Despesas fixas, poupança e cartão de crédito: qual é a melhor maneira de administrar o seu salário?

Uma das maiores dificuldades de grande parte dos brasileiros é manter as suas finanças em dia. Isso ocorre, pois, a educação financeira, que exerce um papel fundamental em nossas vidas, não é ensinada nas escolas e, muitas vezes, nem mesmo os pais tratam do assunto com os seus filhos.

Por esse ensinamento não estar inserido em nossa cultura, normalmente aprendemos a lidar com o dinheiro mais tarde do que deveríamos. A consequência disso são decisões financeiras equivocadas e gastos desnecessários.

Manter um bom controle de suas finanças é uma tarefa difícil, que exige bastante disciplina e autoconhecimento, além de ser um fator imprescindível para manter a estabilidade financeira, garantindo um futuro seguro e livre de dívidas. Veja, a seguir, algumas maneiras que irão te ajudar a administrar o seu salário de forma correta.

Registre suas despesas fixas

As despesas fixas são aquelas que precisam ser pagas mensalmente, como contas de luz, internet, telefone, aluguel, etc. Por esse motivo, é de suma importância ter um registro de quanto irá sobrar de seu salário após o pagamento dessas despesas. 

Assim, você saberá a quantia que poderá investir ou gastar com atividades de lazer. Uma excelente maneira de realizar o controle dessas dívidas é por meio de uma planilha simples no Excel ou no Google Drive.

Separe, pelo menos, 10% de seu salário todo mês

Uma ótima forma de juntar uma boa quantia de dinheiro, seja para investir posteriormente ou comprar algo que deseja, é reservar 10% de seu salário mensal logo após o pagamento de suas despesas fixas.

Como reservar dinheiro não faz parte da rotina da maioria das pessoas, no início, pode ser um pouco complicado deixar de gastar 10% de seu salário. No entanto, por meio de esforço, adaptação do seu estilo de vida e muito foco, o resultado a longo prazo será bastante satisfatório.

Tome cuidado com o cartão de crédito

O cartão de crédito é utilizado por muitos como uma válvula de escape, pois, as pessoas costumam parcelar suas compras em várias vezes e, assim, ficam com a falsa sensação de que estão gastando pouco.

Por isso, busque utilizar o cartão com consciência e tenha ele como um aliado para organizar as suas finanças pessoais, sempre de acordo com o seu salário.

Trace metas e objetivos 

Administrar o seu salário de maneira correta poderá ser uma tarefa extremamente desgastante se você não tiver um objetivo ou uma motivação para fazer isso. Portanto, anote em um papel ou no bloco de notas de seu computador tudo o que você deseja conquistar a curto, médio e longo prazo, utilizando isso como forma de motivação.

Determine um limite para seus gastos variáveis 

Fazer o orçamento de suas despesas fixas é mais simples, pois já se sabe o valor dos gastos que virá no final do mês. Porém, os custos variáveis são um pouco mais complicados, já que eles podem ser pequenos ou grandes e, muitas vezes, até desnecessários.

Por essa razão, é muito importante que você imponha um limite e faça o monitoramento desses gastos durante o mês, para que eles não prejudiquem o seu orçamento. Então, quando as suas despesas variáveis chegarem ao valor que foi determinado, faça uma pausa e aguarde o próximo mês.

Compre à vista

Por fim, sempre que possível, opte pela compra à vista. Ela se torna mais vantajosa na negociação dos melhores preços, além de evitar o comprometimento do seu orçamento com as parcelas de uma compra. Fazendo isso, você dificilmente irá gastar mais do que realmente ganha.

Texto: Gear Seo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *