Consórcio de apartamento: vale a pena?

O consórcio surgiu na década de 60, quando ainda não havia opção de financiamento.

Um grupo de funcionários do Banco do Brasil teve a ideia de criar um tipo de poupança conjunta que possibilitasse que todos fizessem esse investimento certeiro para comprar um automóvel. 

Com isso, eles criaram o alicerce do sistema que hoje é fiscalizado pelo Banco Central e administrado por outras empresas que investem em consórcios de todos os setores, inclusive o imobiliário. A compra de um imóvel é o maior sonho da vida de muitas pessoas. No entanto, na maioria das vezes, alcançar esse objetivo não é tão simples. Por esse motivo, muitos se perguntam se vale a pena fazer um consórcio de apartamento.

A modalidade de consórcio imobiliário tem crescido cada vez mais, possibilitando que até mesmo quem possui um orçamento financeiro limitado consiga adquirir um apartamento próprio. Se você quer saber se realmente vale a pena, leia este artigo até o final e descubra.

O que é o consórcio?

O conceito do consórcio é bem simples: uma administradora reúne um grupo de pessoas que possuam um objetivo em comum (adquirir um bem) e estejam dispostas a pagar um valor mensal para conquistá-lo. Assim, é formado o chamado “caixa” do grupo.

Depois disso, graças a esse caixa, regularmente um número estipulado de membros do grupo recebe uma carta de crédito para ser utilizada na compra do bem  desejado. Essas cartas de crédito podem ser atribuídas de duas maneiras: por meio de sorteio ou por lance. 

O sorteio é feito com base nos resultados da Loteria Federal, utilizando o número da cota de consórcio que a pessoa adquiriu. Se esse número for sorteado, a pessoa recebe a carta de crédito.  Há outra forma de sorteio que é feita pela própria administradora.

Na outra modalidade, por lance, há uma espécie de leilão em que os consorciados podem oferecer valores para receberem o crédito. O vencedor é quem oferece o maior lance. Os consorciados que não forem contemplados por lance ou sorteio recebem a carta de crédito no final do prazo de duração do grupo.

Vantagens do consórcio de apartamento

Um dos principais benefícios do consórcio imobiliário é a facilidade, sobretudo em comparação ao financiamento bancário, em que a instituição financeira possui uma série de exigências. Em resumo: para entrar em um consórcio basta comprar uma cota e pagar as prestações em dia. Dessa forma, já é possível concorrer aos sorteios e ofertar lances.

Além disso, o valor do consórcio é também bem mais baixo do que os gastos de um financiamento, visto que não há incidência de juros, apenas uma taxa de administração. Consequentemente, o preço final do apartamento é menor via consórcio do que seria se ele fosse comprado por meio de crédito imobiliário, que incide taxas, seguros e juros.

Ainda, vale ressaltar que o consórcio financia 100% do imóvel e que, como a carta de crédito possui liquidez imediata, ela tem o mesmo poder de negociação e compra do pagamento à vista em dinheiro.

Desvantagens

O consórcio deve ser encarado como um investimento a longo prazo, a não ser que o consorciado tenha dinheiro suficiente para ofertar um lance vencedor ou tenha a sorte de ser contemplado via sorteio. Isso significa que se a pessoa precisa rapidamente do apartamento, o consórcio não é indicado.

A possibilidade de não ser contemplado antes do encerramento do grupo faz com que, durante o tempo de duração do consórcio, o consorciado tenha que arcar com outras despesas de moradia, como aluguel e condomínio, por exemplo.

Também é bom considerar que o consórcio pode sofrer algum tipo de reajuste em proporção menor à da valorização do apartamento nesse período. Caso isso aconteça, quando a carta de crédito chegar até o consorciado, ela pode não ser suficiente para adquirir o tão sonhado apartamento.

Vale a pena?

Se você não tem pressa ou urgência em receber o apartamento, mas possui um montante suficiente para ofertar um lance vencedor e receber a carta de crédito, o consórcio de imóveis pode ser um excelente investimento.

Texto: Gear Seo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *