Saiba como escolher o aquecedor a gás ideal para o seu projeto

Você está na fase de planejamento do seu tão sonhado apartamento. Esse inegavelmente é um momento especial na vida de muitas pessoas, mas que exige muito planejamento e atenção com todos os detalhes.

E o sistema de aquecimento a gás é um deles.  Atualmente a maioria dos prédios já são construídos com um sistema pronto para a instalação do aquecedor a gás, porém muitas pessoas ficam com dúvidas sobre qual o aquecedor a gás ideal para a sua necessidade, sobre as características desses equipamentos e também sobre como fazer a escolha do modelo correto.

Nesse momento é muito importante ter o máximo de informações sobre o equipamento, sobre as características do local de instalação, os pontos de consumo que deseja utilizar, bem como se informar sobre a rede hidráulica e de gás do local.

Como você pode notar, são muitos os fatores que devem ser levados em consideração no momento de escolher o aquecedor a gás ideal. Acompanhe esse artigo e fique por dentro de tudo o que você deve se atentar para fazer a escolha correta e poder usufruir de todos os benefícios que esse equipamento pode proporcionar.

Características do imóvel 

Antes de mais nada, é muito importante ficar atento a alguns pontos. O local de instalação do aquecedor precisa obrigatoriamente ter uma tubulação hidráulica específica para os pontos que vão receber o aquecimento, além de uma tubulação e ventilação para o aquecedor.

Como mencionamos, a maioria dos novos empreendimentos já possui a infraestrutura pronta para instalação, por isso você deve verificar com o construtor qual o tipo de tubulação foi instalada no local.

No caso de apartamentos localizados em andares superiores, é muito importante ficar atento a questão da pressão da água (ou a falta dela). O aquecedor a gás obrigatoriamente precisa de uma pressão mínima para o seu funcionamento, e em algumas situações pode ser que você precise de um pressurizador para compensar a falta de pressão.

Quantos pontos serão atendidos

É fundamental também ter em mente quantos locais você deseja aquecer. Nesse caso, o mais importante é definir os locais que serão atendidos pelo aquecedor a gás de forma simultânea, já que cada tipo de aquecedor suporta uma capacidade máxima de vazão simultânea. Por isso você precisa levar em consideração a vazão máxima de cada ponto de consumo que serão alimentados pelo aquecedor.

Qual o tipo de gás? 

Para empreendimentos novos, normalmente será utilizado o gás natural (GN). Ele é fornecido por encanamento vindo da rua. De qualquer forma, você precisa antes de mais nada saber qual o tipo de gás que é fornecido no edifício, já que também pode ser o Gás Liquefeito de Petróleo (GLP).

Você pode conferir tudo sobre os tipos de gás nesse outro artigo

Aquecedor a gás mecânico ou digital 

Outro ponto importante sobre a definição do aquecedor a gás ideal é a escolha pelo modelo mecânico ou digital. Nos modelos digitais você pode configurar no display digital a temperatura exata que a água vai chegar nos pontos de consumo.

Além disso eles mostram diversas informações que acabam facilitando a vida do usuário. Como, por exemplo, códigos de erro, o que facilita muito a identificação de eventuais problemas com o equipamento.

Já os aquecedores mecânicos não possuem um display digital, você obrigatoriamente precisa configurar manualmente a temperatura desejada. Outro ponto importante diz respeito a capacidade de vazão de cada modelo, já que os aquecedores mecânicos só possuem no máximo vazão de água de 20 litros/minuto.

Outra diferença marcante diz respeito a modulação da chama do equipamento. Os modelos digitais possuem uma capacidade de modulação da chama que determina a potência de acordo com a vazão de água.

Já nos aquecedores mecânicos, a chama não se adéqua ao seu volume como nos modelos digitais. Consequentemente esses modelos não são os mais recomendados para suprir a demanda de pontos simultâneos de consumo.

Tipos de exaustão

Outro detalhe muito importante para escolher o aquecedor a gás ideal diz respeito ao seu tipo de exaustão. Ele pode ser por exaustão natural ou forçada. Na exaustão forçada, o equipamento utiliza uma ventoinha para expulsar os gases provenientes da combustão. Já na exaustão natural, os gases provenientes da combustão saem diretamente pelas chaminés.

Importante destacar que todos os aquecedores digitais possuem exaustão forçada. Para um projeto focado para apartamentos, definitivamente os modelos de exaustão forçada são a melhor escolha.

Como fazer a escolha correta para sua demanda 

Independente da escolha do modelo, é fundamental procurar uma empresa credenciada junto aos fabricantes para fazer a instalação do equipamento. Uma instalação inadequada pode não apenas comprometer o seu pleno funcionamento como também colocar em risco a sua vida, de seus familiares e até mesmo dos outros moradores do condomínio.

Escolhendo a empresa certa, você vai conseguir reunir o maior número possível de informações relevantes sobre a escolha do aquecedor a gás ideal, o local exato de instalação do equipamento bem como as melhores dicas sobre a sua correta utilização.

Se você está finalizando o seu projeto e vai precisar de um aquecedor a gás para o seu novo apartamento, preencha o formulário de orçamento e descubra todo o potencial de marcas como Rinnai e Rheem!

 

Texto: Aquecenorte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *