Comunicação: a chave para prevenção de acidentes

Que a comunicação tem grande importância nos processos de trabalho, todos sabem.

Ela permeia o ambiente em todos os aspectos e espaços organizacionais: nas decisões administrativas, visão, valores, planejamento, linhas de produção, na entrega e, principalmente, nas relações interpessoais. 

Porque é fundamental? Ela é característica inerente ao ser humano desde que ele existe e, ao longo dos anos, com o avanço das novas tecnologias, há em curso uma transformação na maneira de se relacionar das pessoas.  

São novos canais criados e facilitados, especialmente, pela internet, e uma Era inteira dedicada à Informação. Junto a isso, uma geração crescida em meio a essa evolução e outra nascida dentro dela. Claro que toda essa mudança social reflete diretamente no comportamento e nas atitudes dos profissionais.

Comunicar-se é necessário

Portanto, já passou da hora de as empresas acompanharem esse novo momento, se adequando às novas linguagens e aproveitando isso a seu favor. Para isso, no entanto, a comunicação deve ser tratada como área estratégica. 

Segundo dados divulgados em pesquisa realizada pela Project Management Institute Brasil – PMI, das 300 grandes empresas consultadas, 76% delas acreditam que a área é uma das principais responsáveis pelo fracasso de uma série de atividades propostas.

Aprimorar a área implica em definir canais adequados para cada mensagem, o momento correto para estabelecer o diálogo, o formato da conversa e o perfil do grupo a que se destina.  

Por isso, não adianta sair enviando informações de qualquer maneira. Mais importante do que enviar o texto, é saber se ele chegou ao destino e mais, se a ideia foi compreendida pelo receptor. Ou seja, se a comunicação foi efetiva e eficiente.

Conhecendo seu colaborador

Inicialmente é bom se preocupar para que a comunicação seja global, que chegue a cada um individualmente, de maneira uniforme, considerando os diferentes perfis profissionais. E mais, compreendendo que cada geração lida com a linguagem tecnológica de forma específica.

Não dá para exigir de um trabalhador mais antigo, a mesma habilidade em lidar com as novas tecnologias que tem a nova geração. Esses últimos nasceram em meio à internet, jogos digitais e aplicativos funcionais, conseguem compreender e se adaptar rapidamente às novas ferramentas. 

Ainda há aquela barreira inicial da rejeição em lidar com o novo, que precisa ser ultrapassada. Por isso, um primeiro passo pode ser uniformizar a comunicação, por meio de palestras. Pode parecer um caminho tradicional, mas feitas com regularidade e com objetivos delimitados trarão resultados positivos.

Prevenção de acidentes de trabalho

Ações de prevenção de acidente do trabalho realizadas durante a Semana de Informação e Prevenção de Acidentes do Trabalho a SIPAT, é uma oportunidade importante para que gestores comecem a conhecer seu público e alinhar a comunicação. O evento deve ser realizado, obrigatoriamente, apenas uma vez ao ano, segundo a legislação. 

Mas a empresa que quer aumentar sua produtividade deve ir além dessa tarefa. Essas palestras podem se estender a prazos maiores e, de maneira planejada, podem ser aproveitadas para melhorar a comunicação organizacional.

No planejamento desse diálogo é preciso preparar um material capaz de considerar o grau de escolaridade dos funcionários, os fatores socioeconômicos, as questões de adaptação para colaboradores com alguma deficiência: levantar quais são estas para atendê-las adequadamente.

Gestores preocupados em aprimorar a comunicação devem investir nas palestras sobre Segurança do Trabalho. Para isso, não basta contratar somente o palestrante e marcar o evento. É preciso realizar um plano de ação sobre os temas mais claros ao trabalhador e à empresa, além de um planejamento de comunicação específico.

Estratégias de comunicação

Dentro do guarda-chuva Segurança e a Saúde estão assuntos que vão contribuir para uma vida mais saudável do colaborador tanto no ambiente de trabalho como fora dele, também vai melhorar a interação entre colegas e fortalecer a relação de confiança com a empresa.

Mas, ao invés de comunicar a data da palestra apenas, que tal criar uma expectativa em torno da atividade? Realizar a divulgação com as chamadas “pílulas” de comunicação, usar canais diretos, trabalhar com chamadas estratégicas e anunciar novidades que vão acontecer no evento?

Utilizar ferramentas como redes sociais, murais e monitores internos de maneira planejada pode ser a ponte que se precisa para estreitar a relação com o trabalhador. Que tal reforçar os avisos de segurança, anunciando os temas das palestras? 

Benefícios das palestras

O cuidado com a saúde do trabalhador inclui ouvi-lo também. Dessa forma, ele se sente parte do processo e tende a se engajar. Por isso, as ações devem contar com um espaço para feedback

Do ponto de vista da informação, o discurso direcionado que compreende a relação da prevenção de acidentes com a própria saúde vai ser um articulador importante dentro da sua área. Por isso, a conversa deve ser clara e direta, buscando sempre utilizar uma linguagem que o colaborador compreenda. 

Com isso, os ruídos serão cada vez menores. E sabe quais são as vantagens desse investimento? Uma boa comunicação implica em atitudes positivas e melhora no desempenho, o que, ao final, traz ganhos em produtividade. 

Um colaborador bem informado cuida da sua própria saúde no trabalho, evita erros e serve de referência para os colegas, auxiliando assim, na redução de riscos e na prevenção de acidentes de trabalho. Ou seja, ele ajuda a manter a saúde financeira empresa. 

Investir para reduzir custos

Além de criar uma cultura organizacional com foco na prevenção em saúde e segurança do trabalhado e, com isso, instalar uma imagem de empresa responsável, as ações na área vão ajudar a criar uma organização dos processos internos, desenhando os pontos supersensíveis e demais gargalos, também vai estabelecer um compromisso com a integridade do colaborador.

Elas aumentam a satisfação do trabalhador e reduzem os riscos de acidentes, evitando custos com processos judiciais e afastamentos decorrentes de problemas de saúde dos funcionários. Sem falar que, com a saúde preservada, o colaborador tem melhor desempenho.

Diante desse investimento, a empresa construirá uma imagem de responsabilidade tanto junto ao trabalhador como ao cliente externo, o que nos dias atuais soma pontos para empresas. É o chamado padrão de excelência. 

Portanto, com as palestras de prevenção a acidentes do trabalho, a empresa vai conseguir aumentar, consideravelmente, a produtividade global, pois vai conquistar a motivação, colaboração, interação e a confiança do seu colaborador. E tudo isso vai acabar sendo refletido em resultados positivos tanto na produtividade quanto na satisfação geral interna.

Texto: Realizarte Palestras

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *