condomínios

Serviços terceirizados atendem demandas de condomínios

A ocupação de território, durante o desenvolvimento dos municípios, provocou uma série de adaptações dos espaços, com instalações imobiliárias que variam entre condomínios, estabelecimentos comerciais, equipamentos públicos, como escolas e hospitais, e zonas industriais.

O poder público é responsável pela organização dos espaços, determinando um zoneamento apropriado para cada situação.

Para facilitar a centralização de serviços e adequar a mobilidade urbana, as construtoras e incorporadoras imobiliárias passaram a oferecer imóveis em um novo esquema de ocupação.

Dessa forma, surgiram os condomínios, que podem ser residenciais, industriais ou comerciais, sendo que em alguns casos, há uma mescla de residências e comércios que se complementam, assim como serviços disponíveis em um mesmo conglomerado.

Para as fábricas e indústrias, assim como a zona rural, locais afastados dos centros urbanos, próximos a estradas e rodovias que facilitam o escoamento dos bens de consumo produzidos nesses locais.

Centralização responsável facilita a administração

O mercado crescente de condomínios residenciais, comerciais e industriais promoveram o surgimento de diversos serviços que são de responsabilidade particular. Com isso, surgiram os:

  • Síndicos profissionais;
  • Zeladores prediais;
  • Profissionais autônomos especializados;
  • Serviços de segurança e limpeza patrimonial.

A gestão de uma área particular passou a ser responsabilidade das pessoas que ocupam o espaço, ou seja, os moradores, empreendedores, comerciantes, empresários e industriários.

A contratação de mão de obra qualificada passou a fazer parte da rotina dessas pessoas, que encontraram na empresa de administração de condominios uma solução apropriada para cuidar de todos os aspectos funcionais, assim como de serviços burocráticos necessários para que tudo seja organizado adequadamente.

Essas empresas contam com profissionais de diferentes áreas de atuação, como contabilidade, direito civil e imobiliário e administração.

Dessa forma, tudo que diz respeito a um condomínio fica centralizado em um único local, para melhor atender quem precisa de diversos serviços.

Vale ressaltar que, uma administradora de condominios industriais também podem atender outros segmentos, como condomínios residenciais, comerciais e empresariais.

Elas cuidam da gestão administrativa, financeira e também dos recursos humanos.

A diferença é que cada setor tem suas características próprias, que demandam conhecimento específico em áreas como ocupação territorial, mobilidade urbana, modelos de zeladoria e atendimento específico ao cliente final.

No caso de condomínios residenciais, os moradores são a parte interessada, podendo solicitar explicações sobre determinados gastos ao síndico e aos administradores, assim como a contratação de serviços esporádicos ou de presença constante, como segurança e limpeza patrimonial.

Controle de acesso e limpeza terceirizados

As empresas que trabalham com administração de condomínios, podem trabalhar em parceria com outras empresas, como prestadoras de serviços que fazem a segurança e limpeza patrimonial.

Os condomínios são construídos para aumentar a sensação de segurança, por isso a contratação de uma empresa de portaria logo no início da ocupação dos imóveis é necessária.

Esse controle de acesso permite a entrada apenas de pessoas cadastradas ou com alguma autorização vigente.

Com o passar do tempo, apenas pessoas devidamente identificadas podem entrar nas dependências, de acordo com a característica do condomínio.

Apenas como curiosidade, os shoppings centers são condomínios comerciais, mas a entrada livre nas dependências é permitida em determinados períodos.

Nesse caso, os lojistas são as pessoas que podem ter acesso em horários diferenciados, seja para a recepção de matéria-prima ou produtos para revenda.

empresa de portaria e limpeza pode ser contratada para cuidar das áreas comuns, já o interior das casas e apartamentos são de responsabilidade dos proprietários.

Por isso, as calçadas e corredores internos, além de equipamentos como escadas e elevadores, devem ser protegidos e limpos pelos profissionais contratados.

Empresas devem apresentar relatórios

Os documentos relacionados a um condomínio, como balancetes mensais sobre os gastos, devem ser apresentados em reuniões de moradores, lojistas ou industriários, dependendo da situação.

As administradoras podem solicitar esses documentos quando há uma terceirização contábil entre os serviços contratados. Os gastos devem ser apresentados de maneira clara e objetiva, a fim de esclarecer qualquer dúvida sobre os números presentes nas planilhas.

Por fim, é importante destacar que a função de um síndico não deve ser descartada, assim como a presença de uma zeladoria para acompanhamento dos trabalhos realizados dentro do condomínio, como a verificação de serviços constantes necessários.

Ambos os profissionais trabalham em conjunto com a administradora de condomínios, de acordo com as demandas solicitadas, mesmo que seja necessário fazer a compra de equipamentos de higiene hospitalar para atendimento ao público, dentro de um shopping center.

Com essa complementação e esforço nos trabalhos realizados, fica mais fácil manter as contas do condomínio em dia, assim com a contratação de empresas adequadas para prestação de serviços que demandam capacitação técnica e ferramentas adequadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *