Canais de Vendas o que são e quais os principais?

Canais de vendas são recursos utilizados pelas empresas para levar seus produtos ou serviços aos prováveis consumidores. Isto é, por onde a empresa cria um elo com o cliente e comercializa seu produto. 

Em meio a tantas opções de canais onlines e offlines, escolher os que mais se adequam à empresa pode ser um desafio. Porém, ter canais de vendas acertados é essencial para atrair o público e vender.

Para eleger os canais apropriados para levar sua empresa ao sucesso, é necessário entender a persona do seu negócio e buscar atendê-la. Conhecer seu cliente ideal orienta as estratégias e o direcionamento das ações de vendas. 

Identificar os canais de vendas onde seu consumidor se encontra, certamente ajudará seu negócio.

Porém, quais são os principais canais de venda e como escolher o melhor, ou os melhores, para sua empresa? É preciso tomar esta decisão depois de uma avaliação cautelosa, que leva em conta diferentes critérios. 

Neste artigo, te ajudamos a escolher o canal ideal partindo de alguns fatores. Além disso, trazemos os dois tipos e as principais opções de canais para desenvolver sua estratégia. 

Como Escolher o Melhor Canal de Venda

Como falado anteriormente, a lista de opções de canais de venda só cresce. O que antigamente se limitava ao mundo real, hoje, com os novos modos de consumo, ultrapassa essa dimensão. 

Com esta vasta gama, é importante selecionar aqueles que mais impactarão nas vendas da empresa. 

Essa escolha do canal, ou dos canais, mais eficaz para seu produto deve levar em consideração alguns critérios. Veja alguns que separamos:

  1. Comportamento e características do consumidor

Em resumo, é preciso conhecer sua buyer persona, como ela se comporta e em que canais ela está presente. 

A buyer persona é um personagem fictício que se forma a partir de características de clientes reais da empresa. 

Traçar a persona de uma empresa ajuda a equipe de marketing e de vendas a compreender e impactar melhor este consumidor.

Conhecendo os hábitos e acompanhando os comportamentos da persona, será possível visualizar os canais mais utilizados por esta. 

  1. O Tipo de Produto Ofertado 

Analisar a funcionalidade de um canal a partir do seu produto é indispensável. Isto porque alguns canais são mais eficientes para um peça do que para outras, gerando maiores resultados. 

Por isso, ao escolher, tenha em mente sempre que o canal deve atender as necessidades de seu negócio. 

  1. Custos do Canal 

Estar atento ao valor a ser investido no canal que será utilizado também é importante, visto que alguns possuem um custo monetário elevado. Analisar os benefícios a curto, médio e longo prazo é fundamental para saber se vale a pena investir. 

Canais de Venda Online X Offline

Canais Offline

Antigamente, quando o mundo virtual ainda não existia, as vendas se limitavam ao mundo real. Os canais offlines, como o telemarketing e a televisão, eram os principais meios de chegar até o consumidor. 

Apesar da expansão da tecnologia e dos novos meios de comunicação, estas estratégias offlines ainda possuem seu valor. 

Veja a seguir algumas opções de canais de vendas offlines que podem ser úteis para você: 

  1. Telemarketing 

Resumidamente, o telemarketing é uma estratégia de vendas pelo telefone. Nela, o atendente fica responsável por vender um produto ou serviço, ou marcar uma visita de um representante comercial. 

Sendo um dos mais antigos canais de vendas, hoje este recurso gera muitas reclamações por ser muitas vezes invasivo e demorado. 

Por isso, se você utiliza este canal, tenha cuidado para não tornar a ligação um inconveniente ao cliente.

  1. Venda Direta

Bem conhecido no Brasil, esse canal de venda permite um contato direto do vendedor com o consumidor.  

Para exemplificar, o vendedor da marca que utiliza esse canal não possui um vínculo empregatício com a empresa, recebendo apenas comissões sobre as vendas. 

Este vendedor vai até o consumidor oferecendo os produtos da marca que tem disponíveis, fazendo demonstrações ou mostrando produtos a partir de uma revista, por exemplo. 

  1.  Televisão 

As propagandas na televisão possuem um grande alcance, porém seu preço é elevado. Como dito acima, é preciso estar atento para avaliar se o investimento vale a pena. 

  1. Loja Física e Pontos de Venda

Apesar do crescimento do comércio pela internet, as lojas físicas continuam sendo um canal de venda indispensável. 

Porém, com o aumento da competitividade vinda do mundo digital, é necessário estabelecer boas estratégias de marketing que tornem o negócio atraente para o consumidor. 

Além disso, avaliar os custos da manutenção de um ponto físico, considerando todos seus gastos é essencial.   

Canais Online

Com a expansão da tecnologia, novos canais foram surgindo e tomando lugar nas estratégias de marketing e vendas. 

Com os novos hábitos de consumo, cada vez mais pessoas migraram e começaram a fazer suas compras por meio da internet.

Assim, os canais de venda online foram responsáveis por transformar a forma de conexão entre empresa e cliente. 

Atualmente, é quase obrigatório para uma empresa estar nos meios digitais. 

Por isso, entenda melhor as opções de canais online mais utilizadas: 

  1. E-mail Marketing 

O e-mail marketing se caracteriza como sendo um meio de comunicação entre empresa e cliente tendo o e-mail como ferramenta para o marketing. 

A partir de textos ou HTML enviados por email, a empresa chega ao cliente com seus conteúdos, promoções e produtos. 

Como o e-mail marketing é personalizado respeitando a etapa em que o cliente está na jornada de compra, as abordagens se tornam menos invasivas. 

Somente a partir do momento em que o lead começa a demonstrar mais interesse na compra, é que os e-mails se tornam mais diretos. 

  1. Marketplace

Os marketplaces são shoppings online que abrigam uma vasta gama de lojas com diferentes produtos e serviços. 

Neles é possível divulgar e vender seu produto sem a necessidade de criação de um site próprio. 

Outro fator interessante deste canal é seu grande alcance visto que, ao anunciar diversos produtos distintos, atrai um público diversificado.  

Por isso, cada vez mais empresas optam pelo uso dos marketplaces, visando maior visibilidade para seus produtos e maior credibilidade. 

Porém, lembre-se de entender por completo como funciona a plataforma, antes de iniciar suas vendas por lá. Clicando aqui, você poderá saber mais sobre o assunto. 

  1. E-commerce

Basicamente, o e-commerce é uma loja na qual todas as vendas e transações são feitas de maneira virtual. 

Atualmente, este tipo de comércio é indispensável mesmo para empresas que possuem lojas físicas, considerando os novos hábitos de consumo. 

Diferentemente dos marketplaces, a loja virtual é algo próprio da marca, que precisa lutar em meio aos concorrentes para ficar bem posicionada nos sites de busca. 

Por isso, investir em segurança de dados e interfaces simples e diretas são boas estratégias para agradar os consumidores.

  1. Redes Sociais

Estar nas redes sociais nos dias de hoje é algo indispensável para qualquer empresa. 

Esse canal gera uma melhor comunicação com o cliente, personaliza a marca, expõe seu produto para bilhões de pessoas e permite a utilização de diferentes estratégias de marketing digital.

Para além das estratégias de marketing que podem ser desenvolvidas nestas redes, hoje estas já contam com seus próprios marketplaces, onde a empresa pode anunciar seus produtos.

Atualmente, com apenas um clique, o comprador é direcionado para os sites das lojas e lá pode finalizar sua compra. 

  1. Programa de Afiliados

Um afiliado é uma pessoa que utiliza o próprio site ou redes sociais para fazer publicidade para terceiros.

Ganhando uma comissão por este trabalho, o afiliado distribui links de venda na internet, levando a mais pessoas o produto em questão. 

Isso pode se tornar ainda mais benéfico a depender do nível de influência do afiliado e seu alcance nas mídias.

Este canal é indicado principalmente para quem ainda não possui um grande alcance, podendo ser uma boa oportunidade de crescimento. 

Integração dos Canais de Venda 

Conhecendo agora os diversos canais de venda disponíveis, é possível analisar qual melhor se adapta ao seu negócio e público. 

Contudo, não é preciso optar por utilizar apenas um deles, inclusive, escolher apenas um não é o recomendado. 

É importante saber usar e integrar diferentes canais para expandir o público e alavancar seu negócio.    

Essa estratégia que integra diferentes canais de venda é conhecida como omnichannel. O omnichannel tem como objetivo integrar os canais de venda, tanto onlines, quanto offlines, visando aprimorar a experiência do cliente. 

Quando o cliente tem uma experiência boa, as chances de retornos positivos para a empresa são elevadas. 

Conclusão 

Hoje, conhecer os canais de venda disponíveis e analisá-los é indispensável para qualquer negócio.

Com tantas opções disponíveis, esse trabalho de avaliação se torna mais trabalhoso e demorado, mas seus resultados podem ser surpreendentes. 

Investir em um canal ou diferentes canais a partir do conhecimento da sua persona, do seu produto e da plataforma a ser utilizada, é a chave para reter e fidelizar clientes atualmente. 

Por isso, não desanime e aposte nos canais para levar seu produto para mais longe. 

Para conferir mais artigos como este, com diversas dicas para seu negócio crescer, acompanhe nosso blog!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *