A origem da Black Friday: entenda tudo sobre a data

A data mais esperada por quem quer comprar e economizar ao mesmo tempo, sem sombra de dúvidas, é a chamada Black Friday.

Nos Estados Unidos, ela é marcada no calendário como sendo o dia seguinte à comemoração de Ação de Graças.

Na temporada Black Friday, é possível encontrar produtos com descontos de até 90% no preço original, atraindo vários consumidores pelo fato de ser bem próxima à época de festividades natalinas, que movimenta fortemente o comércio.

No Brasil, essa tradição vem se consolidando há pouco mais de dez anos, sendo muito aguardada por quem deseja fazer boas compras no final do mês de novembro.

Origem e histórias

Apesar da associação intrínseca da Black Friday com a movimentação do comércio, o termo se referia, principalmente, às crises na Bolsa de Valores de Nova Iorque.  Em 24 de setembro de 1869, dois especuladores de renome em Wall Street tentaram lucrar com o chamado mercado do ouro.

Ao contrário do que desejavam, Jay Gould e Jim Fisk acabaram falhando, o que acarretou uma verdadeira quebra desse mercado, mesmo com a intervenção do governo. Para muitos, é daí que vem o termo Black Friday que, neste caso, aconteceu, de fato, em uma sexta-feira.

Outra versão, um pouco menos provável, é de que o termo fazia referência a uma doença que atingia vários trabalhadores que não se apresentavam para o serviço no dia seguinte à celebração da Ação de Graças.

Há, ainda, a hipótese de uma história datada da década de 1990, no estado norte-americano da Filadélfia. Segundo tal narrativa, a polícia local chamava o dia seguinte à Ação de Graças de Black Friday por conta da loucura gerada pelo início das compras de Natal, o que deixava as ruas cheias.

Independente da sua origem, a verdade é que, com o passar do tempo, a data começou a ser difundida por vários lugares do mundo. Isso porque os países perceberam os altos volumes de vendas durante a Black Friday, um verdadeiro atrativo para o comércio em geral.

Maior dia de compras do ano

Apesar de ser caracterizada como o maior dia de compras do ano nos Estados Unidos, a Black Friday só ganhou esse título “oficialmente” em 2001. A partir daí, a quarta sexta-feira de novembro virou sinônimo de muitas compras para os consumidores e muitas vendas para os lojistas.

Black Friday no Brasil

Foi em 2010 que aconteceu a primeira edição da Black Friday em solo brasileiro. No primeiro ano, mais ou menos, 50 lojas on-line participaram da campanha, faturando cerca de R$ 3 milhões.

Uma das maiores diferenças é que, ao contrário da versão original, a Black Friday brasileira surgiu na web, no chamado e-commerce ou comércio virtual, para, só então, se expandir para as lojas físicas.

Além disso, a versão brasileira foi alvo de várias críticas por parte do público consumidor, já que muitas das ofertas não passavam de “propagandas maquiadas”, em que os produtos tinham uma alteração mínima nos preços ou, pior, valores aumentados pouco antes da data, para receberem “falsos descontos”.

Para ter mais segurança nesse tipo de compra on-line, é interessante observar se a loja integra a rede oficial da Black Friday no Brasil. Além, é claro, de fazer uma pesquisa de preços algum tempo antes da data, para ter um comparativo e a certeza da validade do desconto.

Essa comparação pode ser observada tanto nas ofertas em lojas virtuais, quanto nas físicas, possibilitando que você saiba se está, de fato, lucrando ou não com a compra. No mais, aproveite o que a Black Friday tem de melhor para oferecer e faça boas compras.

Texto: Gear Seo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *