Equipamentos de segurança necessários para começar uma obra

Quando o assunto é construção civil, um dos principais pontos de atenção para todos os envolvidos na área é sobre segurança.

A importância quando o assunto é de segurança, vem pela explicação de que a área de construção civil é um dos setores que mais sofrem acidentes.

Pois é o setor que detém a quinta posição, quanto ao número de ocorrências e o segundo em fatalidades. Segundo o Anuário Estatístico da Previdência Social, o setor é responsável por 16% das mortes de trabalhadores no Brasil.

A importância da segurança na construção civil

Afirmando ainda mais a importância da área de gestão de segurança do trabalho.

A questão mais crítica deste assunto, é que a maioria dos acidentes que ocorrem em obras poderiam ser evitados.

Se a pessoa acidentada tivesse seguido protocolos e normas de segurança, apresentados pela empresa. É neste ponto que o técnico em segurança do trabalho atua.

A segurança deve ser a primeira e última coisa a ser considerada por engenheiros, arquitetos e equipe de colaboradores dentro e fora de uma obra.

Antes mesmo das paredes serem levantadas, os protocolos de segurança para aquele projeto de engenharia devem ser concretizados e instruídos para todos os envolvidos.

Para se colocar em perspectiva, a burocracia que envolve a segurança nos locais de trabalho, vai muito além dos avisos e sinais espalhados pela obra e cursos aplicados durante o exame admissional.

Como obter mais segurança durante construções e reformas?

Nas grandes empresas, normalmente, existe uma área responsável por este serviço e mesmo com tanto esforço, tempo e fundos, ainda são frequentes os acidentes em obras no Brasil.

Já em ambientes com menos de 20 trabalhadores, é preciso criar e aplicar um

Programa de Prevenção de Riscos Ambientais, que visa, basicamente, preservar a saúde, bem estar e integridade dos trabalhadores.

Por meio de ações preventivas de preparação, reconhecimento, avaliação e controle sobre situações de riscos, que venham a existir no local de trabalho.

Exemplos como o uso obrigatório de uma bota de segurança ou um oculos de proteção dentro de determinados ambientes de trabalho, vem deste programa.

Este programa consiste por alguns pontos específicos, eles são:

  • Reconhecimento de possíveis riscos e antecipar medidas preventivas;
  • Determinação de prioridades e elaboração de métodos de análise e controle;
  • Avaliação dos riscos e da exposição que os trabalhadores estarão expostos;
  • Aplicação do protocolo de controle e avaliação de sua eficácia;
  • Monitoramento da exposição aos riscos presentes no ambiente de trabalho;
  • Registro e divulgação dos dados.

Dentro de uma obra, existem profissionais que são responsáveis pela segurança de todas as pessoas que estão ou poderão algum dia, estar envolvidas com a obra ou com a estrutura a ser construída em si.

Portanto, respeitar as normas e regras apresentadas por estes profissionais, é crucial para o bem-estar de todos durante a construção e depois de sua finalização.

Quais são os acidentes mais comuns em obras?

Quando todos os procedimentos de segurança são seguidos, as chances de algum acidente acontecer são mínimos. É preciso muito azar para que algo aconteça dentro da obra.

E que possa prejudicar as pessoas que estão trabalhando nela, mas mesmo, assim acidentes acontecem, portanto, é importante conhecer as maiores causas de acidentes em obras.

Queda

Este tipo de acidente pode ser considerado o mais comum em obras. Isso ocorre em razão de que os trabalhos dentro dos canteiros de trabalho, envolvem serviços realizados em altura.

Demandando muita atenção, para quem está no alto quanto embaixo, pois existe a chance de queda do trabalhador.

Além de materiais e ferramentas sobre as pessoas que se encontram num nível abaixo. Portanto, use sempre um capacete de segurança quando se estiver em uma obra.

Sinalização deficiente e desorganização

Por envolver ferramentas e materiais que podem causar danos substanciais, é importante que tudo seja controlado e sinalizado, prevenindo possíveis acidentes.

Mau uso de ferramentas e equipamentos

Normalmente, trabalhadores de construção civil utilizam ferramentas, que demandam um determinado de nível técnico, para realizar suas funções.

Para isso, é importante a realização de treinamentos e instruções de uso, para cada ferramenta, material e equipamento de proteção.

Choques elétricos

As ferramentas utilizadas pelos trabalhadores, normalmente, utilizam energia para funcionar e se estiverem em péssimas condições, podem causar problemas durante o uso.

Além disso, a instalação elétrica de um edifício, é uma das partes mais perigosas e complexas de uma obra.

Negligência

Como citado anteriormente no texto, este é o ponto mais importante. A atenção e o cuidado em respeitar e cumprir todas as normas de segurança do trabalho na construção civil.

Isto impede eficientemente uma grande porção dos acidentes em obras, sendo imprescindível a enfatização deste ponto, como outros citados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *