Quais equipamentos médicos os cuidadores de idosos devem ter?

Quais equipamentos médicos os cuidadores de idosos devem ter? Para profissionais que atuam no cuidado e assistência aos idosos, ter equipamentos para verificação dos sinais vitais é essencial, a fim de monitorar os mesmos e poder socorrê-los em situações de risco.

Confira aqui neste artigo os principais equipamentos necessários para atuar nessa profissão.

Por que é importante que os cuidadores de idosos tenham equipamentos médicos para verificar sinais vitais?

O cuidado com idosos deve ser completo, ao fazer o curso de cuidador de idosos, os profissionais aprendem quais os itens são utilizados para monitorar os pacientes e manter suas condições de saúde segura, reportando quaisquer alterações observadas.

Sem o uso dos equipamentos médicos para monitorar os sinais vitais, os pacientes podem correr risco de saúde e até mesmo chegar a ter complicações, caso não seja relatado para o médico responsável suas condições de saúde.

O que são sinais vitais?

Os sinais vitais incluem temperatura corporal, frequência cardíaca (pulso), frequência respiratória (respiração) e pressão arterial. Conforme a pessoa envelhece, seus sinais vitais podem mudar dependendo de quão saudável ela é.

Alguns problemas de saúde podem causar alterações em um ou mais de seus sinais vitais, sendo necessário verificá-lo com frequência, como é o caso de pessoas com diabetes que precisam da verificação constante de glicose.

Verificar seus sinais vitais ajuda seu médico a monitorar sua saúde e quaisquer problemas que possa ter decorrente da mesma.

Temperatura

A temperatura normal do corpo não muda significativamente com a idade. No entanto, à medida que você envelhece, fica mais difícil para seu corpo controlar sua temperatura.

Uma diminuição na quantidade de gordura sob a pele torna mais difícil manter o calor corporal. O idoso pode precisar usar várias camadas de roupas para se aquecer.

Além disso, a febre é um sinal importante de doença em idosos. Muitas vezes, é o único sintoma de uma doença por vários dias.

A febre também é um sinal de infecção. Quando uma pessoa idosa tem uma infecção, seu corpo pode não ser capaz de produzir uma temperatura mais alta.

Por este motivo, é importante verificar outros sinais vitais, bem como quaisquer sintomas ou sinais de infecção.

Frequência cardíaca e respiratória

Conforme a pessoa envelhece, sua pulsação é mais ou menos a mesma de antes. No entanto, quando você se exercita, pode levar mais tempo para o pulso aumentar e mais tempo para diminuir novamente mais tarde.

Sua frequência cardíaca máxima com exercícios também é menor do que quando você era mais jovem.

A frequência respiratória geralmente não muda com a idade. No entanto, a função pulmonar diminui ligeiramente a cada ano com a idade. Pessoas mais velhas saudáveis ​​geralmente podem respirar sem esforço.

A contagem da quantidade de batimentos cardíacos e movimentos respiratórios por minuto é essencial para descartar: bradicardia, taquicardia, apneia, taquipneia, dispneia e outras situações de alerta.

Pressão arterial

Os idosos podem ficar tontos quando se sentam muito rapidamente. Isso se deve a uma queda repentina da pressão arterial. Este tipo de queda na pressão arterial ao se levantar é denominado hipotensão ortostática.

O risco de desenvolver pressão alta (hipertensão) aumenta com a idade. Outros problemas cardíacos comuns entre adultos mais velhos incluem:

  •         Pulso muito lento ou pulso muito rápido.
  •         Problemas de ritmo cardíaco, como fibrilação atrial, etc.

Quais equipamentos médicos o cuidador de idosos deve ter?

Agora que sabemos o que são sinais vitais e qual a importância de verificá-los regularmente, é hora de saber quais os equipamentos médicos o cuidador de idosos deve ter.

De acordo com os sinais vitais a serem verificados é essencial que o cuidador tenha em mãos os seguintes equipamentos:

Aparelho de pressão digital – Neste aparelho, além da pressão arterial é verificada a frequência cardíaca do paciente.

Termômetro digital – Para verificar a temperatura com o sensor, sem precisar esperar muito tempo, podendo ser utilizado em diferentes pacientes.

Oxímetro de pulso – Com este equipamento é possível verificar o nível de oxigênio no sangue e respiração por minuto.

Monitor de glicemia – Há pacientes que têm o seu próprio aparelho para verificar glicemia, mas é importante que tenha o mesmo em mãos em caso de emergência.

 Esses são os equipamentos médicos básicos que um cuidador de idosos deve ter para verificar os sinais vitais e ficar alerta em relação às condições de saúde dos pacientes. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *