Como gastar menos com a reforma da minha empresa?

Para qualquer negócio, é importante manter uma boa aparência na infraestrutura proporcionando conforto e bem-estar aos funcionários, assim como passando uma impressão boa para clientes e fornecedores. 

Então, se as paredes estão trincadas ou desbotadas, banheiros ou cozinha que vivem em manutenção, bem como decoração desatualizada, são indícios de que a sua empresa está precisando de uma reforma. 

Claro que para isso dar certo e ser feito de forma econômica, é preciso tomar muito cuidado na hora do planejamento, para que seja bem-sucedido. 

Quer saber como garantir a qualidade do material de construção gastando pouco? Confira as nossas dicas para fazer a escolha certa na hora de comprar.

Qual o melhor momento para reformar a minha empresa?

Antes de detalhar o projeto, você precisa definir qual o melhor momento para fazer a reforma, afinal, interfere na produtividade da sua empresa. Ou seja, fique atento na previsão de execução de obra e os períodos que são mais críticos na rotina anual da sua empresa.

Para definir o primeiro, é preciso calcular o tempo necessário com a equipe responsável pela reforma, levando em conta uma margem de erro para possíveis imprevistos.

Por exemplo, atraso na entrega de material de construção ou móveis, retrabalho e tempo de chuva.

Com o tempo estimado da reforma, analise o calendário da empresa para verificar qual setor seria mais prejudicado na obra ou o momento em que menos pessoas trabalham. 

Duas soluções simples para que a reforma aconteça sem prejudicar a produtividade da sua empresa é alugar um local para realocar seus funcionários ou até mesmo organizar férias coletivas para dar andamento a reforma.

Agora que você decidiu o momento oportuno para realizar a reforma na sua empresa, confira as dicas para você gastar menos com material de construção, mas sem perder a qualidade.

Como gastar menos com material de construção na reforma da empresa

Geralmente, as pessoas acabam gastando muito nas reformas por não terem um bom planejamento, não levando em conta os materiais de construção, prazos e profissionais necessários para garantir o sucesso da reforma.

De acordo com o Custo Unitário Básico (CUB) com a construção civil, os custos médios da mão de obra em uma reforma representam 61%, já os materiais, 35% e as despesas administrativas 3%. 

Ou seja, os profissionais qualificados obviamente vão cobrar mais pelos serviços que serão prestados, mas vão garantir segurança e qualidade na reforma do seu negócio. E nesse caso, é melhor não economizar, porque muitas vezes o barato sai caro. 

Mas, é possível economizar na hora de comprar material de construção. Quer saber como? Vamos para as dicas!

Defina prioridades

Com a equipe de reforma, defina qual a prioridade do projeto e o que é dispensável por hora. 

Saiba quais são os pontos mais críticos e que precisam urgentemente de uma reforma, desde a parte elétrica, hidráulica e na infraestrutura do imóvel, tanto na parte de decoração.

A partir disso, você consegue definir o que é essencial para a reforma. Faça uma lista das coisas que são prioridade e assim, fica mais fácil fazer as compras.

Pesquise

Agora que você já definiu as prioridades, é importante saber quais materiais de construção são necessários para efetuar a obra com qualidade, sem prejudicar o trabalho final. 

Peça a opinião dos profissionais que você contratou, para saber as marcas que eles recomendam, antes de pedir um orçamento.

 

Compare o valor dos produtos com similaridade próxima, em todas as lojas que for pesquisar. Com os preços em mãos, você consegue definir qual material de construção está dentro do seu orçamento, sem perder a qualidade do produto.

Mas, vale lembrar que certos materiais, como pisos, revestimentos e tintas prolongam a vida útil da obra e reduzem a frequência de manutenções, ou seja, não economize nesses materiais.

Outra dica é diversificar os fornecedores, negociar o máximo possível para garantir o melhor preço. 

Você pode recorrer à internet, mas caso faça compra em loja física, evite as tentações e não se deixe levar pelo incentivo dos vendedores, tenha em mãos a lista de compras, com os valores das outras lojas para você comparar e não comprar por impulso.

Compre de forma consciente

A quantidade dos materiais de construção a serem comprados também é importante na hora de economizar. 

Os pisos por exemplo, a dica é ter o cálculo exato do quanto a sua reforma vai precisar e adicionar apenas a sobra indicada pelo fabricante.

Outra dica é para os materiais de construção brutos, por exemplo cimento e areia, devem ser comprados durante a obra e conforme a necessidade.

Viu só como é fácil economizar na hora de comprar material de construção para a reforma do seu negócio? 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *