Por que aplicar o perfil comportamental na minha empresa?

Cada profissional tem características próprias, que podem interferir diretamente no dia a dia e nas tarefas realizadas na organização. Compreender essas particularidades é essencial para entender o motivo de aplicar o perfil comportamental em uma empresa.

Uma das grandes vantagens de uma mapear o perfil comportamental dos colaboradores é que ele pode ser aplicado em todos os momentos da pessoa dentro da empresa, desde o processo seletivo até o desligamento. 

Uma organização que faz o mapeamento dos profissionais e consegue desenvolver suas habilidades, tende a ser mais bem-sucedida no mercado. Continue a leitura deste artigo e saiba por que aplicar o perfil comportamental na sua empresa!

O que é perfil comportamental?

O perfil comportamental é uma ferramenta que as empresas utilizam para identificar as características dos seus colaboradores. Por meio dessa técnica, os gestores conseguem avaliar como os profissionais agem em relação aos desafios e tarefas do dia a dia. 

Com base nesse perfil é possível avaliar e tratar todas as características. Cada profissional carrega traços, particularidades e habilidades únicas e que impactam diretamente nas suas tarefas.  

Quais os 4 perfis comportamentais existentes?

Existem quatro perfis comportamentais e cada profissional tem características próprias que se enquadram em algum deles. Compreender essas bases é essencial para elevar a produtividade de qualquer empresa. A maior parte de uma empresa conta com os comunicadores, os executores, os planejadores e os analistas.

Comunicador

O perfil do colaborador comunicador tem características de uma pessoa cheia de carisma, criativa e comunicativa. Alguém que sempre se mostra entusiasmado com novos projetos, tendendo a ser mais otimista e com facilidade de se relacionar com outros profissionais. 

Equipes com poucos comunicadores costumam ter dificuldade no diálogo com os demais departamentos da empresa. Além disso, existe a possibilidade de gerar um grupo sem autoconfiança e com tendência a causar atritos. Aqueles que têm o caráter de pessoas comunicadoras são mais resistentes e capazes de suprir demandas enormes.  

Analista 

O profissional com perfil analista tem característica de organização, responsabilidade, conservadorismo e a habilidade de controlar processos e rotinas repetitivas. O analista não deixa passar detalhes, logo, pessoas que têm esse perfil, quando expostas à pressão, tendem a sofrer um efeito devastador. 

Quando constantemente pressionados, os analistas desistem da tarefa. As equipes que predominam com esse perfil podem se tornar indecisas e pouco práticas. Além disso, o excesso de cautela acaba gerando situações de estresse, por exemplo, quando parte do trabalho deveria ser ignorado em prol da produtividade. 

Planejador

O colaborador com o perfil planejador é uma pessoa mais estável, paciente e que dificilmente entra em pânico diante de desafios. Por outro lado, tem pouca capacidade de improvisação.

Geralmente, planejadores são mais calmos e confiáveis e tendem a uma convivência fácil, evitando conflito direto. Além disso, eles têm um grande senso de justiça. Por outro lado, também são menos comunicativos. Pessoas com esse perfil costumam estabilizar conflitos e, normalmente, são fiéis à empresa. Além disso, são excelentes em produzir resultados impressionantes.

Executor

O perfil do executor tem característica dominante e, na maioria das vezes, pertence aos líderes. Esse profissional é muito autoconfiante, competitivo e demonstra facilidade em assumir riscos e defender o seu ponto de vista. Geralmente, os executores tendem a ser empreendedores. 

O executor se destaca quando o foco são resultados, principalmente em casos que exigem mais produtividade. Por outro lado, a comunicação precisa ser melhorada, tanto nos relacionamentos interpessoais quanto no trabalho em equipe.

Quais os benefícios de mapear o perfil dos colaboradores?

Valorizar o colaborador é essencial para o desenvolvimento de uma empresa. Assim, mapear o perfil é importante para que os gestores identifiquem as características de cada um da equipe, com a finalidade de extrair o melhor deles.

Autoconhecimento

A inclusão do perfil comportamental dentro da empresa permite que os colaboradores tenham mais autoconhecimento, ou seja, condições de entender como processar e lidar com as informações de acordo com seu perfil.  

A partir desse conhecimento, a empresa tem condições de fazer a orientação adequada para esse colaborador, por exemplo, ao designá-lo para tarefas adequadas ao seu perfil. Se a pessoa tem consciência sobre suas características, é possível ela tenha uma adaptação melhor às situações, bem como aprimorar o seus pontos fracos na realização dos deveres  do dia a dia.

Motivação dos colaboradores

Atualmente, é essencial motivar os colaboradores para que eles se engajem e produzam mais. Uma das técnicas mais eficazes para fazer isso é por meio da análise comportamental do colaborador.

A partir disso, será possível criar recompensas que motivem o profissional e, em alguns casos, até migrar o colaborador, de acordo com seu perfil comportamental, para tarefas que ele consiga executar com mais prazer.

Diminuição do turnover

Com análise do perfil comportamental é possível produzir estratégias para gerar um ambiente satisfatório para o colaborador e, consequentemente, diminuir o turnover, aumentando assim os talentos na empresa. 

As principais causas do turnover na organização ocorrem em consequência da falta de planejamento ou atenção voltada aos colaboradores. Entenda que é  importante trabalhar a rotatividade na empresa, uma vez isso gera alto gastos financeiros. 

Portanto, com base no perfil comportamental dos colaboradores é possível analisar os pontos altos e baixos de cada um e designar as tarefas de acordo com essas características. Como consequência, haverá a potencialização dos resultados da empresa e a minimização dos erros. 

Uma das melhores características da análise do perfil comportamental é a possibilidade de aplicá-la em qualquer época. Análise que pode ser feita durante processo seletivo, bem como quando o profissional já está incorporado à empresa ou no processo de desligamento.

Como vimos, existem quatro perfis comportamentais, sendo que é possível que um colaborador apresente mais de uma característica de perfis diferentes. Cabe à empresa definir esse perfil e designar a melhor tarefa para ele. 

Aplicar o perfil comportamental dos colaboradores é essencial para o desenvolvimento da empresa, uma vez que gera o autoconhecimento e, consequentemente, aumenta a motivação e diminui o risco de rotatividade, bem como faz a retenção de talentos.

Gostou do conteúdo? Então, aproveite e conheça também o Profiler Sólides: uma solução em perfil comportamental! Boa leitura!

Este conteúdo foi desenvolvido originalmente pela equipe da Sólides, empresa que oferece plataforma completa de Gestão de Talentos com People Analytics e Gestão Comportamental. 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *