Vale a pena pedir um empréstimo para viajar?

Viajar é uma das melhores coisas da vida. Mas, será que vale a pena pedir um empréstimo e se endividar para realizar esse sonho?

Essa é a dúvida de muita gente que passa o ano todo sonhando em poder conhecer novos lugares, mas não consegue guardar dinheiro para isso. Entra ano, sai ano e o sonho sequer acaba saindo do papel.

Com o tempo vem o desânimo e aquele sentimento de que talvez, um empréstimo pudesse ter sido a solução para uma vida mais feliz. Todavia, apesar da sedução, é preciso ter alguns cuidados antes de tomar essa decisão.

Avaliando cuidadosamente o empréstimo

Um dos principais pontos que se deve considerar antes de tomar um empréstimo é a taxa de juros e a forma de pagamento do mesmo. Essas duas questões são fundamentais para evitar inadimplência e complicações futuras.

Emprestar um dinheiro para realizar um sonho pode ser interessante. Mas, é importante se perguntar: eu terei condições de pagar esse empréstimo? No final das contas, quanto sairá a mais essa viagem para mim?

Ambas questões estão relacionadas com a taxa de juros e com o prazo para pagamento do empréstimo. Sendo assim, é essencial consultar linhas de crédito, avaliar condições de pagamento, garantias, entre outros aspectos antes de tomar um empréstimo.

Muita gente acredita que concentrar os gastos no cartão de crédito e depois optar pelo parcelamento é uma boa opção. Contudo, esse é um verdadeiro engano, pois a taxa de juros do cartão é bastante alta, e pode dessa forma, prejudicar as finanças da pessoa.

E há linhas de crédito melhores no mercado?

Com a queda da taxa SELIC, passaram a existir linhas de crédito no mercado com juros bem abaixo do cheque especial e do cartão de crédito. Um exemplo são os empréstimos consignados que cresceram exponencialmente nos últimos anos.

Essa modalidade de empréstimo, por ser retida diretamente na fonte possui uma taxa de juros até cinco vezes menor. Isso sem contar que os prazos para pagamento também são mais estendidos.

Em outras palavras, esse é um tipo de empréstimo que pode valer a pena para realizar uma viagem. Uma outra opção são os empréstimos com garantia que também possuem uma taxa de juros mais atraente.

Nesses casos, pode sim, valer perfeitamente a pena tomar um empréstimo para realizar um sonho latente. Contudo, é preciso também avaliar o grau de endividamento, pois mesmo os juros sendo atrativos, o valor das parcelas precisam caber dentro do bolso.

E qual é um bom grau de endividamento para evitar problemas?

É difícil dizer de forma objetiva quanto que uma família pode se endividar. Tudo é bastante relativo, sendo que há inúmeras variáveis que podem colaborar para isso.

Por exemplo, a renda familiar é uma delas. Uma família que possui uma renda que normalmente é consumida somente pelos bens básicos terá mais dificuldade em aumentar o seu endividamento.

Por outro lado, uma família que consegue todo mês gastar com supérfluos pode fazer um planejamento e despender um valor maior para pagar uma parcela de um empréstimo. Por essa razão determinar um valor é bastante relativo.

Todavia, de acordo com o Banco Central do Brasil, há uma tolerância de endividamento de uma família de até 30% da renda bruta. Isso quer dizer que uma família que ganha aproximadamente R$ 2 mil poderá tomar empréstimos cuja parcela seja inferior a R$ 600,00.

Embora esse seja um cálculo feito pelo BC como forma de orientar as instituições bancárias no fornecimento do crédito, ele não pode ser tido como uma verdade absoluta. Pois, o fundamental é avaliar mensalmente se tal valor não irá pesar no orçamento.

Realizando o sonho de poder viajar tomando um empréstimo

Conforme vimos neste artigo, o ideal é que uma pessoa opte pela capitalização. Ou seja, guarde um valor mensalmente para fazer a viagem dos seus sonhos.

No entanto, caso isso não seja possível, tomar um empréstimo para viajar pode ser uma boa opção, desde que a taxa de juros e o valor das parcelas não sejam nocivos na renda mensal da família.

Um bom planejamento financeiro pode garantir uma boa tranquilidade. E um empréstimo bem analisado pode ser uma excelente alternativa para tirar do papel aquela viagem dos sonhos que você não vê a hora de fazer!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *