Urban Jungle: tendência nas redes sociais

Já ouviu falar em Urban Jungle? Do inglês, a tradução literal do termo é “floresta urbana” e define uma tendência do design de interiores, que consiste em usar plantas em ambientes internos de casas, apartamentos e salas comerciais. 

O estilo de decoração ganhou ainda mais força ano passado e virou febre nas redes sociais. Não faltam perfis para trocar dicas e experiências sobre as melhores espécies e a harmonização estética das espécies vegetais com os móveis, como por exemplo uma planta colocada em cima do sofá na decoração.

Quem começou a cuidar de plantas garante que é terapêutico — diversas pesquisas já associaram a presença de plantas à melhoria da saúde mental de quem aderiu ao estilo. Além disso, qualquer ambiente fica muito mais aconchegante.

Levar um pouco de natureza para dentro de casa é uma estratégia de decoração, mas não só. Tem a ver, também, com o modo de vida nas grandes cidades e a agenda lotada das pessoas, que fazem com que elas acabem se distanciando da natureza. O estilo Urban Jungle busca o resgate dessa relação.

Como aderir?

Qualquer um pode aderir ao Urban Jungle, mas não basta comprar qualquer planta e colocar em algum lugar aleatório da casa. Para começar, você precisa escolher espécies que sobrevivam nas condições do seu ambiente. Quase toda planta precisa de luz, mesmo que indireta.

Assim, o local onde elas ficarão precisa receber sol, como janelas e varandas. No entanto, existem também aquelas que precisam de pouca ou nenhuma luz. É preciso ter atenção com as espécies que precisam de sol, mas não aguentam muita luz direto nas folhas.

Para a maioria dos ambientes, as melhores espécies são plantas de sombra, que não precisam de luz direta, ou seja, ficam satisfeitas apenas com a claridade que vem da janela. Alguns dos exemplos mais populares são:

  • Samambaias;
  • Jibóias;
  • Suculentas;
  • Cactus;
  • Costela-de-adão;
  • Espada de São Jorge;
  • Zamioculcas;
  • Peperômia.

Também é importante que alguém na casa tenha tempo para cuidar das plantas diariamente. Além de regar, as plantas precisam, de tempos em tempos, de poda, adubo e troca de terra. Parece trabalhoso, mas para os adeptos da Urban Jungle, esse cuidado também faz parte da reconexão com a natureza.

Combina com qualquer decoração?

A decoração com plantas pode combinar com qualquer estilo, mas é preciso saber qual é o seu para escolher quais e quantas plantas você deve ter. Apesar de simples, esse é um estilo de decoração cheio de personalidade e as espécies escolhidas precisam combinar com os seus móveis e outros objetos decorativos.

A ideia é que as plantas complementem a informação passada pelos outros objetos do ambiente. Uma planta com muita folhagem caindo em cima de um sofá de design clássico, por exemplo, pode parecer deslocada. No entanto, a mesma planta em cima de um sofá mais moderno, parecerá perfeitamente harmônica.

Se o seu estilo de decoração é mais clássico, talvez você prefira plantas menores e mais discretas, como um cactus. Já para quem quer dar um ar descolado ao ambiente, as plantas com folhagens maiores e flores coloridas podem ser ótimas ideias.

Para quem quer encher a casa de plantas cuidado: quem começou garante que vicia — a dica é investir em móveis de materiais naturais, que reforcem a vibe sustentável que as plantas passam. Os móveis em madeira e as plantas combinam muito bem.

É interessante, ainda, usar o verde das plantas em outros elementos da decoração, como objetos e até na cor das paredes. Essa estratégia reforça a sensação de unidade e dá mais profundidade à composição.

Texto: Gear Seo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *