logística

A importância da logística de transportes nas empresas

Quem tem um negócio precisa se adaptar aos novos cenários tecnológicos de compra e venda, que reforça ainda mais a importância de um bom planejamento no ramo do transporte e logistica.

Esse ramo atua desde a captação da matéria-prima, seu transporte até a indústria, recepção e estoque, produção de produtos e envio para os locais e depois, o transporte até o cliente.

Todo esse caminho foi resumido em três linhas, mas na prática, é um procedimento bastante amplo e complexo, que exige capacitação profissional.

O ramo da logística de transporte

Sem dúvidas, o ramo do transporte é um assunto bastante amplo e complexo. Não existe somente um tipo de transporte, ele pode ser feito por moto, carro, caminhão, ônibus, navio e avião.

Sendo assim, para cada tipo de transporte existe um tipo de habilitação e formação diferenciada para que esse trabalho seja feito com excelente e o produto chegue até o cliente dentro do prazo esperado.

E não somente o produto chegar até o cliente, mas toda a lógica de produção dentro da indústria e das empresas para ocorrer, depende um bom planejamento de logística de transportes por trás.

Para quem transporta um produto alimentício, por exemplo, existe o tempo de validade do produto e imprevistos podem causar a perda de todo o material.

Por isso, o profissional da logística de transportes atua para que tanto a matéria prima chegue em seu local desejado como sua comercialização.

Além dessa preocupação, as empresas têm notado uma mudança no consumidor, que faz muito mais compras pela internet de variados produtos.

Hoje é possível estar em Salvador, por exemplo, e comprar um produto que vem de Manaus ou do Rio Grande do Sul. Como isso chega até o cliente dentro do prazo previsto é o desafio da logística de transportes de ser mais rápida e eficiente.

No entanto, o cliente pode comprar também por aplicativos comida e bebidas que precisam ser entregues naquele momento. Por isso, muitas empresas têm realizado a contratação de uma empresa de motoboy para delivery, que é uma entrega rápida do produto.

As empresas que não contam com esse tipo de profissional, sem dúvidas, estão perdendo chances de vendas e de lucro empresarial.

O motoboy é importante para a empresa porque realiza esse serviço de forma rápida e prática, facilitando o deslocamento dos produtos e a redução de tempo no trânsito. Para ser motorista de moto, a pessoa precisa ter Carteira Nacional de Habilitação, na categoria A.

Tipos de motorista: como transportar passageiros?

Além da categoria A da habilitação, existem outras disponíveis no Brasil. A pessoa pode trabalhar não somente com o transporte de carga, mas também com o transporte de pessoas.

Para isso, provavelmente a pessoa precisará dirigir um veículo acima de 8 locais para pessoas. Para isso, ele precisa ser habilitado na  categoria D da CNH e já possui carteira de habilitação na categoria B (para veículos) ou C (para caminhões).

Além disso, a pessoa precisa realizar um curso de transporte de passageiros, que é especializado podendo ser tanto para quem dirigirá o transporte coletivo, como ônibus de viagens e vans. Diversas empresas oferecem esse curso e é importante que o aluno busque por uma que tenha credibilidade no mercado.

Para obter essa CNH e fazer o curso, a pessoa deve ser maior de 21 anos e não ter infrações graves ou gravíssimas em um prazo de um ano anterior. Além disso, a pessoa não pode ter tido sua CNH suspensa ou cassada.

No curso, o motorista aprenderá disciplinas como:

  • Direção defensiva;
  • Primeiros socorros;
  • Legislação de trânsito;
  • Como se comportar no trânsito.

Além disso, o motorista pode aprender também a recarregar extintores em locais especializados, com o objetivo de prevenir acidentes que envolvam principio de incêndio.

Após alguns anos, o motorista que já possui esse curso, pode buscar uma especialização novamente para aprender ainda mais.

O que você precisa saber sobre a lei de crimes ambientais?

Para quem conduz um veículo ou para as empresas de modo geral, independentemente do segmento, como empresas de ferramentaria, é importante se atentar aos cuidados e preservação com o meio ambiente.

É importante buscar uma preservação ambiental, mesmo com o desenvolvimento econômico, visando manter fauna, flora e os recursos naturais.

É importante desenvolver também politicas de preservação ambiental dentro da empresa, assim como um manejo e gerenciamento de resíduos, com o a intenção de evitar a poluição e preservar os recursos hídricos.

Isso é uma atenção também ao motorista que dirige cargas pesadas, explosivas, tóxicas e perigosas, onde o cuidado ambiental deve ser redobrado.

Para preservar o meio ambiente, a lei dos crimes ambientais foi criada para punir empresas que desrespeitam o meio ambiente.

Por exemplo, empresas que não preservam a vida dos animais, que realizam distribuição do meio ambiente pelo corte das árvores ou remoção de floresta nativa, assim como que contribui para a poluição ambiental, serão multadas com risco de serem fechadas.

Essas empresas precisam seguir as legislações ambientais, inclusive no transporte, em procedimentos de importação e exportação de substâncias consideradas nocivas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *