5 Bancos brasileiros com as menores taxas

Em situações de aperto, muitas pessoas acabam recorrendo a empréstimos. Contudo, há diversos bancos do Brasil que cobram taxas bastante elevadas de seus clientes.

Dessa forma, embora algumas situações possam parecer desesperadora e exigirem uma solução rápida, é importante procurar comparar taxas de juros para conseguir minimizar o valor mensal das parcelas.

Em um país do tamanho do nosso, sabemos que existem diversos tipos de empréstimos, com taxas que variam de 20% ao ano até 300% ao ano, dependendo da modalidade. Pensando nisso, separamos neste artigo os 5 bancos do Brasil com as menores taxas.

Banco do Brasil

O Banco do Brasil é um dos bancos mais antigos do país. Por muito tempo foi um banco estatal e, hoje, apesar de ainda ser ligado ao governo, uma boa parte de suas ações já está na mão da iniciativa privada.

O Banco apresenta diversas linhas de crédito, indo desde financiamento de máquinas para empresa, até empréstimo pessoal. Para se ter uma ideia, os juros de um empréstimo consignado gira em torno de 1,74% ao mês.

Já no crédito pessoal, a taxa de juros do banco chega a 3,32% ao mês. Apesar de ser mais alta que o consignado, quando comparado a outras instituições, essa acaba sendo uma das mais baixas do mercado entre os bancos do Brasil.

Banco Bradesco, um dos bancos do Brasil com menor taxa

O Bradesco é um banco privado brasileiro, e também uma das maiores referências bancárias do país. No mercado há muito tempo, possui diversas linhas de crédito, que vão desde o crédito pessoal até financiamento imobiliário.

Recentemente o banco também tem disponibilizado empréstimos consignados para funcionários da iniciativa privada. Contudo, para isso é fundamental que a empresa tenha uma parceria com o Bradesco.

No crédito pessoal a taxa de juros é um pouco mais salgada que o Banco do Brasil e gira em torno de 5,27% ao mês. Já no crédito consignado os juros são mais atraentes, e ficam na média de 1,70% ao mês.

Como o banco possui parceria com algumas empresas do setor privado e disponibiliza essa modalidade de crédito para os funcionários dessas empresas, essa pode ser uma excelente opção para quem está procurando boas taxas nos bancos do Brasil.

Itaú Unibanco, um banco dos bancos do Brasil que mais inova

O Itaú Unibanco também é uma das maiores instituições bancárias do país. Recentemente, a instituição lançou a sua plataforma Iti com o intuito de democratizar ainda mais os serviços financeiros dentro do Brasil.

Comparado com os bancos acima, o Itaú possui uma taxa de juros no crédito consignado um pouco menos atrativa, girando em torno de 1,79% ao mês. Pode parecer uma diferença pequena, mas dependendo do montante o valor final pode ser significativo.

Já no crédito pessoal, o Itaú tem uma taxa de juros menor que o Bradesco e bem mais próxima do Banco do Brasil. Os juros nessa modalidade giram em torno de 3,60% ao mês, sendo que para os clientes do banco não há muita burocracia na liberação desse crédito.

Banco Santander

O Santander é uma instituição bancária que chegou no Brasil na década de 90. Primeiramente adquirindo o Banco Geral do Comércio e depois sendo a ganhadora na privatização do Banespa.

Hoje o banco está presente em quase todos os municípios do país e também possui diversas linhas de crédito para seus clientes. No crédito pessoal a taxa média praticada pelo banco é de 4,34% ao mês.

Não é tão atrativa quanto às taxas do Itaú e do Banco do Brasil, mas ainda assim é melhor do que as taxas do Bradesco nesta modalidade. No crédito consignado a taxa é bem próxima do Itaú, girando em 1,80% ao mês.

Caixa Econômica Federal

Não poderíamos concluir este artigo sem falar de um dos maiores bancos do país e um dos poucos bancos estatais que ainda restam aqui.

A Caixa Econômica Federal está presente na vida de vários brasileiros. Sua linha de crédito mais conhecida é o crédito habitacional que possui os melhores juros do mercado. O banco também é conhecido pela modalidade de empréstimo com penhora.

Na modalidade de crédito consignado a Caixa também se destaca, sendo que os juros estão girando em 1,58% ao mês. Bem inferior aos bancos citados acima. No crédito pessoal a Caixa também está à frente dos demais com juros de 3,29% ao mês.

Esses são os bancos tradicionais com menores taxas de juros do mercado. E com a queda na taxa SELIC, os bancos do Brasil estão também oferecendo empréstimo com taxas mais atraentes para seus clientes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *