6 formas de tornar a sua casa mais funcional e prática

Sua casa é funcional? Se você não sabe o que é isso, é bem possível que não e, nesse caso, talvez você precise ser apresentado a esse conceito. Não é nada complicado, um ambiente funcional é simplesmente aquele que facilita a praticidade no dia a dia.

Ambientes mal planejados provavelmente estão dificultando a sua rotina mais do que você imagina. Mas, calma, algumas adaptações simples, como integrar espaços pequenos, podem resolver o problema.

Depois dessas dicas, sua casa nunca mais será a mesma. Ainda bem!

Analise os hábitos da casa

Essa é a dica mais importante de todas e vai influenciar na aplicação de todas as outras. Não adianta planejar mudanças para tornar a sala de jantar mais funcional, se na verdade, você e sua família fazem a maior parte das refeições na cozinha.

Por isso, antes de começar a pensar no que mudar, é fundamental pensar nas suas necessidades e no que facilitaria a sua vida. Vale fazer uma lista de como é um dia comum na sua casa e perguntar para cada pessoa o que ela acha que faz falta. 

Após avaliar a rotina, pense nos móveis e acessórios que fazem parte dela. Seu sofá é confortável? Você tem uma mesa e uma cadeira ergonômicas para trabalhar? Quando chega, tem um lugar onde colocar as chaves e a bolsa? Se alguma das respostas for não, pode ser uma boa ideia começar por aí.

Evite móveis grandes

Num espaço funcional, quase sempre vale aquela regra de que o menos é mais. Afinal, nada mais incômodo do que esbarrar em móveis ao se locomover pelo ambiente ou ter dificuldades para limpar algum cantinho.

Pensando nisso, aquele sofá enorme ou aquela mesa de oito lugares podem não ser ideias tão boas assim, se você não tem cômodos grandes. Aliás, mesmo que o espaço seja suficiente, esse tipo de móvel costuma ser pesado visualmente, além de difícil de movimentar.

Tenha uma fita métrica

Antes de comprar qualquer móvel é importante medir o espaço em que pretende colocá-lo e comparar com as dimensões do objeto. Lembre-se de que o móvel precisa caber confortavelmente no espaço, ou seja, ele precisa medir pelo menos alguns centímetros a menos.

Invista em itens multifuncionais

Sofá-cama, estante que vira mesa, cama com baú para guardar sapatos e outros móveis com mais de uma função têm tudo a ver com a funcionalidade, especialmente se você vive em uma casa ou apartamento com espaço reduzido.

Monte o espaço aos poucos

A ansiedade em ver a decoração pronta faz com que a gente queira comprar e montar tudo de uma vez, mas essa nem sempre é uma boa ideia, mesmo que você tenha um bom projeto. O motivo é que a gente só sabe como vai usar o espaço, fazendo isso.

É uma boa ideia comprar primeiro só os móveis principais, como sofá, mesa e estante para a sala, por exemplo. Com poucos dias habitando aquele ambiente você já vai perceber onde uma prateleira, aparador ou uma simples lixeira fazem falta.

Na cozinha essa dica é especialmente importante, porque você provavelmente vai precisar preparar algumas refeições antes de entender qual é o melhor lugar para colocar cada utensílio e, que instalar algumas coisas, como facas e temperos, na parede facilita a vida.

Não se esqueça dos detalhes

Os detalhes fazem toda a diferença na hora de deixar um ambiente funcional e aconchegante. Se você costuma beber sentado no sofá, pode pensar em um aparador do lado ou até mesmo em um daqueles suportes para copo adaptados para o braço do móvel. 

Se você gosta de se jogar no sofá, não é uma boa ideia investir naqueles modelos estilo anos 50, feitos para quem senta “direitinho”. Se o seu espaço é pequeno e você precisa de um sofá compatível, pense em puffs ou banquetas que pode usar para apoiar as pernas. 

Texto: Gear Seo 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *