Elementos essenciais para uma loja de roupas e acessórios

Roupas são itens de primeira necessidade para qualquer pessoa – afinal de contas, todos precisam se vestir.

Esse caráter fundamental do produto faz com que muitos indivíduos que sonham em abrir o próprio negócio considerem abrir um estabelecimento que o comercialize, crendo que as chances de sucesso são maiores.

Contudo, é importante ter em mente que a alta procura pela mercadoria, por si só, não é o suficiente para dar certo: é fundamental que a abertura do estabelecimento aconteça de modo planejado, somente após o proprietário organizá-la e pensar em maneiras de diferenciá-lo perante a concorrência.

Pensando em abrir uma loja de roupas, mas não sabe por onde começar? Então continue lendo e confira alguns itens essenciais para que o seu estabelecimento:

  1. Etiquetas personalizadas

Há quem pense que a única função das etiquetas para roupas é comunicar a marca que as confeccionou, assim como informações pertinentes, como as instruções de lavagem.

Isso, porém, não é verdade: é possível que uma marca use essa informação a seu favor para reforçar sua presença na mente do consumidor.

Por incrível que pareça, adotar essa estratégia é algo relativamente simples: basta contratar uma empresa especializada e elaborar alguns modelos de etiquetas com base na identidade visual do seu estabelecimento.

Assim, todas as vezes que um cliente ver a peça, ele se lembrará de você, o que, por sua vez, aumenta as chances de que ele volte a comprar da sua loja.

O mesmo acontece caso ele dê a peça de presente: caso a pessoa que o receber ainda não conheça a sua marca, ela passará a fazê-lo – e pode se tornar cliente.

  1. Tags para roupas

Por mais útil que isso seja, a criação de uma etiqueta personalizada não é a única maneira de se reforçar a presença da sua marca nas mercadorias vendidas pelo seu estabelecimento: também há a opção das tags para roupas.

O diferencial delas é que, pese ao fato de que esses itens podem removidos dos produtos depois da compra, eles são mais elaborados: maiores, impressos com técnicas mais avançadas e com capacidade para abrigar mais informações visuais, podem ser ainda mais úteis que uma etiqueta

No entanto, para que essa peça realmente surta o efeito para o qual foi projetada, é preciso que ela seja elaborada de modo profissional.

O motivo por trás disso é que, apesar dela ser maior que a etiqueta, seu espaço ainda é limitado; assim, o conteúdo disposto nele tem que ser selecionado cuidadosamente.

Alguns dos fatores a serem levados em conta nesse processo são:

  • A identidade visual do estabelecimento;

  • Os diferenciais do estabelecimento perante o outro;

  • Seu perfil;

  • Eventuais diferenciais de cada peça em questão.

  1. Embalagens

Além da etiqueta e das tags, há outro produto que é de suma importância para fortalecer a presença de sua marca na mente do consumidor: as embalagens.

O motivo por trás de sua importância é o fato de que ela serve como veículo de divulgação – afinal, quando uma pessoa anda com uma sacola do seu estabelecimento na rua, ele está divulgando-o.

Da mesma maneira, esse item é de suma importância para conquistar e fidelizar os clientes que você já tem.

Nesse caso, o que importa é garantir que o produto esteja bem acomodado, de modo a garantir que ele não será danificado no transporte – seja ele realizado por uma transportadora ou pelo próprio cliente.

A boa notícia é que elaborar uma embalagem de qualidade para a sua loja não é algo que custa caro.

Afinal, por mais que seja recomendado contar com um designer para cuidar do projeto, a sacola e o plástico bolha preço não são elevados.

  1. Mecanismos de personalização

Atualmente, a customização de produtos por consumidores é uma tendência em alta.

É algo que se nota mais evidentemente no setor de restaurantes: cada vez mais estabelecimentos do ramo têm optado por permitir que o cliente faça modificações no seu prato, de modo a personalizá-lo.

Além disso, sua loja de roupas também pode incorporar esse princípio, usando-o como forma de se diferenciar da concorrência.

É possível, por exemplo, usar a tecnologia de Impressão digital em tecido para permitir que os clientes customizem peças de roupas, enviando os designs que serão usados nas peças.

Também é uma boa ideia fornecer outros itens de personalização, como linhas, pedrarias e tintas, para as pessoas que optarem por fazer a tarefa com as próprias mãos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *