Qual a diferença entre SEO White Hat e SEO Black Hat?

Se você trabalha com marketing de conteúdo ou já pensou em trabalhar, sabe que melhorar o posicionamento em buscadores, como o Google, é de fundamental importância. 

O uso de técnicas específicas ajudam e muito na obtenção de bons resultados e duas delas, que  são o SEO White Hat e SEO Black Hat.  

Antes de aplicar qualquer técnica para melhorar seus resultados em buscadores como Google, Yahoo ou Bing, um conjunto de regras deve ser seguido. 

Isso faz com que todo o trabalho esteja de acordo com as questões éticas e contratuais das plataformas, evitando problemas futuros.

Afinal, o bom posicionamento da sua página nos mecanismos de pesquisa depende muito das estratégias que você segue. 

Mesmo com grande parte das pessoas fazendo o uso da técnica SEO da forma correta, há uma parcela que ainda tenta fazer de o uso de técnicas não aprovadas pelos buscadores, tentando atingir as melhores posições.

Isso pode ser definido como SEO Black Hat e SEO White Hat.

Mas você já ouviu falar sobre esse assunto? Este artigo vai fazer você entender de uma vez por todas com fazer SEO dentro dos parâmetros do Google, sem ultrapassar nenhum limite e fazer trapaças. Continue no artigo para entender mais. 

O que é SEO White Hat e SEO Black Hat?

Para quem já assistiu a algum filme de faroeste (bang-bang), já deve ter percebido qual é a referência usada na nomenclatura. 

Nestes filmes, normalmente temos o “mocinho” usando chapéu branco (White Hat) e o “vilão” com o chapéu preto (Black Hat). Sendo assim, podemos definir que quem possui o White Hat faz o correto, e o Black Hat usa a técnica da forma errada. 

Basicamente é desta forma:

  • Black Hat – não segue as regras e ingringe as diretrizes gerais dos buscadores, como o Google. Assim, ele aproveita de possíveis falhas, além de métodos de automação suspeitos.
  • White Hat – faz o uso do SEO bem planejado e estratégico, consistente e que respeita os requisitos e parâmetros de ranqueamento do Google. Aqui, os conteúdos são corretos, relevantes e fazem o uso de links certos.

Por que as pessoas usam o SEO Black Hat?

Bom, se o SEO Black Hat foge das regras, qual o motivo de tanta gente utilizar desta tática na construção do seu site? A resposta é bem simples: fazer a técnica da forma correta leva mais tempo para colher os resultados.

A técnica SEO Black Hat aparentemente se mostra mais fácil, pois os resultados aparecem de forma mais rápida e o posicionamento é alcançado. 

Contudo, tem um porém: as penalizações para esse tipo de prática duvidosa são bem rigorosas e o seu trabalho todo pode ir rapidamente por água abaixo. 

Qual a diferença entre o SEO White Hat e SEO Black Hat?

Quando você faz uma busca orgânica no Google, o buscador tenta responder com a melhor resposta possível. 

Esse resultado é obtido de acordo com o algoritmo da plataforma, que analisa as palavras-chave usadas, links internos e backlinks que sejam confiáveis e de acordo com o termo. 

Isso é bem característico do SEO White Hat e do marketing digital feito da forma correta. 

Mas há quem procure alcançar as primeiras posições em buscadores com táticas inadequadas para se sobressair. Mas como ele funciona de fato? O SEO Black Hat tem termos bem específicos:

  • Keyword Stuffing: usa muitas palavras-chave no texto. Isso é feito para tentar enganar os buscadores.
  • Link Farming: coloca links de sites interligados sem tem a ver com a proposta dele. Aqui o objetivo é agregar um resultado rápido e mentiroso à página.
  • Doorway Pages: o uso conteúdos e palavras-chave que não condizem com o conteúdo é feito neste termo. 

Ele coloca o termo em algo que não tem nada a ver com a busca, mas a palavra-chave o colocou como opção. Tudo pelo ranqueamento. 

Como você percebeu, o objetivo do SEO Black Hat é enganar os sites de busca. Porém, como já falamos, os danos ao se adotar essa tática podem ser extremamente prejudiciais a longo prazo. 

O que isso pode acarretar é que, depois que os sites de buscas identificam estas práticas erradas, o buscador imediatamente penaliza o site. E como é essa penalização?

Seu ranqueamento simplesmente vai despencar, pois estes mecanismos de busca estão cada vez mais aprimorando seus algoritmos para identificar quem faz o uso destas práticas excusas. O Google, por exemplo, entende isso como uma ameaça. 

Quando isso acontece, fica muito mais difícil de retomar uma boa posição, principalmente do uso do SEO White Hat. Ou seja, era melhor ter feito seu uso desde o começo. 

Como fazer um bom SEO White Hat?

Quando você vai formular um site, é importante que sempre tenha em mente fazer títulos otimizados, que façam relação com os termos mais buscados sobre o tema e que busquem bom posicionamento

Busque também utilizar-se de palavras-chave, distribuídas constantemente pelo texto, com coerência, é claro. 

Além disso, construa uma boa URL. Isso ajuda e muito no posicionamento da página, pois acaba sendo um dos critérios de busca.

Conclusão

Esperamos que você tenha conseguido entender quais as diferenças entre SEO White Hat e SEO Black Hat. Fica muito claro que as técnicas SEO Black Hat podem até gerar resultados momentâneos, mas isso uma hora cai – e o tombo é grande. 

Sempre busque investir em estratégias agregadoras e tenha em mente que com o tempo, o resultado é obtido, caso o seu trabalho seja feito da forma correta. 

Quer aprender mais sobre SEO e marketing? Confira o blog da Você Digital Propaganda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *