Por que não consigo vender o meu imóvel?

Você olha para seu imóvel e não consegue vender. Muitas vezes é novo, a localização é ótima e a região está se valorizando muito rápido.

Em alguns momentos, você vê outros imóveis sendo vendidos bem rapidamente na região e o seu, não. 

Paga anúncios em sites e jornal, há interessados, alguns fazem contrapropostas, você os vê fazendo planos para a casa nova e ainda tem aqueles que até chegam a fazerem a reserva e irem providenciar a documentação, mas acabam desistindo de última hora. 

O que será que pode estar acontecendo? O que está por trás de tanta dificuldade para conseguir vender seu imóvel? Como você pode preparar o seu imóvel para a venda?

A verdade sobre a venda de um imóvel

A grande verdade é que, vender um imóvel pode até parecer uma tarefa simples, mas na verdade não é! Há muito mais coisas envolvidas do que julgamos imaginar. 

Mesmo conhecendo como ninguém seu imóvel, o proprietário pode enfrentar uma grande dificuldade para fechar negócio. 

Isso acontece porque lhe falta experiência e conhecimento em outras áreas essenciais como divulgação, negociação, processo e fechamento de venda, além das questões contratuais e burocráticas, que são bem detalhistas, diga-se de passagem. 

Mas não é só isso: há outros fatores que podem dificultar a venda do seu imóvel e vamos destacar as principais para que você saia dessa e venda logo o seu imóvel. 

O imóvel precisa de consertos e reparos

Eles podem ser grandes ou pequenos, mas fazem uma diferença enorme tanto no preço, quanto na decisão de compra do imóvel. 

Pode ser uma pintura, um vazamento, um entupimento, pisos ou azulejos quebrados e até mesmo um jardim muito mal cuidado. Todos esses tópicos são observados pelo novo morador, e sem dúvida são levados em conta. 

Observe tudo isso e realize os reparos necessários, de preferência, antes de colocar o imóvel à venda. 

Se, por acaso, o imóvel necessitar de uma grande reforma, o melhor caminho é: ou executá-la antes, ou descontar o valor do investimento no valor final do imóvel.

Isso sempre se baseando em orçamentos e prazos reais, dando uma pequena margem para possíveis problemas que possam surgir.

Mais abaixo vamos abordar dicas de como preparar o imóvel para a venda, que também inclui este item.

Preço inadequado

Atribuir um valor de venda a um imóvel é tarefa para um especialista na área. É preciso levar muitas coisas em consideração e não só o imóvel em si, inclusive tendências e preços de mercado. 

Pode ser esse o grande empecilho da venda do seu imóvel. Fique alerta e invista em um profissional que vai te ajudar a atribuir um valor justo e real na sua propriedade. 

Insegurança na negociação e fechamento do contrato

Os processos de negociação e venda, ainda mais de um imóvel que possui um alto valor, são diferentes dos outros itens. 

É necessário conhecer as características que mais impressionam e são valorizadas pelos compradores, é preciso conhecimento técnico, conhecimento burocrático e, em alguns casos, até conhecimento em transações bancárias e de financiamento. 

Quando o comprador percebe que a pessoa que está tentando vender não possui tais conhecimentos, bate a insegurança e aumenta o medo de cair em um golpe e, por isso, muitas vezes, ele desiste momentos antes de fechar a venda.

Mas, pense bem, a ajuda de um profissional comprometido garante os direitos e a tranquilidade dos dois lados: de quem compra, facilitando a venda, e também a sua. 

Tudo isso compromete diretamente a venda do seu imóvel, gerando desgaste e perda de tempo e dinheiro. 

Portanto, consultar e contratar um profissional qualificado pode não só ajudar a vender mais rápido, mas também pode te dar mais segurança e tranquilidade nesse processo. 

Além disso é bom lembrar que os corretores possuem uma carteira de clientes interessados em casas a venda campo grande MS, por exemplo, e assim conseguem vender seu imóvel sem nem mesmo precisar anunciá-lo. 

Dicas: Como preparar o imóvel para a venda?

Ao contrário do que muita gente pensa, há coisas simples que devem ser feitas, mas que podem fazer uma grande diferença na hora de vender ou alugar, detalhes que chamam a atenção e, inclusive, podem ser decisivos na hora de fechar negócio.

Além disso, eles também podem ajudar no ajuste de preço e aumentar a margem de lucro da venda e, claro, poupar tempo e dores de cabeça, facilitando todo o processo. 

Veja alguns pontos para ficar de olho: 

1 – Consertos

Ser transparente e honesto com os futuros moradores é essencial, por isso, se o imóvel precisa de consertos e tem problemas aparentes, em primeiro lugar, isso precisa ficar bem claro. 

Em segundo, o melhor caminho é executar e resolver todos esses problemas antes de começar a mostrar o imóvel.

Mas caso já tenha pessoas interessadas e não exista tempo hábil, uma boa opção é ter em mãos orçamentos e cronogramas de execução para que o potencial morador possa se programar para o que está por vir e tomar uma decisão mais consciente. 

2 – Pequenos reparos

Diferente dos grandes problemas que demandam mais atenção, tempo e investimento, os pequenos reparos se dedicam às pequenas coisas que precisamos fazer nos imóveis, mas que fazem uma grande diferença no resultado final, principalmente em uma venda. 

Dentre eles, os mais comuns são: cobrir furos nas paredes, repor azulejos e pisos quebrados e/ou muito danificados, resolver entupimentos, consertar tomadas, trocar lâmpadas, arrumar o funcionamento de portões eletrônicos, entre outros. 

3 – Pintura

Se tem uma coisa que não custa muito e faz bastante diferença, tanto no preço, quanto na hora de atrair compradores ou inquilinos, é a pintura. 

A aparência do imóvel é um grande ponto a ser considerado, principalmente se o novo morador estiver comprando já pensando em se mudar. 

Na hora da escolha das cores, prefira os tons claros e pastéis, além de estarem super em alta, elas dão a sensação de aconchego e amplitude. 

4 – Documentação em dia

Não adianta anunciar um imóvel e, na hora de fechar negócio, ver que há pendências em contas e em documentos para serem resolvidas. 

Por isso, antes de tudo, faça uma revisão, confira se há contas a pagar, se a documentação está em ordem e dentro das validades, se os impostos estão em dias, entre outros. 

Assim, evita dores de cabeça e desperdício de tempo quando encontrar o seu comprador ou inquilino.

5 – Faça uma avaliação correta do seu imóvel 

Ter uma boa avaliação e atribuir um valor correto para seu imóvel também faz parte de prepará-lo para a venda. É importante levar em consideração as características, localização, estrutura, entre outros aspectos. 

Nesse quesito, é importante a orientação e avaliação de um corretor, que não só tem o conhecimento de todas essas questões técnicas e o impacto delas no valor final.

Ele também possui conhecimento sobre as tendências, podendo ajustar o valor de acordo com o mercado imobiliário. 

Portanto, se você está vendendo imoveis campo grande ms, não esqueça de dar uma olhadinha nesta lista e conferir o que ainda precisa ser feito para valorizar seu imóvel. 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Mais Empresas, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *