viver, os jovens Z analisam a relação de custo-benefício não apenas sob o aspecto financeiro, mas de impacto no ambiente e nas outras pessoas.

Vamos entender alguns fatores sobre o comportamento da geração Z e a relação desenvolvida com o universo online.

Presença online

O consumidor na faixa etária da geração Z está presente nas principais redes sociais e ligado a tudo de novo que surge em todos os canais. As preferências são, comprovadamente, pelo Facebook, Instagram e Snapchat, sendo os dois últimos, líderes de audiência.

No Instagram, agora com versão Business, os vídeos curtos que promovem interação, diversão e informação chamam a atenção e despertam o interesse de comprar mais facilmente.

Os sites mais visitados são aqueles que criam mais aproximação mesmo dentro do ambiente virtual, ou seja, se a sua loja disponibilizar recursos como chatbots, acesso por diversas plataformas, facilidade de pagamento, espaço para comentários e respostas rápidas para dúvidas, haverá uma grande chance de fidelizar seus clientes.

Bom atendimento para ela é

Mesmo tão jovem, a geração Z se desenvolveu com propostas de mudança no mundo e no comportamento humano, por isso, não abre mão do respeito ao consumidor nem de ser ouvida quando necessário.

Apesar de o objetivo da loja ser vender e faturar, a conquista de um Z requer outros atributos que ele valoriza e considera para se tornar um cliente efetivo. Dê total importância à agilidade e mobilidade para que ele se sinta emocionalmente envolvido pela sua loja e decida comprar os produtos oferecidos.

Percepção do valor da marca e do produto

Já dissemos neste post que a geração Z tem por hábito realizar testes antes de efetuar a compra. Ela não se rende a uma propaganda facilmente e precisa de mais elementos para se convencer da qualidade e eficiência de um produto.

Se uma marca deixar claro, inclusive com descrições detalhadas, a eficiência e utilidade, será fácil a percepção do valor agregado, o que impulsiona a venda e um posterior aumento do ticket médio à medida que o consumidor Z perceber os ganhos da aquisição.

Qual o impacto ela causa nas vendas e na operação da empresa?

Os motivos para a geração Z dar preferência para uma determinada loja são diversos, por isso você precisa identificá-las para dialogar melhor com esse consumidor. A maioria efetua as compras em ambiente online por conveniência ou promoções, mas alguns podem ser atraídos também pela diversidade e agilidade da compra, sem precisar sair de casa.

Você pode começar pelo ambiente virtual da sua loja oferecendo um acesso ágil, agradável e intuitivo. A sugestão de produtos baseada nas buscas é outro aspecto a ser explorado que pode aumentar as taxas de conversão.

Quanto mais informação você puder gerar e disponibilizar, mais positivas serão as sensações do Z no ambiente da sua loja, o que torna a jornada de compras cada vez mais transformadora, contribuindo para a fidelização.

A mudança da cultura organizacional e preparação de toda a equipe para lidar com o perfil do consumidor pertencente à geração Z são fatores importantes para o seu negócio e para que o atendimento seja ainda mais voltado para a personalização e interatividade.

Lembre-se de que o consumidor da geração Z é muito bem informado e relacionado, o que obriga as lojas online a buscar sempre diferenciais competitivos mais agressivos que os da concorrência para aumentar as vendas e o faturamento da loja.

Você gostou deste post e quer saber mais sobre as mudanças do cenário do e-commerce e os impactos gerados pela transformação digital? Que tal assinar a nossa newsletter e receber conteúdos diversos na sua caixa de entrada? Até a próxima!

Texto: Blog da Iugu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *