Dicas para cotar o plano de saúde empresarial certo para a sua empresa

Ter um plano de saúde empresarial para os empregados listado entre os benefícios de sua empresa pode fazer toda a diferença. Afinal, muitas vezes, os benefícios representam mais para os trabalhadores do que um aumento salarial expressivo.

Ademais, muitas empresas – especialmente as de médio e grande porte – são obrigadas a fornecer planos de saúde empresariais para seus funcionários, graças às convenções coletivas trabalhistas.

Contudo, navegar no mundo dos planos de saúde pode ser um pouco difícil para iniciantes. 

As informações são pouco claras, e as seguradoras parecem não se esforçar muito para desmistificar os trâmites da adesão a planos de saúde.

Quer saber dicas definitivas para cotar o plano de saúde empresarial certo para a sua empresa? Acompanhe!

Considere buscar uma administradora de seguros

Se sua empresa não for uma corporação de grande porte, lidar com as questões relativas à um grande número de associados a um plano de saúde empresarial, pode representar uma dor de cabeça. São muitos papéis, muitos dados e cobranças para administrar.

A menos que você conte com um departamento de Recursos Humanos dentro da sua empresa para responder à demanda, é ideal que você contate uma administradora que oferte plano de saúde empresarial em sua carteira.

Ao passo em que você pagará uma taxa sobre os valores do plano de saúde, isso poderá representar economia de tempo e recursos da sua própria empresa. A administradora de seguros é quem resolverá as pendências com a seguradora.

Caso você considere que possa ser útil deixar a administração dos contratos de plano de saúde em outras mãos, contate diversas administradoras.

Assim, você poderá comparar os valores oferecidos entre elas para planos de saúde empresariais de mesma qualidade.

Os valores poderão ser, inclusive, negociados caso a caso com elas, podendo chegar a ficar mais baratos do que os valores de adesão direta ao plano.

Outras formas de cotar um plano de saúde empresarial

Para além das administradoras, você também pode cotar um plano de saúde empresarial diretamente com as seguradoras. É interessante fazer um comparativo de preço entre planos com administradoras e seguradoras.

Na hora de cotar um plano de saúde empresarial para seus funcionários – e para você mesmo –  é importante levar os seguintes fatores em consideração:

  • Número de vidas por contrato;
  • Categorias distintas por grupo de trabalhadores;
  • Valores individuais ou por grupo.

1 – Números de vidas por contrato

Em primeiro lugar, é fundamental considerar que alguns planos de saúde empresariais têm limite no número de vidas (isso é, pessoas que aderem) por contrato. Alguns limitam entre 2 e 29; outros, entre 2 e 99.

Por isso, na hora da cotação, é importante você levar em consideração o tamanho da sua empresa e o número de futuros beneficiários do plano de saúde empresarial, levando em consideração os dependentes que os funcionários poderão incluir.

Alguns planos de saúde têm um perfil mais adequado para empresas de pequeno porte. 

Outros, por sua vez, são mais adequados às corporações de tamanho maior, justamente pelas limitações de adesões por cada contrato.

2 – Categorias distintas por grupo de trabalhadores

Se você tem de aderir a um plano de saúde empresarial por força de convenção coletiva trabalhista, e não por iniciativa própria, talvez seja interessante você considerar adotar categorias distintas de plano por grupo de trabalhadores.

Alguns planos, por exemplo, simplesmente não representam um benefício vantajoso para o pacote da empresa em cargos de mais alto nível. 

Por isso, algumas operadoras oferecem planos especiais para direção e cargos executivos.

Portanto, ao cotar um plano de saúde empresarial, considere separar por grupos, caso a sua empresa seja de grande porte e o número de contratos por plano encontre limitações.

3 – Valores individuais ou por grupo

Os planos de saúde empresariais também operam, entre si, com formas de cobrança distintas no preço final. Alguns planos de saúde cobram, independentemente do número de beneficiários, pelo limite estimado do número de contratos em um grupo.

Outros planos, por sua vez, cobram a mensalidade individualmente por funcionário.

Deste modo, pode ser interessante você aderir a um contrato de plano de saúde com valores individualizados por funcionário. 

Deste modo, você pode, através de acordo, dividir em folha os valores da mensalidade, beneficiando a ambos.

Outrossim, em sendo a empresa inteiramente responsável pelo pagamento do plano de saúde, e considerando números próximos ao limite de vidas por contrato, é de maior interesse buscar um plano de saúde com valores globais por grupo.

Dicas finais para encontrar um plano de saúde empresarial

Por fim, considere que o bem-estar do seu trabalhador é muito importante. 

O empregador que leva a saúde e o conforto do seu trabalhador em consideração tende a ter maior produtividade, pois funcionário produtivo é aquele que está feliz.

Por fim, depois de levar todos esses fatores em consideração, busque aderir a um plano de saúde empresarial de boa qualidade! Isso trará muitos benefícios a você e à sua empresa.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog UpSites, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *